Manaus 30º • Nublado
Sexta, 19 Abril 2024

Desde os dois anos, quadrilheira prova que tradição junina ultrapassa gerações

IMG_2498

Legado é o que uma geração de pessoas absorve de impactante, significativo e relevante. Um legado influencia no modo de vida futuro da sociedade. O maior arraial da Amazônia é a prova de que um legado pode vir de várias formas, como através de manifestações culturais, musicais e artísticas. E é o caso da quadrilheira Rayane Vasconcelos, de 8 anos.

Foto: Isabelle Lima/Portal Amazônia

A pequena Rayane participou da segunda noite da 23º edição do Boa Vista Junina, nesta quarta-feira (21), pela quadrilha Estrela Junina, do grupo de acesso. A funcionária pública Tatiane Vasconcelos revelou uma informação impressionante: Rayane já é "veterana".

"Ela começou com dois anos de idade. Ela gosta muito, já participava de todos os ensaios e nós ensaiamos todo sábado e domingo",

 contou.
Foto: Isabelle Lima/Portal Amazônia

Representatividade

Tatiane, que também ajuda a organizar o grupo junino, relata a importância de levar a cultura de Roraima para o resto do país e incentiva mais pais a levarem seus filhos para participarem desse evento. 

"É muito importante levar essa tradição para as crianças, as novas gerações. Minha filha começou com dois anos de idade e eu espero que as outras mães também tragam os seus filhos para dançar, porque é muito bom. Eu dançava quadrilha e esse legado passou pra ela, espero que minha filha leve isso pros filhos dela também",

desejou.
Foto: Isabelle Lima/Portal Amazônia

Veja mais notícias sobre CulturaRoraima.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sábado, 20 Abril 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/