Manaus 30º • Nublado
Domingo, 24 Outubro 2021
Últimas Notícias
Série Inspirações
Fechar

Plataforma 'Amazônia Que Eu Quero' é lançada pela Fundação Rede Amazônica

A Fundação Rede Amazônica (FRAM) lançou, na noite desta quinta-feira (23), a plataforma "Amazônia Que Eu Quero". A ideia é iniciar um debate sobre assuntos fundamentais no dia a dia da população que vive na região.

O programa de lançamento foi transmitido pelo canal da Fundação Rede Amazônica no Youtube e conduzido pelo jornalista Amaral Augusto, que é coordenador de conteúdo da plataforma.


Foto: Reprodução/Rede Amazônica

Amaral afirma que os meios de comunicação têm um papel fundamental no desenvolvimento da região. No caso da Rede Amazônica, é ainda maior, pois leva informação a comunidades muito distantes, que nem sempre tem a capacidade de se informar e da maneira correta.

"A plataforma vem acolher temas que são importantes, relevantes pra essas pessoas, e trabalha isso por meio de reportagens que agora chega até elas, com o objetivo de formar senso crítico a respeito daquilo que falta e daquilo que essas pessoas esperam", disse Amaral.

O CEO do Grupo Rede Amazônica (GRAM), Phelippe Daou Júnior, participou do lançamento do projeto, e falou sobre os objetivos da plataforma.

"Amazônia Que Eu Quero é um projeto de cidadania. Um projeto que visa, por um lado, ter um nível de cobrança importante da maneira mais construtiva possível, com relação aos nossos representantes, dizendo o que fazem, quais seus projetos e suas ações. Por outro lado, que eu diria o mais importante, é conscientizando a população do que efetivamente é viver numa democracia", declarou.


Foto: Reprodução/Portal Amazônia

O programa de lançamento do "Amazônia Que Eu Quero" contou, ainda, com a participação virtual de representantes dos estados do Norte do país, e também de segmentos que serão impactados com as ações do projeto.

Entre os objetivos, o projeto visa conscientizar as pessoas para o voto consciente e exigirem seus direitos junto aos governantes. Serão realizados diversas ações para instigar o debate e colher as demandas da população.

A diretora institucional da FRAM, Mariane Cavalcante, afirma as ações serão realizadas em todos os estados onde o GRAM está presente - Amazonas, Amapá, Acre, Rondônia, Roraima e Pará.

"A edição desse ano do projeto é Caminhos para Democracia, mas cada fórum vai debater um tema específico, que são: infraestrutura, energia limpa, acesso à saúde, empreendedorismo e inovação e florestas. Cada fórum desses vai ser composto por um time de especialistas, um comitê, que junto com a população vai propor dez ações concretas que vão fazer a diferença dentro desses temas", explicou.

A programação estará disponível no Portal Amazônia, na aba do projeto Amazônia Que Eu Quero, onde também serão disponibilizadas informações sobre a iniciativa. Além disso, a população vai poder conferir o conteúdo especial nas plataformas do Grupo Rede Amazônica. 

Confira a primeira edição do "Amazônia que Eu quero":


Veja mais notícias sobre Amazônia que eu quero.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Domingo, 24 Outubro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/