Portal Amazônia responde: qual o significado do nome dos países da Amazônia internacional?

A maioria dos países da Amazônia Internacional tem sua origem atrelada ao período de colonização europeia que cada um vivenciou.

A etimologia consiste no estudo gramatical da origem e história das palavra e como elas evoluíram ao longo dos anos. Toda palavra conhecida possui um significado ou derivou de alguma outra, que pode pertencer a um idioma extinto.

A maioria dos países da Amazônia Internacional – nove no total – tem sua origem atrelada ao período de colonização europeia que cada um desses países vivenciou.

Você sabe o significado dos nomes dos países pertencentes a Amazônia? 

Foto: Reprodução/Nutec CE

Brasil

Antes do nome atual do Brasil, o país já teve outros oito nomes oficiais: Pindorama (nome dado ao território pelos próprios indígenas antes da colonização); Ilha de Vera Cruz (em 1500); Terra Nova (em 1501); Terra dos Papagaios (em 1501); Terra de Vera Cruz (em 1503); Terra de Santa Cruz (em 1503); Terra Santa Cruz do Brasil (em 1505); Terra do Brasil (em 1505); e por fim, Brasil desde 1527.

O termo vem do ‘pau-brasil’, a principal matéria-prima na época retirada das matas atlânticas, que tinha esse nome por conta do pigmento vermelho produzido pela planta. Nesse caso, Brasil significaria “vermelho como brasa”. 

Colômbia

O nome Colômbia vem do antigo país que abrangia parte da América do Sul e América Central,  a Grã-Colômbia, cuja nomenclatura é uma homenagem à Cristóvão Colombo, o “descobridor” do novo mundo, ou seja, o continente americano.

Equador

Também pertencente ao extinto território da Grã-Colômbia, depois de atingir sua autonomia, recebeu este nome devido à sua posição geográfica estar bem na região da Linha do Equador, que separa o hemisfério norte do hemisfério sul do planeta.

Do latim, o termo Equador vem de ‘ecuador’, que significa “aquele que nivela” ou “igualador”, e seria um unificador entre o norte e o sul da Terra.

Peru

Existem duas possíveis versões para a explicação do nome deste país. A primeira seria de que os espanhóis criaram esse nome em referência à Francisco Pizarro, explorador espanhol que entrou para a história como “o conquistador do Peru”,  após submeter o Império Inca à Espanha.

O segundo é que pode ter surgido do termo indígena “Birú”, nome de um governante regional de uma região de onde hoje é o Panamá. 

Bolívia

O nome Bolívia deriva de Simón Bolívar, uma das figuras centrais da independência do território contra a Espanha. Ele partiu da Venezuela em uma busca por autonomia. Quando o então território da Bolívia se tornou independe, foi intitulada República Bolívar.

Depois disso, circulou o ditado popular “se de Rômulo, Roma, de Bolívar, a Bolívia” e assim o país recebeu este nome.

Guiana

O nome Guiana é uma referência à forma como os indígenas identificavam a região em que se encontra a floresta tropical e o litoral. Originalmente “Guyana” significa “terra de muita água”, em referência à união com o mar e o desaguar de diversos canais naquela área baixa, fazendo da região bastante costada por rios. 

A Guiana foi colonizada pelos ingleses e é comum se referir ao território como Guiana inglesa.

Guiana Francesa

O termo “Guiana” da Guiana Francesa possui a mesma referência anterior, a única diferença se dá devido ao fato deste território ter sido dominado pelos franceses e não ingleses.

Suriname

Esse nome é uma referência direta: vem da língua aruanque, falada pelos Tainos (surinen) e era o modo como essas pessoas denominavam aquela região antes da chegada dos colonos europeus.

Venezuela

O nome Venezuela vem da descrição de Alonso de Ojeda que ao explorar a região percebeu que a mesma tem muitos alagamentos, por isso se referiu pela primeira vez ao território como “venezziola” em meados de 1499, pois seria uma “pequena Veneza”.

Publicidade
Publicidade

Relacionadas:

Mais acessadas:

Camu-camu é usado para enriquecer farinha de mandioca

Desidratados sob diferentes métodos tecnológicos, os resíduos agroindustriais de frutos de camu-camu, adicionados à farinha de mandioca, incrementaram significativamente os produtos finais.

Leia também

Publicidade