Manaus 30º • Nublado
Segunda, 06 Dezembro 2021

Você sabia que o fluxo do Rio Amazonas já correu ao contrário?

barkah-wibowo-Jsh7I8k3gso-unsplas_20210818-193439_1

Considerado o maior rio do mundo, o Rio Amazonas tem seu fluxo do oeste para o leste, em direção ao Atlântico, entretanto, não foi sempre assim. Os indícios apontam que o rio partia do Oceano Atlântico em direção ao Pacífico.

O Rio Amazonas possui 6.992 km de comprimento, nascendo na cordilheira dos Andes, no sul do Peru, com nome de Apurimac, passando pela Colômbia e desaguando no Oceano Atlântico, na região norte do Brasil.

De acordo com o professor de geografia, José Camilo, da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), a América do Sul estava interligada ao Continente Africano. Nesse período, o rio Níger corria para o Oceano Pacífico, continuando o Rio Amazonas. Com a deriva dos continentes, o rio Amazonas prosseguiu com o pacífico, até que ocorreu o surgimento dos Andes, onde ocorreu o represamento da água e com isso formou-se o chamado Mar Siluriano. Após isso, a água começou a regredir, formando os canais e o Rio Novo. Com a separação dos continentes, houve a alteração do fluxo do rio em direção ao Oceano Atlântico.

Foto: Unsplash

A separação da América do Sul e da África aconteceu entre 65 e 145 milhões de anos atrás, surgindo um planalto, na região onde se encontra hoje a foz do rio Amazonas, no Maranhão. Infelizmente, esse planalto está desaparecido.

A descoberta foi feita durante uma pesquisa com uma equipe de pesquisadores americanos e brasileiros, organizados pela Universidade da Carolina do Norte, nos Estados Unidos, e a Universidade Federal do Amazonas (UFAM), responsáveis por estudar grãos de minerais do período escondidos nas areias da bacia amazônica.

Usando aviões e pequenos barcos, os cientistas passaram 2 anos coletando amostras de sedimentos por cerca de 500 km de floresta. Os resultados foram apresentados na reunião anual da Sociedade Americana de Geologia, na Filadélfia, no ano de 2006. 

Veja mais notícias sobre Amazônia.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Segunda, 06 Dezembro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/