Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Domingo, 20 Junho 2021

Em Belém, Cláudio Barradas sobe ao palco do Theatro da Paz depois de 30 anos para interpretar o 'Abraço'; confira o espetáculo

up_ag_23015_e3875f7b-73bf-084d-fcd1-2212c74e00ae

As cortinas do Theatro da Paz se abriram na noite do domingo (25) para receber, pela primeira vez, o espetáculo "Abraço", do Grupo Cuíra, como parte da programação da 2ª Mostra de Teatro Nilza Maria. Sem plateia para evitar aglomerações, a encenação foi transmitida ao vivo pelo canal da Secretaria de Estado de Cultura (Secult) no YouTube. Durante a apresentação, o grande homenageado da Mostra, Cláudio Barradas, que não subia ao palco do Da Paz há 30 anos, dividiu a cena com a consagrada atriz paraense, Zê Charone.

Espetáculo "Abraço". (Foto:Mário Quadros/Secult_PA)
Com texto de Edyr Augusto Proença, a trama se desenvolve em torno das angústias de um senhor solitário e amargurado, interpretado por Barradas, que trava um diálogo sobre ausências e abandono com uma mulher desconhecida, vivida pela atriz Zê Charone, que aparece em sua casa no meio da noite. Na companhia de uma TV, um andador, livros, bebidas e antidepressivos, o idoso vai contando fatos do passado e mostrando seu profundo desgosto com o fim que a vida tomou, enquanto a visitante ouve atentamente seus desabafos e lhe oferece um abraço final.


Para a secretária de Estado de Cultura, Ursula Vidal, a programação marcou profundamente a história das artes cênicas no Pará.

"Foi um momento sublime! O desafio trazido pela pandemia nos subtraiu o aplauso, mas não nos roubou a emoção. A presença de Cláudio Barradas no palco do Theatro da Paz, ficará eternizada não somente na memória de quem partilhou esta experiência ao vivo, pelo YouTube, mas também no acesso a este conteúdo virtual, em qualquer tempo, de qualquer lugar do planeta. A força da dramaturgia de Edyr Augusto Proença neste "Abraço", rito de passagem entre a vida e a morte, será, sem dúvida, um dos momentos mais marcantes da história - que esperamos longa e cada vez mais fortalecida - da Mostra Nilza Maria de Teatro", declarou a secretária.

De acordo com o diretor de Artes Cênicas da Secult e organizador da Mostra, Adriano Barroso, o retorno do público que acompanhou pela internet foi o grande protagonista do espetáculo. "Foi emocionante, necessário e profundo. Tivemos muitos comentários na página, todos emocionados, além de ligações do Cacá Carvalho e de tantos outros atores e atrizes de fora do Estado, que fizeram ser ainda mais especial. Estamos extremamente felizes e gratos por este momento", celebrou.


Programação

A 2ª Mostra de Teatro Nilza Maria iniciou no sábado, 24 de outubro, e segue até 1º de novembro, com espetáculos diários, transmitidos pelo canal da Secult no YouTube. Essa é uma iniciativa do Governo do Pará, por meio da Secult, em tributo a uma das mais importantes atrizes do Estado: Nilza Maria, que faleceu em maio deste ano.

Para fomentar as artes cênicas paraenses, o edital da Mostra contemplou 11 grupos teatrais, que apresentam seus espetáculos no Teatro Estação Gasômetro, Theatro da Paz e Teatro Waldemar Henrique e receberão cachê de R$ 5.500, uma novidade em relação ao ano anterior, quando o valor era de R$ 1.500 por projeto. Somente no Gasômetro foi permitida a entrada de plateia com até 100 pessoas.

Espetáculo "Abraço". (Foto:Mário Quadros/Secult_PA)

Confira a programação dos próximos dias:

Esperando Godot – Troupe Vira Rumos
Data: 26 de outubro (segunda-feira), 20h
Local: Teatro Waldemar Henrique

Lúgubre – Cia Paraense de Potoqueiros
Data: 27 de outubro (terça-feira), 20h
Local: Teatro Waldemar Henrique

A vida, que sempre morre, que se perde em que se perca? – Grupo Gruta
Data: 28 de outubro (quarta-feira), 20h
Local: Teatro Waldemar Henrique

O Despejo – Cia. Thaetro
Data: 29 de outubro (quinta-feira), 20h
Local: Teatro Waldemar Henrique

Reprises – Palhaços Trovadores
Data: 30 de outubro (sexta-feira), 20h
Local: Theatro da Paz

Escola de Passarinhos – Cleber Cajun
Data: 31 de outubro (sábado), 10h
Local: Teatro Estação Gasômetro

Solos do Marajó – Usina
Data: 31 de outubro (sábado),20h
Local: Theatro da Paz

Rir é o melhor remédio – Notáveis Clowns
Data: 1º de novembro (domingo), 10h
Local: Teatro Estação Gasômetro

Pinóquio - In Bust - Homenagem ao ator Claudio Barradas
Data: 01 de novembro (domingo), 20h
Local: Teatro Waldemar Henrique.


Veja mais notícias sobre NotíciasCulturaPará.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Domingo, 20 Junho 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/