Manaus 30º • Nublado
Terça, 06 Dezembro 2022

Novas espécies de plantas são descobertas no Acre

Pesquisadores do Laboratório de Botânica e Ecologia Vegetal da Ufac, descobriram nos últimos anos, gêneros, espécies e famílias de plantas inéditas em unidades de conservação do Estado do Acre. O professor e coordenador do Laboratório, Marcos Silveira, o aluno do curso de Ciências Biológicas, Mayk Honório de Oliveira, e o doutorando da Universidade de São Paulo, Herison Medeiros, fizeram parte da equipe.

A Estação Ecológica (Esec) do Rio Acre também foi palco destas descobertas, que com o apoio do ICMBio, as coletas realizadas por Marcos e Mayk, em janeiro deste ano, encontraram a planta herbácea 'Lycianthes assarifolia' (Solanaceae) e uma planta trepadeira 'Aristolochia odora Steud' (Aristolochiaceae), ambas consideradas novos registros para o Estado do Acre.

Em abril de 2022, Mayk coletou na Esec uma erva parasita, conhecida como 'Apodanthes caseariae Poit' (Apodanthaceae), cuja família foi registrada pela primeira vez no Estado. E na mesma ocasião, o aluno coletou uma espécie arbórea pequena, conhecida como 'Styloceras brokawii Gentry & Foster', uma 'Buxaceae', família registrada pela primeira vez no Brasil.

Foto: Reprodução/UFAC

As atividades de campo realizadas pelo professor Marcos e seus alunos nas aulas de campo da disciplina de Botânica, projetos de iniciação científica e a elaboração de peças de criação e planos de manejo de unidades de conservação resultam em melhorias no conhecimento da flora regional e na descoberta de novidades.

Segundo Marcos, a identificação das espécies pode ser feita de várias formas. Preliminarmente, podem ser usadas ferramentas da internet, como o Google Lens, a rede social iNaturalist e grupos especializados do Facebook, como o DetWeb. Ele destaca que após esses passos preliminares para identificação, obrigatoriamente as determinações devem ser confirmadas por especialistas ou pela literatura especializada para ter validade científica.

"A postagem do registro das espécies no DetWeb, por exemplo, facilitou a identificação da família inédita para o Brasil, por especialistas, mas a identificação da espécie 'Styloceras brokawii' foi realizada com ajuda da literatura de especialistas", comentou. O professor também afirmou que, em áreas remotas como a Esec, há grande chance de se encontrar novidades. "A descoberta de novas plantas para o Acre, para o Brasil e para a ciência revela que há uma grande quantidade de espécies ainda não descobertas em nosso Estado".

O primeiro registro da família 'Buxaceae' no Brasil será submetido para publicação na revista científica "Check List" e a espécie será incluída na atualização da lista de espécies de plantas da flora do Acre. 

Outras descobertas

Herison, ex-aluno de Ciências Biológicas na Ufac, coletou, em 2018, uma espécie nova da família do guaraná, durante uma aula prática de campo da disciplina Sistemática de Fanerógamas, ocorrida na reserva extrativista Cazumbá-Iracema. Ele nominou a planta trepadeira como 'Thinouia cazumbaensis', em homenagem à unidade de conservação na qual a espécie foi encontrada. 


Veja mais notícias sobre EducaçãoAcre.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Terça, 06 Dezembro 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/