Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Terça, 11 Agosto 2020

Acre: projetos criam sensores para abrir portas e ligar luzes para ajudar no combate à Covid-19

Já imaginou um robô te ajudando a jogar o lixo sem precisar do toque? Ou um aplicativo que acenda e apague as luzes e aparelhos eletrônicos que funcionam ao som de palmas? Esses projetos futuristas já existem e são desenvolvidos pelo Departamento de Inovação do Acre e a Divisão de Automação e Empreendedorismo.

O Departamento criou protótipos que podem ajudar a manter o distanciamento e evitar novos casos de Covid-19. Entre os projetos estão sensores para abrir portas, ligar as luzes e até a TV. Desde o início da pandemia, a tecnologia se tornou mais presente e uma aliada no trabalho e vida de todo mundo.

O projeto de robótica pode ajudar ainda mais na prevenção de novos casos de Covid-19, já que uma das formas de infecção pelo vírus ocorre quando temos contato as superfícies.

Foto: Reprodução/Rede Amazônica

"Esse projeto se iniciou nas escolas integrais, como projeto de empreendedorismo, inovação e tecnologia, mas devido ao momento em que vivemos de pandemia aconteceu que foram interrompidas as aulas. Mas, o departamento de inovação continuou trabalhando e a gente teve a ideia de voltar nosso projeto para esse momento. Houve a ideia de usar sensores para que não se tocasse", explicou o chefe da divisão de automação e empreendedorismo, Fernandes Filho.

No departamento tudo é tecnológico. A despensa de álcool em gel funciona por aproximação, a TV responde ao comando de voz. Existe uma lixeira que abre sem o toque, apenas com a aproximação da pessoa.

A chefe do departamento de inovação, Raquele Nasserala, complementou que a tecnologia ajuda, por exemplo, pessoas que tenham algum tipo de deficiência e ou comorbidade.

"A tecnologia nos serve todos os dias, e na escola não será diferente. Desde a educação dos alunos em colocar um lixo na lixeira, que facilita a vida dos alunos que têm algum tipo de dificuldades ou deficiência. A lixeira que temos não precisa colocar o pé para abrir. A tecnologia está em nosso dia a dia e até hoje não tínhamos visto trabalhar tão bem a educação com tecnologia", afirmou.

Amostra

Os projetos de automação e robótica vão ser destaques na Amostra Viver Ciência desde ano, promovida pela Secretaria de Educação (SEE) e que vai ser realizada de forma virtual no mês de outubro com o tema: A Inteligência virtual.

"Quando pensamos na divisão de automação e empreendedorismo foi justamente para o aluno ser o protagonista do saber dele. Então, vai aprender e com essa aprendizagem vai produzir algo para a vida dele de maneira que vai ser um indivíduo que tenha um projeto de vida", destacou Raquele.

Veja mais notícias sobre AcreCidades.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Terça, 11 Agosto 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/

No Internet Connection