“Amazônia Que Eu Quero”: Nova identidade visual do projeto é lançada

O lançamento da nova identidade visual marca uma nova fase para o projeto capitaneado pela Fundação Rede Amazônica

Nesta segunda-feira (01), o projeto “Amazônia Que Eu Quero” revelou sua nova identidade visual, reafirmando seu compromisso com o desenvolvimento da região amazônica. De acordo com o designer Eric Ramires, para realizar essa mudança foi necessário compreender a missão de promover a conscientização e ação em prol da Amazônia, bem como o compromisso com a inovação e o diálogo, foi essencial para direcionar o design da nova marca.

“A busca por uma identidade visual minimalista e moderna foi uma constante ao longo do processo. A simplicidade das linhas e a clareza dos elementos visuais foram considerações-chave, garantindo que a marca fosse facilmente reconhecível e comunicasse efetivamente sua mensagem em diferentes contextos e mídias.”, destacou o designer.

Imagem: Divulgação AMQQ

A decisão de integrar o mapa dos estados participantes na marca surgiu da necessidade de destacar o caminho percorrido até a concepção do projeto e a abrangência geográfica na região amazônica. Essa escolha não apenas adicionou profundidade à identidade visual, mas também reforçou o compromisso do projeto com a inovação e o diálogo em escala regional.

“A nova identidade visual do ‘Amazônia Que Eu Quero’ representa um marco significativo em nossa jornada. Estamos comprometidos em trabalhar de forma colaborativa e inovadora para ajudar a encontrar soluções para os principais problemas da Amazônia”, destacou Débora Holanda, coordenadora do Amazônica Que Eu Quero.

O Amazônia Que Eu Quero, capitaneado pela Fundação Rede Amazônica, já realizou diversas entregas dos exemplares do Caderno de Soluções para autoridades do estado de Rondônia e o vice-presidente da república, Geraldo Alckmin, o objetivo é que os políticos tenham conhecimento da situação atual da Amazônia pela ótica de quem vive na região. A ideia é que o caderno possa ser utilizado para traçar estratégias de desenvolvimento sustentável para a Região Amazônica.

O lançamento da nova identidade visual marca uma nova fase para o projeto “Amazônia Que Eu Quero”, que continua a inspirar e mobilizar pessoas em prol do desenvolvimento da região.

Sobre o Amazônia Que Eu Quero’

Concebido em 2019, o Programa ‘Amazônia Que eu Quero’ é uma iniciativa da Fundação Rede Amazônica e Grupo Rede Amazônica que tem por objetivo promover a educação política por meio da interação entre os principais agentes e setores da sociedade, além do levantamento de informações junto aos gestores públicos e da participação ativa da população, por meio de câmaras temáticas estabelecidas pelo programa, como foi o caso da edição de 2023 que discutiu três eixos centrais Educação, Turismo e Conectividade no contexto Amazônico.

Sobre a Fundação Rede Amazônica

A Fundação Rede Amazônica, é o braço institucional do Grupo Rede Amazônica, atua há 39 anos com os objetivos de capacitar pessoas, articular parcerias, desenvolver projetos e programas que contribuem para a proteção e desenvolvimento da Amazônia.

Publicidade
Publicidade

Relacionadas:

Mais acessadas:

Portal Amazônia responde: qual a função de uma ‘área de preservação permanente’?

As APP são consideradas um instrumento essencial à política de preservação ambiental.

Leia também

Publicidade