Região Norte tem menos usuários de Pokemón GO no Brasil

O mês de agosto de 2016 ficou marcado no Brasil pelo desembarque dos monstrinhos do Pokémon GO, app que já fazia sucesso em todo o mundo e levava para as ruas de diversas cidades pessoas das mais variadas idades em verdadeiras caçadas aos bichinhos virtuais. Logo, algumas questões começaram a surgir. Quem está jogando? Como o brasileiro está jogando? Quem joga mais e por quê? As pessoas estão dispostas a gastar dinheiro com o jogo? Um dos destaques da pesquisa mostra os habitantes da Região Norte como menos interessados.

O Opinion Box, empresa de pesquisas de mercado e opinião, recorreu ao seu painel de respondentes para entender o comportamento dos brasileiros acerca do tema. Realizada no mês de agosto, a pesquisa entrevistou 1.883 internautas de ambos os sexos, de todas as idades e classes sociais, bem como de todas as regiões do país.

Logo na primeira pergunta ficou claro o reconhecimento do aplicativo: 93% dos entrevistados disseram conhecer o Pokémon GO. Destes, 44% afirmaram ter baixado e experimentado o app. Com o levantamento, ficou claro que as mulheres também são caçadoras de monstrinhos. Entre os respondentes, são 48% de homens-caçadores frente 52% de mulheres.

A distribuição geográfica dos jogadores pelo país também respeita a proporção populacional: 50% estão no Sudeste, 22% no Nordeste, 14% no Sul e 7% tanto no Norte quanto no Centro-Oeste. A maior parte dos jogadores de Pokémon Go está na faixa dos 25 a 39 anos. São 53% dos usuários. Na sequência aparecem os jovens com idades entre 16 e 24 anos, ocupando a faixa dos 33%. Os 14% restantes tem mais de 40 anos. É importante ressaltar que dos 44% dos internautas brasileiros que experimentaram o Pokémon Go à época de seu lançamento, 58% disseram que continuam jogando atualmente.

Outros 56% são mais moderados e jogam apenas quando não têm tarefas pendentes. Já 17% dos entrevistados, por sua vez, fazem parte do grande movimento de jogadores que têm tomado conta de praças e parques pelo país. Eles dizem jogar apenas nesses lugares. Os 3% restantes jogam raramente. Independente do lugar, 55% dos jogadores de Pokémon GO afirmam entrar no game diariamente. 29% abrem o app de 3 a 6 vezes por semana, 13% jogam apenas em um ou dois dias por semana e só 3% entram em uma frequência ainda menor.

Publicidade
Publicidade

Relacionadas:

Mais acessadas:

Cinco festivais curiosos que acontecem na Colômbia

Há centenas de celebrações realizadas todos os anos na Colômbia, com dança, carros alegóricos, música, rainhas da beleza e atividades culturais.

Leia também

Publicidade