Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Segunda, 25 Mai 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/

Conheça praias de águas doces próximas a Belém

BELÉM – Para os belenenses, comemorar o aniversário de 400 anos do Pará é, além de mergulhar na história de quatro séculos de fundação, um mergulho nas praias de águas doces das baías do Guajará e do Marajó. O Portal Amazônia foi conhecer as principais delas para apresentar aos nossos internautas.

Praia do Vai-quem-quer 

Localizada na Ilha de Cotijuba, distante cerca de 45 minutos de Belém, a Praia do Vai-Quem-Quer leva esse nome especialmente devido à distância e a dificuldade de acesso, levando os visitantes mais aventureiros a optarem pelo percurso feito a pé. 

Mas para quem deseja um deslocamento menos cansativo, pode escolher ir de charrete, mototáxi ou o serviço de transporte dos chamados “bondinhos”, puxados por pequenos tratores que levam os visitantes do porto da ilha até o Vai-Quem-Quer, sempre no intervalo de 1h entre cada viagem. A distância do porto da ilha até a praia é de 9 quilômetros, equivalente a cerca de 25 minutos.

Praias são atrativos para turistas. Foto: Flávio Cardoso/Cedida
Apesar de pouco frequentada, é a praia mais famosa da Ilha de Cotijuba. De acordo com a Coordenadoria Municipal de Turismo de Belém (Belemtur), a preferência maior é pelas praias da ilha banhadas pela Baía do Marajó, sendo o Vai-Quem-Quer à praia mais procurada.

Para quem prefere um ambiente mais tranquilo, sem muita agitação e uma atmosfera bucólica, é o lugar ideal. A infraestrutura é simples e conta com algumas poucas pousadas rústicas e bares com comida caseira.

O principal acesso à Ilha de Cotijuba é a partir do trapiche do Distrito de Icoaraci, de onde sai uma embarcação mantida pela Semob (Secretaria de Mobilidade Urbana) e outros barcos menores da Cooperativa de Barqueiro da Ilha de Cotijuba (Cooperbic), que mantém o mesmo trajeto que dura cerca de 45 minutos. Também é possível embarcar a partir da Praça do Pescador, localizada próxima ao mercado do Ver-o-Peso.

Praias da Ilha de Mosqueiro

Batizada carinhosamente pelos paraenses de “Ilha do Amor”, Mosqueiro está localizado a 70 km de Belém e conta com 15 praias que, juntas, chegam a quase 212 quilômetros de extensão. Entre as mais frequentadas estão as praias do Murubira, Marahú e Chapéu Virado. Em seguida, temos as praias do Areão, Trapiche, Praia do Bispo, Praia Grande, Prainha, Farol, Porto Artur, Ariramba, São Francisco, Carananduba, Baía do Sol e Paraíso.

A orla de Mosqueiro, formada pela Avenida Beira-Mar, dispõe de uma boa infraestrutura, onde o visitante encontrará restaurantes, bares, pousadas e alguns hotéis para pernoite.

As praias de Mosqueiro são ótimas para curtir as férias. Foto: Flávio Cardoso/Cedida
Um charme à parte são os inúmeros casarões espalhados ao longo da orla, cuja urbanização teve início durante o século 19, em pleno auge da Era da Borracha na Amazônia. Isso permitiu que Belém e Mosqueiro experimentassem o mesmo ritmo de crescimento proporcionado pela atividade econômica, tornando-o um local de veraneio da “elite da borracha” na época.

A viagem até a ilha pode ser feita de carro dentro de 1h, ou de ônibus, levando cerca de 2h, com linhas de ônibus que saem diariamente no bairro de São Braz, em Belém, em direção à Mosqueiro, acessível pela ponte Sebastião Oliveira.

Praia Grande

Mais próxima da capital paraense em relação a Mosqueiro, a Ilha de Caratateua, fica a 25 km do centro da cidade. Outeiro, como é popularmente conhecida, é um destino mais viável para quem pretende veranear sem gastar muito dinheiro, sendo este, portanto, o balneário mais procurado durante o ano inteiro.


Que tal curtir essa paisagem? Foto: Flávio Cardoso/Cedida
Entre as praias preferidas pelos banhistas que vão a Outeiro, está a Praia Grande, quase sempre mais movimentada que as outras duas: a Praia do Amor e a Praia da Brasília. Em razão disso, possui um comércio mais intenso e variado, uma vez que é fácil encontrar vendedores de produtos como camarão seco, muito apreciado nas praias do Pará, dentre vários outros serviços.

O trajeto até a ilha pode ser feito de carro ou ônibus pela ponte que liga o Distrito de Icoaraci ao Distrito de Outeiro. Há um fluxo intenso de ônibus e vans com destino à ilha, partindo da Praça do Operário, em frente ao Terminal Rodoviário de Belém.

Se você pretende ir à capital paraense e tem tempo e disponibilidade para conhecer as inúmeras praias que a cidade e sua região metropolitana têm a oferecer, vale à pena dar aquela esticada para relaxar. 

Veja mais notícias sobre Turismo.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Segunda, 25 Mai 2020
No Internet Connection