Manaus 30º • Nublado
Quinta, 23 Setembro 2021

Amazonia Live: Manaus já sediou edição do festival 'Rock in Rio'

O anúncio de nomes como Justin Bieber e Demi Lovato para a edição 2022 do Rock in Rio reanimou, nas redes sociais, as lembranças e a expectativas relacionadas a um dos principais festivais musicais do Brasil. Pelos palcos da Cidade do Rock já passaram nomes como Iron Maden, Maroon Five, Beyoncé, Guns & Roses, Bon Jovi e P!nk entre uma infinidade de artistas.

O festival, que começou na cidade do Rio de Janeiro, já ganhou edições em outros países como Portugal, onde ocorre o Rock in Rio Lisboa. Em agosto de 2016 o festival também contou com uma edição amazônica, na cidade de Manaus.

Foto: Divulgação/Rock in Rio

Segundo a organização, a intenção era chamar atenção do mundo inteiro para uma situação tão importante como a preservação da floresta amazônica. Para o evento foi montado um palco flutuante com formato de folha nas águas do Rio Negro. 

Com shows do tenor Plácido Domingo, Ivete Sangalo e Andreas Kisser, sempre acompanhados da Orquestra Filarmônica Amazonas, o evento, fechado para influenciadores e apoiadores do projeto, teve cobertura mundial pela TV e internet, que levaram a voz da Amazônia para todos os cantos do planeta.

O evento em Manaus marcou o início da campanha Amazônia Live, com a qual o festival pretendia plantar, pelo menos, três milhões de árvores para a restauração de áreas na cabeceira e nascentes dos rios Xingu e Araguaia.

"[No Rock in Rio 2001 decidi que] na minha vida eu não faria nenhum evento que não tivesse um projeto social", frisou, à época, o empresário Roberto Medina, presidente do Rock in Rio, em entrevista ao Grupo Rede Amazônica. 

"A questão do meio ambiente não é mais para os filhos ou para os netos. É para agora. A cada dia, tem mais catástrofes. O RIR tem que se aproveitar disso. A partir daí começamos a pesquisar o meio ambiente. A Amazônia tem uma responsabilidade", acrescentou o empresário.

Depois da apresentação no palco flutuante, Ivete fez show gratuito na praia de Ponta Negra, zona oeste da capital amazonense, com um público de cerca de 200 mil pessoas.

Veja mais notícias sobre CulturaSustentabilidadeMúsicaAmazonas.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quinta, 23 Setembro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/