Prefeito de Manaus afirma que greve dos rodoviários é precipitada

O prefeito de Manaus (AM), Arthur Neto (PSDB), afirmou que greve dos rodoviários, iniciada na madrugada desta terça-feira (29), é precipitada. Ele concorda que há crise, mas lembra que o ato é ilegal e “não resolve”.
Publicidade
Publicidade

Relacionadas:

Mais acessadas:

Nova atração para aventureiros: Parque do Utinga, no Pará, oferece passeio de canoagem

Cada grupo de visitantes é acompanhado por pelo menos dois condutores habilitados e a capacidade máxima é de 12 pessoas por grupo.

Leia também

Publicidade