Manaus 30º • Nublado
Sábado, 04 Dezembro 2021

"Som da morte": Descubra a lenda por trás da coruja-rasga-mortalha

Captura-de-Tela-2021-09-29-as-10.39.4_20210929-144020_1
Você provavelmente já deve ter ouvido falar em aves de mau agouro, animais que trazem más notícias, como o presságio morte, por exemplo. A lenda da rasga mortalha (nome científico Tyto Furcata) é a personificação dessas aves. "Coruja da morte" e "suindara" são outros nomes populares para a coruja. 

Mas, afinal, qual a história por trás da lenda?

O Portal Amazônia te explica! 

Foto: Reprodução

A coruja-rasga-mortalha está presente em todo o território brasileiro, porém a lenda se espalhou especialmente nas regiões norte e nordeste do Brasil. O atrito de suas asas, ao voar, produz o som de um pano que está sendo rasgado

Acredita-se que quando esta coruja passa sobre a casa ou pousa no telhado e da um piado, alguém que mora nesta casa morrerá.

A lenda diz que uma jovem chamada Suindara (um dos nomes populares da coruja) trabalhava como carpideira, profissional feminina cuja função consiste em chorar para um defunto alheio  e era filha de Eliel, um feiticeiro muito temido na região.

Suindara era muito inteligente e respeitada e todos a chamavam de "coruja branca". Porém a jovem começou a namorar Ricardo, filho de uma condessa chamada Ruth, que era muito preconceituosa e nunca aceitaria o romance. Para o azar do jovem casal a mãe de Ricardo descobriu o romance, marcou um encontro falso com suindara e mandou um empregado matar a jovem.

Por ser muito querida a cidade ficou em luto, enterrando suindara e fazendo uma bela coruja branca em sua cripta. O pai da jovem acabou descobrindo o crime e fez um poderoso ritual para se vingar da assassina. Ele foi até o túmulo e fez com que o espirito da jovem entrasse na estátua da coruja, fazendo com que ela ganhasse vida própria. Em seguida a coruja foi até a sacada da janela onde Ruth dormia e começou a fazer o seu piado característico, e ao amanhecer Ruth estava morta, com as roupas todas rasgadas. A partir daí a coruja ganhou a fama de ser agourenta. 

Porém, vale lembrar que toda essa história não passa de uma lenda e não possui nenhuma comprovação científica. Existem pessoas que ao contrário da lenda, acreditam que a coruja trás sorte, uma vez que atuam no controle de pragas urbanas, como ratos e morcegos. Além disso, a ave é mansa, a ponto de pedir carinho.

Confira o som que a rasga-mortalha produz:

Veja mais notícias sobre Amazônia.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sábado, 04 Dezembro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/