“Prestando contas”: senador Eduardo Braga presta contas sobre ações de mandato político

Promessas de campanha e projetos em tramitação na câmara federal são questionados na entrevista feita pelo jornalista político Fábio Melo.

A Fundação Rede Amazônica (FRAM) em parceria com o Jornalismo do Grupo Rede Amazônica (GRAM), criou o quadro “Prestando Contas” que faz parte do cronograma de ações da temporada “Caminhos para a democracia” da Plataforma Amazônia Que Eu Quero (AMQQ).

O entrevistado da semana foi o senador Eduardo Braga, que inicialmente foi questionado sobre os perigos que a Zona Franca de Manaus sofre com a insegurança jurídica. “Quando baixa o IPI e não dá o crédito a zona franca os chineses ganham, pois pagam mais barato do que os amazonenses. E os investimentos que estavam previstos para vir para a zona franca estão sendo postergados pela insegurança jurídica. Para fazer uma votação eles tiveram que negociar comigo, com senadores do Amazonas, chegaram no fim do mês postergaram por mais uma mês o decreto da redução do IPI”, disse ele.

Durante sua campanha, Eduardo Braga ressaltou o desejo de apoiar o público carente. “Um projeto meu já é lei e restabelece o vale gás. Lá em Itamarati, por exemplo, a botija está a mais de R$170, a gasolina mais de R$7 e o óleo diesel R$8. Nós aprovamos o vale gás que é equivalente ao valor nacional do gás há dois meses. Mas no projeto que tratamos da lei de combustíveis também foi aproveitada uma emenda do chamado “vale gasolina”, que já foi aprovado no senado e estamos guardando apenas a câmara dos deputados votar”, explicou.

Para acompanhar a entrevista completa, acesse o link a abaixo:

Publicidade
Publicidade

Relacionadas:

Mais acessadas:

Associação Yanomami ganha prêmio por campanha publicitária em que estátua indígena foi enviada para indicados ao Oscar 2023

A campanha teve a intenção de conscientizar as estrelas de Hollywood para que elas usem de sua influência global e ajudem na causa Yanomami.

Leia também

Publicidade