Manaus 30º • Nublado
Domingo, 03 Março 2024

Museu Joaquim Caetano, um dos patrimônios históricos mais antigos do Amapá

museu-governo-do-amapa

Construído sob determinação do ex-governador do Amapá, Janary Gentil Nunes, o Museu Joaquim Caetano foi inaugurado no dia 25 de janeiro de 1948. Com 75 anos de existência, o prédio ampara valiosos artefatos antropológicos e arqueológicos.

Considerada a terceira construção mais antiga de Macapá, o local já foi sede da Intendência na época do Império, prefeitura e também já foi uma delegacia. O Museu recebeu esse nome como forma de homenagem ao médico e diplomata gaúcho Joaquim Caetano da Silva, autor da obra 'L'Oyapoc et L'Amazone' (1861), uma das principais referências em defesa da Amazônia. 

O livro foi utilizado durante a elaboração dos direitos do Brasil estabelecendo limites com a França, apresentada pelo diplomata Barão do Rio Branco, em 1900,  na definição da fronteira com a Guiana Francesa.

Leia também: Conheça a origem do 'Banco da Amizade', patrimônio do Amapá com mais de meio século

Prédio do museu é o terceiro mais antigo de Macapá. Foto: Reprodução/TV Amapá

O acervo cerâmico que fica exposto ao público, são oriundos da coleta de peças vindas dos sítios arqueológicos, sendo urnas funerárias que permitem entender melhor sobre os povos indígenas Cunani e Maracá. No Museu também são encontrados objetos pessoais de personalidades históricas, documentos impressos, moedas e manuscritos. Herdado a partir do extinto Museu Territorial, o acervo constitui-se por peças arqueológicas que datam dos séculos XIX e XX, além de fotografias que registram o cotidiano dos governantes e do povo amapaense.

Conforme o governo do Amapá, a doação e artefato mais antigo do Museu é uma espada e um uniforme de General Honorário do Exército Brasileiro, feito por Altamira Cândida Veiga Cabral, filha de Francisco Xavier da Veiga Cabral, o "Cabralzinho", em 1949. Além de uma bandeira do Triunvirato e outra da França, apreendidas em 15 de maio de 1895. 

Além disso, o espaço conta com um acervo bibliográfico completo e especializado em História e Cultura do Amapá, com livros de autores locais e nacionais, relatórios, coleções de jornais (O Amapá) e revistas (ICOMI Notícias), que já saíram de circulação. E também possui a obra 'L'Oyapoc et L'Amazone', de Joaquim Caetano da Silva, publicada em dois volumes, em 1861, em Paris.

Reinauguração  

O prédio que sedia o Museu estava passando por uma revitalização para preservação patrimonial, até que no dia 28 de dezembro de 2022, o governo do Amapá realizou a reabertura do espaço ao público. Passando por novas adaptações, o Museu Joaquim Caetano estava fechado desde 2014. Dentre os serviços de revitalização, foram feitas pinturas internas e externas, ajustes na calçada, reparos no telhado e nova iluminação.

O museu fica localizado na esquina da Av. Mário Cruz com a Rua Binga Uchôa, no Centro de Macapá, com entrada gratuita e sem necessidade de agendamento, o espaço está disponível para visitações de terça-feira a domingo, das 8h às 18h.


*Com informações do G1 Amapá e do Governo do Amapá

Veja mais notícias sobre CulturaAmapá.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Domingo, 03 Março 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/