Projetos de Eficiência Energética promovem uso racional de energia, com reflexo na economia e sustentabilidade

O objetivo desses projetos é impulsionar o uso eficiente de energia, substituindo equipamentos obsoletos por modelos eficientes, que promovem economia e sustentabilidade.

A Energisa comemora o êxito de 60 projetos de Eficiência Energética, ao longo dos últimos cinco anos, nos quais foram investidos na ordem de R$ 50 milhões. Uma parte já foi concluída com sucesso, enquanto outra está em pleno desenvolvimento. Esses projetos, integrantes do Programa de Eficiência Energética (PEE) da Energisa Rondônia, regulamentado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), têm como objetivo impulsionar o uso eficiente de energia, substituindo equipamentos obsoletos por modelos eficientes, que promovem economia e sustentabilidade.

Projetos de Eficiência Energética promovem uso racional de energia, com reflexo na economia e sustentabilidade. Foto: Divulgação/Energisa RO

Para instituições, o programa abrange a substituição de equipamentos, como ar-condicionado ultrapassado por tecnologia inverter e lâmpadas tradicionais por tecnologia LED, ambos certificados com selo Procel, bem como a implementação de sistemas de geração de energia solar, que tornou-se, no último ano, bastante popularizado em nível regional e nacional. Para famílias de baixa renda, a Energisa realiza a troca de geladeiras ineficientes por modelos certificados com o selo Procel.

Ao longo desses cinco anos, a Energisa substituiu mais de três mil geladeiras, 130 mil lâmpadas e 268 aparelhos de ar-condicionado, e implantou 43 sistemas de geração fotovoltaica, gerando benefícios diretos para diversas instituições contempladas. A seleção das entidades beneficiadas ocorre anualmente por meio de chamadas públicas. A Chamada Pública do PEE de 2023 já foi realizada, e diversos clientes de setores comerciais, instituições governamentais, entre outros, já se inscreveram, seguindo o edital.

Os analistas de Eficiência Energética da Energisa em Rondônia, Camila Teixeira Lopes e Rérisson Bessa, destacam que “agora, segue o processo de seleção onde serão investidos mais de R$ 6 milhões em Rondônia, sendo o resultado dos projetos selecionados divulgado em fevereiro próximo.”

Segundo eles, entre as instituições já beneficiados no estado, incluem-se o Hospital de Base de Porto Velho, o Hospital Municipal de Espigão do Oeste, iluminação pública em vários municípios, associações de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAEs), instituições de ensino como Universidade Federal de Rondônia (Unir) e Instituto Federal de Rondônia (IFRO), Corpo de Bombeiros, e entidades como a Associação Luz do Alvorecer e a Casa de Apoio ao Doente com Câncer Irmã Rosa Gambelli, entre outras.

A Energisa comemora o êxito de 60 projetos de Eficiência Energética. Foto: Divulgação/Energisa RO

O processo de implantação dos projetos continua em andamento em diversos locais, incluindo a Policlínica Oswaldo Cruz, o Hospital Centro de Medicina Tropical de Rondônia (Cemetron), o Hospital Municipal de Seringueiras, a Fundação Pio XII de Ji Paraná e muitos outros, reforçando o compromisso da Energisa em contribuir para um futuro mais sustentável.

Camila e Rérisson ainda ressaltam a dimensão do resultado alcançado pelo PEE Energisa nestes 5 anos em Rondônia, com a informação da energia economizada na ordem estimada de 20.730 MWh/ano e, consequentemente, uma estimativa de 2.620 toneladas de dióxido de carbono (CO2) que deixam de ser emitidas na atmosfera, anualmente.

Publicidade
Publicidade

Relacionadas:

Mais acessadas:

Portal Amazônia responde: qual a função de uma ‘área de preservação permanente’?

As APP são consideradas um instrumento essencial à política de preservação ambiental.

Leia também

Publicidade