Manaus 30º • Nublado
Terça, 29 Novembro 2022

Macapá

Macapá
Foto: Rogério Lameira

Macapá é a capital do Estado do Amapá. Sua população estimada em 2021 é de 522.357 habitantes (IBGE). Situa-se no sudeste do Estado e é a única capital estadual brasileira que não possui interligação por rodovia a outras capitais. Possui uma área territorial de 6.563,849 km².

A história de Macapá está atrelada ao processo de colonização do extremo norte brasileiro, mais precisamente da região da foz do Rio Amazonas, considerada um local estratégico do ponto de vista econômico e geopolítico para os colonizadores portugueses. O controle da foz amazônica era fundamental para realizar incursões exploratórias ao longo de toda a porção norte do território brasileiro. 

Dessa maneira, o povoamento da região assegurava aos portugueses a posse do território, sendo incentivado por meio da construção de pequenas vilas urbanas.

No caso da cidade de Macapá, ela surgiu com a instalação da vila de São José do Macapá, que foi fundada no ano de 1758. Nesta vila foi construída a Fortaleza de São José de Macapá, com vistas à proteção militar da região, em razão da sua importância para o domínio do território brasileiro pelos colonizadores.

Macapá, assim como todo o Estado, sofreu várias incursões de exploradores franceses, que já denominavam a região da Guiana, localizada ao norte do território amapaense. Além disso, a fronteira entre o Amapá e a chamada Guiana Francesa foi oficialmente delimitada somente no final do século XIX.

Por sua vez, após o fim do processo de colonização do Brasil, assim como da instalação do modelo republicano no país, a região de Macapá continuou sendo um ponto de importância econômica. A antiga vila de Macapá foi oficialmente elevada à categoria de cidade, em 1944. A sua oficialização como cidade e também como capital do antigo território e atual estado do Amapá se deu em razão do seu protagonismo histórico na região. 

Além disso, Macapá é o principal centro econômico do estado e também vivenciou um grande crescimento populacional ao longo do século XX, em razão da exploração minerária na região, principalmente de manganês.

*Com informações do IBGE e Mundo Educação

Veja mais notícias sobre Amazônia de A à ZM.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Terça, 29 Novembro 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/