Sinetram volta atrás e aceita pagamento da tarifa de ônibus em dinheiro

O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram) voltou atrás da decisão anunciada na última semana em que 5 linhas alimentadoras do transporte coletivo de Manaus passariam a aceitar exclusivamente pagamento da tarifa via cartões Passafácil.

Em comunicado, o Sinetram informa aos usuários das linhas 037, 050, 056, 081 e 084 que não possuem o cartão cidadão, ainda poderão pagar a tarifa em dinheiro. E que na próxima segunda-feira (9), as cinco linhas começam um projeto experimental para a retirada do pagamento em dinheiro, com autorização da Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU).  

Foto: Reprodução / Rede Amazônica

Ainda segundo o Sinetram, os passageiros serão orientados a retirar o cartão cidadão e somente a partir daí, as linhas deixarão de aceitar o pagamento em dinheiro, porém ainda não há data para que isso ocorra.

A justificativa para a retirada do pagamento da tarifa em dinheiro era a incidência de assaltos na linhas, o que, segundo o Sinetram, proporcionaria um ônibus mais seguro.

Publicidade
Publicidade

Relacionadas:

Mais acessadas:

Portal Amazônia responde: qual a função de uma ‘área de preservação permanente’?

As APP são consideradas um instrumento essencial à política de preservação ambiental.

Leia também

Publicidade