Manaus 30º • Nublado
Sexta, 01 Março 2024

'Ronco ininterrupto': conheça a mística Serra do Roncador no Mato Grosso

roncador-mi_20230612-211300_1

Cercada de mitos e lendas devido à sua origem e biodiversidade, a Amazônia possui lugares únicos. Um deles é a misteriosa Serra do Roncador, localizada no Mato Grosso, Estado pertencente à Amazônia Legal.

Cercada pelos rios Xingu, Kuluene, Araguaia e o rio das Mortes, a Serra do Roncador é uma região de aproximadamente 800 quilômetros de pura natureza e montanhas. 

O nome, "Serra do Roncador", tem como origem o som grave que se forma e ecoa na região, principalmente durante a noite, com o contato do vento e os gigantes paredões rochosos, quando é possível ouvir um barulho semelhante ao ronco ininterrupto de uma pessoa dormindo.

Foto: Reprodução/Adventure Club

Mistérios

Mas não é só o nome que provoca curiosidade nas pessoas. Outra característica muito peculiar da região é o conjunto de lendas que envolvem, dentre outras coisas, objetos voadores não-identificados (OVNIs) e coisas sobrenaturais.

Grande parte dos pesquisadores e turistas que visitam a Serra do Roncador buscam por registros de antigas civilizações, inscrições rupestres e sítios arqueológicos.

Foi o caso do explorador inglês Percy Harrison, um coronel da artilharia britânica. Em meados de 1919, ele chegou na região com o objetivo de encontrar vestígios que comprovassem a sua tese de que ali havia uma civilização intraterrestre, ou seja civilizações que habitam o interior da Terra.

A sua busca por essa civilização era por acreditar que eles seriam os possíveis descendentes dos Atlantes, do continente perdido de Atlântida. A sua intenção era estabelecer contato com essa civilização. E foi então que, em 1925, Percy desapareceu misteriosamente, sem deixar pistas ou rastros. 

Atrativos

 Além do misticismo, são inúmeros os pontos turísticos oferecidos pela serra mato-grossense:

Parque Estadual da Serra Azul

A Serra do Roncador se inicia dos limites deste parque, que se dedica à preservação do cerrado numa área de 11 hectares que possui cavernas, trilhas, formações rochosas e cachoeiras.

Foto: Reprodução/Botoblog

Complexo de Cachoeiras do Bateia

Este complexo conta com pelo menos 15 cachoeiras que são acessadas por meio de trilhas. Além disso, possuem escorregadores naturais e piscinas de águas cristalinas, esverdeadas e azuladas.

Foto: Ricardo Manciolli/Secom-BG

Furna do Mineiro

Ester local corresponde a um sítio pertencente a uma família tradicional local. Nele é possível conhecer os hábitos do campo, servir-se de produtos orgânicos produzidos no local e, ainda, tomar banho em uma cachoeira situada entre paredões de arenito da cor vermelha cujas águas formam um poço calmo e disponível para nado e mergulho.

Foto: Reprodução/Destinos notáveis

Misticismo

Como citado, um dos fatores que move o turismo da Serra do Roncador são as lendas e mistérios,  o que pode ser considerado como turismo esotérico.

Por exemplo, no Bico da Serra é possível ver, dependendo do ângulo, as imagens de um índio e uma santa, o que simbolicamente representa os guardiões do local, um com o papel de proteger e o outro de abençoar. 

O Arco da Pedra é uma formação rochosa considerada por diversos grupos esotéricos como um dos pontos mais energéticos da Terra e um "portal" para outros mundos.

Na região também há várias aldeias indígenas, como os Xavantes, que guardam muito bem a entrada do túnel roncador, que segundo lendas, dá acesso a cidades subterrâneas intraterrenas. 

Fato ou lenda, a Serra do Roncador é um lugar que nos conecta  à natureza e é encantador. E aí, você visitaria?

Como chegar 

O acesso à Serra do Roncador se dá pela cidade de Barra do Garças. Para isso, pode-se viajar de avião até Brasília, Goiânia ou Cuiabá e, a partir daí, realizar uma viagem de ônibus. A viagem entre Brasília e Barra do Garças é de aproximadamente 10 horas; saindo-se de Cuiabá, o percurso é de 8 horas e, de Goiânia, 5h30.

Veja mais notícias sobre TurismoMato Grosso.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sexta, 01 Março 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/