Saiba o que foi definido no encontro entre Brasil e França no Amapá

Horários de funcionamento da Ponte Binacional, que liga Oiapoque (AP) a São Jorge, na Guiana Francesa, foram alguns dos tópicos discutidos na Reunião da Comissão Mista Transfronteiriça.

A 13ª reunião da Comissão Mista Transfronteiriça (CMT) Brasil-França, em Macapá (AP), encerrou dia 12 de junho e, ao longo de dois dias, foram discutidos assuntos que envolvem a região de fronteira entre o Amapá e a Guiana Francesa.

O governo francês informou que vai voltar a emitir vistos em Macapá ainda no segundo semestre de 2024. Atualmente os amapaenses precisam fazer a solicitação na Embaixada da França em Brasília.

Leia também: Portal Amazônia responde: a maior fronteira da França é com o Brasil?

O governo do Amapá assinou no dia 12 um termo de cooperação para a ligação de um cabo submarino de fibra óptica de Portugal até o estado. A implementação deve acontecer em parceria com uma empresa da Guiana Francesa.

“No Brasil inteiro só tem um ponto de chegada de cabo de fibra ótica para a internet, que é em Fortaleza, no Ceará. Toda a internet por fibra ótica entra só por um lugar. Nós seremos o segundo estado a ter essa conexão com a Europa, que vai entrar pela Guiana Francesa, atravessar o Rio Oiapoque, e seguir por todo o estado”, informou Clécio Luís, governador do Amapá.

Outro assunto destacado foi a conclusão da pavimentação da BR-156, no trecho entre Calçoene e Oiapoque. Área tem cerca de 110 quilômetros e vai receber investimento de R$ 600 milhões.

De acordo com o governo do Amapá, o contrato com a empresa vencedora da licitação para as obras será assinado no mês de julho.

Novos horários da Ponte Binacional

Os horários de travessia na Ponte Binacional, que liga Oiapoque, no Amapá, à São Jorge, na Guiana Francesa, funcionará durante todos os dias da semana, das 7h às 19h, e nos feriados. Antes a travessia era permitida das 8h às 12h e 14h às 18h.

Comissão Mista Transfronteiriça Brasil-França, em Macapá. Foto: Divulgação/GEA

Sobre a comissão

A fronteira do Amapá com a Guiana Francesa possui uma população estimada em 32 mil habitantes, sendo 26,6 mil pessoas só em Oiapoque, no extremo norte do Amapá, e aproximadamente 3 mil em Saint Georges, ambos divididos pelo Rio Oiapoque e interligados pela Ponte Binacional.

A Guiana Francesa é um departamento ultramarino da França com uma população total estimada em 296.711 e tem como principais atividades econômicas a agricultura, o turismo e a pesca. Para tratar das relações transfronteiriças, foi criada a CMT como parte do Acordo de Cooperação Mista, assinado em maio de 1996 e ratificado com o Plano de Ação da Parceria Estratégica, registrado e divulgado em fevereiro de 2008.

*Por Rafael Aleixo, do g1 Amapá

Publicidade
Publicidade

Relacionadas:

Mais acessadas:

Camu-camu é usado para enriquecer farinha de mandioca

Desidratados sob diferentes métodos tecnológicos, os resíduos agroindustriais de frutos de camu-camu, adicionados à farinha de mandioca, incrementaram significativamente os produtos finais.

Leia também

Publicidade