7 livros para quem quer conhecer o Festival Folclórico de Parintins

Nos últimos anos, diversos livros têm sido publicados para documentar e preservar a história rica e diversificada deste festival.

O Festival Folclórico de Parintins, conhecido como Festival dos Bois-Bumbás Caprichoso e Garantido, é uma celebração cultural anual realizada na cidade de Parintins (distante a 365 quilômetros de Manaus), no Amazonas. O evento é uma das maiores e mais vibrantes festas folclóricas do país, com destaque para a competição entre os bois Azul e Vermelho que encenam lendas amazônicas através de danças, músicas e cenografias grandiosas.

Nos últimos anos, diversos livros têm sido publicados para documentar e preservar a história rica e diversificada deste festival. O Portal Amazônia encontrou algumas dessas obras sobre o Festival. Confira:

Boi-Bumbá evolução: Livro-reportagem sobre o festival folclórico de Parintins

Escrito por Allan Rodrigues, o ‘Boi-bumbá evolução’ é, em sua essência, um convite para uma viagem pela Amazônia e pela cultura dos seus povos. Um livro-reportagem, retrato que aborda uma manifestação da cultura popular que carrega consigo a história, as tradições, as lutas e os anseios dos povos da floresta. Compre a edição no link.

Foto: Reprodução

Parintins – Festival Folclórico

O livro ‘Parintins – Festival Folclórico’, do fotógrafo amazonense Célio Said, apresenta a genialidade da arte e do talento dos artistas parintinenses, autores dos espetáculos dos bois-bumbás Caprichoso e Garantido, reconhecidos como Patrimônio Cultural brasileiro e protagonistas da maior expressão folclórica da região Norte do país.

Em seu livro – no formato de 40 x 30 centímetros –, Célio Said retrata três noites de espetáculos apresentados no Centro Cultural de Parintins, o Bumbódromo, no mês de junho, com a tradicional brincadeira de boi-bumbá enriquecida pelas lendas e rituais indígenas, de danças e toadas, apresentadas pelos grupos artísticos dos bumbás Caprichoso e Garantido na arena do Bumbódromo.

Foto: Reprodução

A poética vermelha e branca do Boi-Bumbá Garantido

O livro ‘A poética vermelha e branca do Boi-Bumbá Garantido’, escrito por Basílio Tenórnio, aborda memoráveis aspectos histórico/poético de um bem cultural que se originou em Parintins, na Baixa do São José, através de Lindolfo Monteverde. Em suas páginas Basílio Tenório, pesquisador, historiador, romancista, poeta e escritor evidencia narrativas que perpassam a temporalidade entre a origem do referido Bumbá e a contemporaneidade. Gostou? Saibe onde comprar o livro no link.

Foto: Reprodução

O Livro da Toada: uma Antologia Caprichoso

O livro reúne centenas de toadas que embalaram a trajetória da Associação Cultural Boi-Bumbá Caprichoso, de Parintins (AM). O nosso objetivo foi compilar essa parte importante da história da música parintinense, de modo que tanto os pesquisadores quanto os torcedores do touro negro (que defende as cores azul e branco) pudessem ter em mãos, e em um único volume, as letras de canções que marcaram época no Amazonas.

Foto: Reprodução

Boi-Bumbá de Parintins: O trabalhador e o trabalho nos bastidores do festival

Neste livro, tanto o leitor iniciado quanto i iniciante podem perceber as contradições e outras nuances do trabalho dos artistas de Parintins para a realização do espetáculo midiático dos bois-bumbás Caprichoso e Garantido. Confira como comprar o livro no link.

Foto: Reprodução

Os Bois-bumbás de Parintins: novos olhares

Coletânea que reúne textos de vários pesquisadores dos Bois-Bumbás de Parintins, alguns dos quais responsáveis por estudos já publicados e bastante conhecidos. A maioria, porém, é composta de jovens, que elegeram o Festival de Parintins como objeto de análise em seus estudos monográficos, dissertações e teses, elaborados em várias áreas do conhecimento e a partir de recortes temáticos e pontos de vista teórico-metológicos igualemente distitntos. De certo modo, a proposta é avaliar a bibliografia sobre o assunto e indicar a atualidade e as tendências no debate sobre essa festa popular amazônica. Confira onde comprar a edição no link.

Foto: Reprodução

Rivalidade e afeição: ritual e brincadeira no bumbá de Parintins

Rivalidade e afeição. Ritual e brincadeira no bumbá de Parintins reúne expressivos textos da antropóloga Maria Laura Viveiros de Castro Cavalcanti sobre os Bois-Bumbás de Parintins. Pioneira na análise socioantropológica do festival amazônico, ela nos fornece um panorama amplo da evolução do festival detalhando a produção de seu intenso simbolismo e beleza artística espetacular.

Foto: Reprodução
Publicidade
Publicidade

Relacionadas:

Mais acessadas:

Peru implementa 31 planos de negócios ecológicos 

Nos próximos dias haverá uma nova convocatória para que mais comunidades e pequenos utilizadores florestais possam candidatar-se com os seus planos de negócios.

Leia também

Publicidade