Indígena da Amazônia é homenageada com edição especial da Barbie

A fabricante da boneca, Mattel, criou a coleção ‘Role Models’, inspirada em mulheres da vida real de todo o mundo e a homenageada amazônida é a influenciadora Maira Gomez, da etnia Tatuyo, no Amazonas.

De origem latina, a palavra representatividade é o princípio pelo qual a vontade das minorias – seja de gênero, classe e grupos sociais – é atendida, ou pelo menos ouvida e registrada. Nesse sentido, a equidade entre homens e mulheres, por exemplo, tornou-se uma necessidade após o reconhecimento das mulheres como um grupo subjugado e exposto a várias formas de abuso e violação de direitos.

Assim como as mulheres, mesmo no século XXI, representam uma minoria social, na Amazônia, os povos originários que habitam a região séculos antes da chegada dos portugueses no Brasil, ainda são estigmatizados, estereotipados e buscam constante reconhecimento na sociedade.

Como uma forma de reconhecimento da diversidade de mulheres indígenas, a Barbie – uma das bonecas mais conhecidas e desejadas por crianças e colecionadores do mundo todo – ganhou a primeira versão indígena brasileira inspirada em uma personalidade real. 

Foto: Danny Guimarães

A homenageada é a influenciadora Maira Gomez, de 25 anos, da etnia Tatuyo, no Amazonas, que tem mais de 6 milhões de seguidores nas redes sociais. Conhecida como Cunhã Poranga (@cunhaporanga_oficial), ela mostra a cultura indígena e como é o seu dia a dia com a família.

Nesta semana, ela publicou em suas redes bastidores de um ensaio com a sua versão da Barbie: Obrigado Mattel por essa homenagem e é uma honra representar nosso País. Afinal, você pode Ser o que Quiser! Gratidão ?“, comentou.

O novo modelo faz parte de uma coleção que homenageia mulheres inspiradoras de vários países, a coleção ‘Role Models’. São oito homenageadas e, além da influenciadora indígena amazônida, estão nomes como o da atriz, produtora e ativista norte-americana Viola Davis e da cantora canadense Shania Twain. As bonecas não estão à venda. Um único modelo de cada foi feito para cada uma das homenageadas.

O lema da coleção segue a identidade já conhecida da boneca. “Histórias de mulheres notáveis para mostrar às garotas que elas podem ser qualquer coisa”, informa a Mattel.

No sábado, dia 9 de março, a boneca Barbie completa 65 anos. Criada pela empresa Mattel em 1959, o brinquedo que virou ícone mundial representa diferentes profissões e estilos. A indústria já havia criado bonecas de indígenas nativas norte-americanas, mas é a primeira vez que homenageia uma que é brasileira. 

O lançamento da coleção foi anunciado no dia 6 de março. 

Foto: Reprodução/Instagram-Mattel

Barbie Amazônia

Apesar de ser a primeira personalidade indígena homenageada, não foi a primeira vez que a Barbie olhou para a região amazônica. Em 2009, a Barbie Amazônia foi lançada inspirada nos povos nativos. Das penas no alto de seus longos cabelos escuros às tatuagens tribais, a edição de colecionadores encantou crianças e adolescentes na época em que a famosa boneca comemorava 50 anos.

Foto: Divulgação/Ebay

Publicidade
Publicidade

Relacionadas:

Mais acessadas:

Saiba quais são as 9 construções mais antigas da Amazônia

Em cada cidade da Amazônia Legal existe ao menos uma construção que exala a história local a partir da colonização.

Leia também

Publicidade