Encerrada paralisação de motoristas no Terminal 1; greve continua

Após 3 horas de manifestação, os motoristas de ônibus do transporte coletivo de Manaus que estavam parados na avenida Constantino Nery, Terminal de Integração 1 e avenida Leonardo Malcher, área central da cidade, começaram a se dispersar por volta das 11h, desta sexta-feira(1).

A paralisação foi em função da greve dos rodoviários que já está no 4º dia. Os empresários não chegam a um acordo com a categoria e a greve continua. 

Foto: Reprodução/Manaustrans

Depois de um ordem judicial expedida nesta quinta-feira (31), dia em que os rodoviários paralisaram 100% da frota, a justiça determinou que pelo menos 60% da frota esteja circulando nesta sexta-feira (1).

Durante a manifestação dos motoristas, dois ônibus do transporte coletivo que faziam parte das manifestações no terminal 1, foram apedrejados, segundo testemunhas, por passageiros que estavam com raiva da paralisação.

Segundo o ManausTrans os motoristas começaram a se dispersar por volta das 11h, e o trânsito na área do Terminal 1 começou a fluir.

Após a paralisação dos motoristas, muitos veículos retornaram à garagens das empresas, deixando os passageiros no meio do trajeto. Segundo apuração da equipe, há orientação para que os veículos retornem às garagens, evitando inclusive a depredação, como ocorreu com alguns ônibus no Centro da cidade. 

No momento, 100% da frota dos ônibus foi recolhida.

Publicidade
Publicidade

Relacionadas:

Mais acessadas:

Manaus receberá Painel do “Amazônia que Eu Quero” no Auditório do SEBRAE/AM

Nesta quarta-feira (12), o painel do programa "Amazônia que Eu Quero" que tem como tema a "Bioeconomia: soluções inovadoras...

Leia também

Publicidade