Manaus 30º • Nublado
Domingo, 14 Abril 2024

Obra rara roubada do Museu Paraense Emílio Goeldi é recuperada na Argentina

Foto: Reprodução/Portal Brasil

O governo brasileiro informou da repatriação do livro 'Reise in Chile, Peru und auf dem Amazonenstrome' ('Viagem no Chile, Peru e no Rio Amazonas'), de 1836, de autoria do zoólogo alemão Eduard Poeppig. O exemplar havia sido furtado do acervo de obras raras do Museu Paraense Emílio Goeldi (MPEG), em Belém, entre 2007 e 2008 e encontrava-se na Argentina. O livro foi entregue à embaixada do Brasil em Buenos Aires pela justiça argentina em 21/12/2023.

A coleção de obras raras da Biblioteca Domingos Soares Ferreira Penna teve origem em aquisições feitas pelo zoólogo Emílio Goeldi, além de doações e permutas com instituições nacionais e internacionais. É composta por três mil obras dos séculos XVI a XX referentes a explorações, história natural e viagens, de expressivo valor para o estudo da região amazônica e das Américas.

O Museu Goeldi (MPEG) emitiu uma nota sobre o recebimento da obra. "A publicação é valiosa para a história das descobertas e expedições na América do Sul e contém ilustrações e mapas raros. O valor monetário estimado é de 20.000 euros", informou.

Foto: Reprodução/MPEG

Ainda de acordo com o Museu, a obra foi localizada e apreendida pela aduana argentina e constava na lista da Interpol, apresentada pela Polícia Federal, na relação de bens culturais roubados. A publicação fazia parte de um conjunto composto por 40 in-fólios e 20 livros roubados em 2008 da Coleção de Obras Raras da Biblioteca Ferreira Penna. Ainda não há informações da data de entrega ao Museu Goeldi.

Na nota, o Museu esclarece:

"O furto ocorrido na sesquicentenária instituição paraense foi descoberto e notificado à Polícia Federal em dezembro de 2008, e fez parte de uma sucessão de roubos de bens culturais em diferentes instituições brasileiras que seguiram um mesmo padrão. O roubo aconteceu antes da instituição construir uma sala cofre, para onde foi transferida e salvaguardada sua Coleção de Obras Raras, tornando mais seguro o processo de conservação, guarda e consulta do acervo.

Para facilitar o acesso ao acervo, a Biblioteca Ferreira Penna do Museu Goeldi disponibiliza online periódicos e mais de 50 livros raros, mas para avançar no plano de digitalização de publicações, como in-fólios, por exemplo, a instituição precisa ampliar sua mão de obra especializada para lidar com a fragilidade desses materiais e adquirir um scanner mais potente, especialmente para acomodar as dimensões de obras grandes e pesadas.

A obra, de autoria do zoólogo alemão Eduard Poeppig, após ser devolvida ao Museu Goeldi, passará por avaliação de possíveis danos, que podem ser provocados por manuseio e armazenamento inadequados, como rasgos, rasuras por carimbos, raspagem dos registros da Biblioteca do MPEG, manchas de umidade, ondulações, sujidades, etc. Além disso, a publicação passará por um processo de higienização e quarentena antes de ser incorporada ao acervo de obras raras e especiais.

O livro localizado na Argentina é a segunda obra rara recuperada do conjunto roubado do Museu Goeldi. Em 2014, no dia 11 de março, a Polícia Federal brasileira comunicou ao Museu Goeldi que foi encontrada nos Estados Unidos uma das edições furtadas em 2008. Tratava-se de Rerum Medicarum Novae Hispaniae, um in-fólio escrito em latim pelo médico e botânico espanhol Francisco Hernandez, em 1628, e cujo valor monetário é estimado em torno de US$ 200.000,00. A publicação foi encontrada em Nova York por um livreiro que comprava obras raras e desconfiou quando foi oferecida a publicação. O especialista da Galeria Swan (NY) entrou em contato com as autoridades brasileiras, que, então, tomaram as medidas legais para restituir o patrimônio ao Museu Goeldi, um mês depois de sua localização.

O caso do furto das obras raras do Museu Goeldi apresenta uma série de desafios enfrentados pelo Brasil na luta pela salvaguarda e contra o roubo e tráfico de bens culturais da nação brasileira, processo no qual um bem público se torna privado nas mãos de colecionadores.

O Museu Goeldi agradece a todos envolvidos na localização e resgate de mais esta obra rara, desta vez recuperada na Argentina".


*Com informações do MCTI e MPEG

Veja mais notícias sobre NotíciasCulturaPará.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Domingo, 14 Abril 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/