Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Terça, 27 Outubro 2020

Acreano ou acriano? Aprenda a utilizar o termo correto

Acreano ou acriano? Aprenda a utilizar o termo correto
Desde o ano passado, o Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa está em vigor. Acentos, hífens, trema e algumas grafias sofreram alterações. Uniformizando por exemplo, o sufixo '-eano' para '-iano'. Neste sentido, quem nasceu no Acre é acreano ou acriano?
Dúvida surgiu após o Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa permitir o uso das duas forma como gentílico do Acre. Foto:Reprodução/Agência Acre
Quem explica é a professora doutora Luisa Galvão Lessa Karlberg – presidente da Academia Acreana de Letras.

"A Academia Acreana de Letras compreendeque o gentílico acreano é forma consagrada pelo uso regional desde o século XIX. Documentos e obras históricas registram isso, como o Folheto Unitas, publicado em 1900", disse.

"Um gentílico não se muda por força de Acordo, Decreto, Lei, porque um gentílico pertence à população do lugar, é nome sagrado que se guarda como um tesouro raro, que dá voz ao adjetivar um povo. E nesse particular, consagrou-se no meio linguístico, em todos os tempos, as sábias palavras do grande gramático Fernão de Oliveira (1536) que 'os homens fazem a língua, e não a língua os homens'. Assim, segundo o mestre, 'cada um fala como quem é'. E, aqui, no extremo oeste do Brasil a população é acreana, desde o nascimento", ponderou.

Sobre a situação de como a população percebe a mudança, a professora esclarece que foi feita uma consulta popular no Estado e não percebe conflitos entre a população.

"No Acre o Governo, por meio de uma consulta popular, consagrou o gentílico 'acreano' em armas e brasões do Estado. Desta forma, nos concurso estaduais e nas escolas deve prevalecer a forma consagrada pelo uso: acreano. Também creio não haver conflitos em meio à população, considerando que a população aderiu a grafia 'acreano' ao invés de 'acriano', disse.
Para a presidente da Academia Acreana de Letras, apesar de acordo definir o uso o termo 'acriano', a forma 'acreano' continua consagrada. Foto:Reprodução/Agência Acre
Para a professora Luisa, apesar de acordo definir o uso o termo 'acriano', a forma 'acreano' continua consagrada e se faz necessário a preservação, garantida nos termos do próprio Acordo Ortográfico .

"O próprio Acordo diz que os nomes registrados e aqueles que guardam tradições e costumes permanecem inalterados. Por tudo isso, as Ciências Humanas, por mais magníficos e atraentes que sejam seus argumentos lógicos e dialéticos, não propiciam arcabouço seguro para tirar dessa terra acreana o seu gentílico consagrado: acreano. Dito isso, conclamo os acreanos à preservação do nosso gentílico em todos os meios de comunicação, com maior força nas redes sociais", concluiu.

Veja mais notícias sobre Cultura.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Terça, 27 Outubro 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/