Manaus 30º • Nublado
Terça, 31 Janeiro 2023

Seringueiro Místico: ilustrador cria personagem de jogo de luta inspirado no Acre

Após muito estudo e um mergulho na cultura acreana, o ilustrador carioca Gustavo Almeida, de 19 anos, criou 'O Seringueiro Místico' - mais um personagem do projeto 'Imaginando bandeiras dos estados do Brasil como personagens de luta', criado por ele no início de setembro. O Estado acreano foi o 24º homenageado.

Gustavo conta que para criar os personagens em cada Estado estuda sobre a cultura e história daquele local. Ele não esperava que o trabalho desse tanta repercussão. "A ideia surgiu inspirado em um amigo que fez uma arte usando as cores da bandeira do Pernambuco no personagem de Genshin Impact. Vendo isso, eu tive a ideia, ele foi a inspiração", disse.

O ilustrador contou ainda que o processo de pesquisa foi bem extenso e que teve que consumir estudos, vídeos e matérias do Estado para poder usar as referências certas e que fosse a cara do Acre.

E a descrição desse guerreiro foi a seguinte: "O Seringueiro Místico! O Acre era um estudante de magia quando encontrou as escrituras de um menino que sumiu. Depois de dominar as técnicas passou a concentrar todo o seu poder em sua Poronga (essa lâmpada na cabeça) o item mais valioso que ele possui".

O próximo passo, segundo o artista, é fazer os personagens de cada estado interagindo. O misticismos lembra o caso que ficou conhecido como Menino do Acre, quando Bruno Borges sumiu por alguns meses e deixou livros codificados em seu quarto, onde também tinha mensagem nas paredes.

Entenda as referências:


  • Chapéu de seringueiro - O estado do Acre ficou conhecido internacionalmente pela extração de borracha. Nisso, uma das marcas do estado é a seringueira. A poronga é uma luminária, uma lamparina que os seringueiros usam na cabeça para percorrer as estradas da seringa na floresta amazônica.
  • Mapinguari na sua cintura - Diz a lenda que a figura do Mapinguari é a de um gigante peludo, com o olho na testa e pele semelhante a de um jacaré. Os povos acreditam que ele vive na floresta e ataca caçadores. Algumas pessoas afirmam que já viram a criatura de perto.
  • Tatuagem dos Purussaurus - Faz referência ao maior crocodilo do mundo que viveu no Acre há milhões de anos.
  • Tatuagem da lua, em referência a Lua Azul - Há uma lenda urbana de que o demônio dançou com uma mulher em uma boate chamada Lua Azul. Até hoje, a história é compartilhada pelo estado
  • A Marca no Seu olho é no formato da Bolívia - Faz referência ao processo e luta para que o Acre se tornasse brasileiro, uma vez que a área fazia parte do país vizinho.
  • Tatuagem de risco simboliza a cultura de Seringueiro também
  • As flores na sua roupa são flores de Ayahuasca - A ayahuasca faz parte de rituais de dezenas de etnias indígenas brasileiras e acredita-se que a tradição, comum aos povos amazônicos originários da América Latina, tenha milhares de anos. No Acre, essa cultura é muito forte e é referência.
  • O fato de ser uma mago é por causa do Mago do Tempo - Faz referência da Davi Friale, conhecido como 'Mago do Tempo' ou 'El Brujo', por fazer previsões meteorológicas muitas vezes inusitadas e até exageradas.

Veja mais notícias sobre Arte.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quarta, 01 Fevereiro 2023

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/