Manaus 30º • Nublado
Sábado, 25 Junho 2022

'Constelações e as estações do ano': Como os indígenas usam a cosmologia a seu favor?

'Constelações e as estações do ano': Como os indígenas usam a cosmologia a seu favor?

Desde os primórdios, os indígenas utilizam as constelações como uma bússola para orientação de diversas coisas, como fins religiosos, de curiosidade, fertilidade e principalmente como calendário agrícola.

A cosmologia indígena define as constelações de cada estação do ano: Verão, primavera, outono e inverno. E cada uma destas caracterizam os melhores períodos para a cada atividade dos povos indígenas.

O Portal Amazônia mostra as constelações indígenas das estações e o que simbolizam:

Constelações que representam as estações do ano. Foto: Reprodução

Pra se ter ideia do quanto é importante o uso das constelações, os indígenas a utilizam como forma de agenda do clima para "prever" o melhor momento para planta, caçar, pescar e até mesmo engravidar.

Isso mesmo: Na constelação da ema, que representa o inverno, as mulheres evitam engravidar pois acredita-se que a criança que nasce nessa época tem poucas chances de sobreviver às adversidades climáticas. 

Constelação do Homem velho (Verão)

É formada pelas constelações ocidentais Taurus e Orion. Segundo a lenda, essa constelação representa um homem cuja esposa estava interessada no seu irmão. Para ficar com o cunhado, a esposa matou o marido, cortando-lhe a perna. Segundo a mitologia, os deuses ficaram com pena do homem e o transformaram em uma constelação.

Foto: Reprodução

Constelação da Anta do Norte (Primavera) 

Representa uma anta que caminha pela Via Láctea que, por sua vez é de Caminho das Antas.  É possível vê-la na segunda quinzena de setembro.

A constelação da Anta do Norte fica na região do céu limitada pelas constelações ocidentais Cisne e Cassiopéia. É formada , também pelas estrelas da constelação Lagarta, Cefeu e  Andrômeda.

Foto: Reprodução

Constelação do Cervo (Outono) 

Essa constelação pode ser vista nana segunda metade do mês de março. Surge ao anoitecer do lado leste. A constelação do Veado fica na região do céu limitada pelas constelações ocidentais Vela  e  Cruzeiro do Sul. Ela é formada utilizando, também, estrelas da constelação Carina e Centauro.

Foto: Reprodução

Constelação da Ema (Inverno) 

Alguns povos acreditam que a ema presente nessa constelação deseja comer as estrelas. Os índios a chamavam de Avestruz Branca, mas como no Brasil não tem avestruz, passou a ser chamada de Ema.

É possível vê-la na segunda quinzena de junho do lado leste. A constelação da Ema fica na região do céu limitada pelas constelações ocidentais Cruzeiro do Sul e Escorpião.

Foto: Reprodução

Repassado através de gerações

Esses conhecimentos, são repassados pelos indígenas para seus dependentes para que continuem se baseando nas constelações para tomada de decisões no plantio, colheita, dentre outras coisas. 

Veja mais notícias sobre Amazônia.

Veja também:

 

Comentários: 1

IVANA GUERRA FERRARI em Quarta, 10 Novembro 2021 15:00
Visitante
Sábado, 25 Junho 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/