Manaus 30º • Nublado
Quinta, 01 Dezembro 2022

Banca do Largo: livreiro transforma banca de revista em acervo amazônico

banca-do-largo-teatro

Com acervo repleto de livros que tratam das temáticas amazônicas, o historiador Joaquim Melo criou a Banca do Largo, em Manaus (AM). A ideia é incentivar a leitura de livros de autores que abordam e se aprofundam sobre temáticas regionais. Já são 16 anos da livraria que oferece os mais diversos livros amazônicos, tendo clientes espalhados em diversos países.

Tudo começou quando o historiador adquiriu e modificou o local, que antes era conhecido por ser a única revistaria que vendia jornais nas proximidades do Teatro Amazonas. O projeto já havia sido idealizado, por Joaquim Melo, e o investimento na livraria foi impulsionado a partir de um antigo sonho desse historiador.

O local antes vendia jornais, porém com o passar do tempo foi ficando com aspecto de abandonado. Mas em 2006, o historiador readaptou o espaço e transformou na 'Banca do Largo'. O Portal Amazônia conversou com o historiador e dono da Banca, Joaquim Melo, para conhecer mais curiosidades sobre da livraria. Confira: 

Foto: Paula Bernasconi/ Instagram

O proprietário Joaquim Melo, revelou que a motivação para abrir a banca foi impulsionada depois de um acontecimento durante a sua pós-graduação em História na Universidade Federal do Amazonas (UFAM).

"Até 2005, por exemplo, tinham livros que eram exigidos em programas de pós-graduação na UFAM, e os alunos não encontravam justamente por essa falta de disponibilidade. Durante minha graduação foi sugerido um livro de Euclides da Cunha, 'À Margem da História', e depois foi retirado da lista, porque os alunos não encontravam. Então quando tive a ideia de comprar a banca e transformá-la em uma livraria, foi para trabalhar com livros sobre a Amazônia, que era um material muito carente e também bastante procurado'',

contou ao Portal Amazônia.

Colecionador de diversos livros sobre a história da Amazônia, Joaquim possuía acervo bem amplo e diversificado para tratar da temática, foi quando decidiu trabalhar e focar na venda de sebos. 

Dentro da literatura existem autores regionais que escrevem sobre romances e poesias. Na Banca é possível encontrar livros de autores amazônicos romancistas como Dalcídio Jurandir, Márcio Souza, Tiago de Mello e Luiz Bacellar.

Melo declara: "O que se procura aqui na Banca do Largo sobre poesia do pessoal do Amazonas eu trago para cá, então tenho sempre livros de romance ou poesia dos principais autores amazônicos".

Foto: Reprodução/Instagram-Banca do Largo

Livros mais vendidos

Com livros sobre a Amazônia Legal e Internacional, existe uma grande procura por material sobre os povos indígenas. O livreiro afirma que: "aqui [Manaus] possui um público grande de pesquisadores que fazem doutorado e mestrado, então os estudiosos estão sempre atrás de literatura com tema indigenista, mitologia indígena, cosmologia, estou sempre renovando o estoque. No tempo que eu tenho livre, estou pesquisando novos livros, porque cada dia os livros sobre a Amazônia estão mais raros, e os poucos que tem alcançam preços bem altos, tenho que estar pesquisando direto para conseguir preços mais acessíveis para os clientes".

Autores como Milton Hatoum já realizaram lançamento inédito de livros na Banca do Largo. Joaquim revelou que as vendas dos livros de Milton já alcançaram mais de 5 mil exemplares, sendo disparado o autor dos livros mais vendidos. O valor médio dos preços dos livros da Banca variam entre R$30 e R$100. 

Foto: Reprodução/ Facebook Banca do Largo

Curiosidades 

"Um fato curioso que aconteceu na Banca, foi quando contratei uma funcionária que veio me chamar urgentemente porque tinha chegado um cliente. Quando olhei ele estava cercado por uma pilha de livros e estava espantado com a quantidade de livros que tinha sobre a Amazônia. Esse cliente era da Alemanha, diretor do Museu de Berlim e fizemos uma amizade bem interessante", declarou Joaquim.

Poeta Max Carphentier lança livro na Banca, parceria com a Academia Amazonense de Letras. Foto: Reprodução/Facebook

Convidados ilustres

Com intenção de incentivar a leitura, o professor e historiador faz parcerias com diversas editoras, autores e OMGs que realizam atividades culturais. A Banca já contou com o lançamento de livros e palestras de escritores, jornalistas e historiadores como Milton Hatoum, Eliane Brum, Aílton Krenak e Noemia Kazue Ishikawa. Os autógrafos sempre são precedidos de interação entre autores e leitores por meio das palestras.

Ficou interessado e quer adquirir um livro sobre a Amazônia? Basta entrar em contato por meio do Instagram Banca do Largo, ou se preferir escolher um livro pessoalmente, a livraria fica localizada no Largo de São Sebastião, ao lado do Teatro Amazonas, no bairro Centro

. 

Veja mais notícias sobre CulturaAmazonas.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quinta, 01 Dezembro 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/