Publicidade

Dan Holanda

Home > Opiniao > Dan-holanda
Dan Holanda

Cristaloterapia: o poder dos cristais

“Os cristais agem de forma harmônica, equilibrando nosso campo energético devido às suas propriedades químicas e físicas”


A cristaloterapia é encontrada em todas as grandes sociedades tradicionais, como a egípcia, a grega, a japonesa, chinesa e indiana. Até agora, falamos sobre o uso dos cristais em várias culturas e civilizações com o objetivo de melhorias físicas, espirituais e de proteção.

 

Já parou para imaginar que os cristais não representam apenas um elemento da natureza? Através da cristaloterapia, eles têm o poder de transformar a saúde e gerar benefícios a todos nós.

 

Afinal, o que é cristaloterapia?

 

AMETISTA tem uma vibração espiritual elevadíssima, aflora a intuição, nos protege de ataques psíquicos e transmuta energias. Ideal para nos ajudar a expandir nossa espiritualidade (Foto: Divulgação)

Trata-se de uma terapia onde os cristais são utilizados como um elemento principal para curar dores emocionais e físicas.

 

Os cristais agem de forma harmônica, equilibrando nosso campo energético devido às suas propriedades químicas e físicas. Eles são tão poderosos, carregam um campo eletromagnético com alto poder vibratório.

 

O profissional utiliza os cristais para realizar uma limpeza energética, proporcionando ao paciente melhoras na saúde e no bem-estar.

 

CITRINO é a pedra da abundância. Energiza todos os níveis da vida, seja mental, espiritual, emocional e físico. Purifica principalmente o chakra do plexo solar, expandindo a autoconfiança e a autoestima (Foto: Divulgação)

Você é daqueles que gosta de decorar a casa com alguns cristais? É natural que essas lindas pedras coloridas façam parte de algum cantinho da estante, tornando nosso lar mais harmonioso.

 

Porém, os cristais têm um significado e podem valer muito mais. 

 

Mesmo ainda sendo uma novidade para muitas pessoas, a cristaloterapia existe há milhares de ano quando o homem começou a observar e notar o poder dos cristais.

 

Eles observaram que os cristais podiam ser utilizados como ferramenta de cura e, desde então, esta terapia foi se tornando cada vez mais forte.

 

Um terapeuta nesta área é um conhecedor das características, propriedades e potenciais dos cristais e sabe como potencializa-los através da sua limpeza, visualização e energia dos cristais. Por vezes, a cura com cristais passa também pela elaboração de essências e elixires de cristais.

 

Existe uma significativa quantidade de cristais com propriedades terapêuticas e de cura, alguns dos quais muito conhecidos por reduzir inchaços e inflamações. A malaquite, por exemplo, na sua composição contém uma enorme concentração de cobre e por isso é muito utilizada em cristaloterapia para o tratamento e alívio de dores musculares e das articulações.

 

TURMALINA NEGRA apresenta uma forte proteção contra encantamentos e mau-olhado. Combate energias de baixa vibração. Elimina pensamentos negativos, impulsiona a neutralidade nas ações (Foto: Divulgação)

Quando um paciente inicia um tratamento através da cristaloterapia, o contato da pedra entra no sistema energético, ressonando assim com todo o sistema. O resultado disso é o reequilíbrio das energias e, consequentemente, das emoções o do bem-estar.

 

Muitos pacientes relatam que, após o término da sessão, se sentem mais leves e emocionalmente mais equilibrados.

 

É extremamente importante ressaltar que, infelizmente, muitas vezes nosso corpo adoece. Quando se trata de uma doença física, pode ser um problema de coluna, ou até algo mais sério que precisa de uma avaliação médica.

 

Neste caso, o paciente pode continuar com a cristaloterapia, porém, deve procurar um especialista com o intuito de receber o tratamento necessário para o seu caso. A cristaloterapia ajuda na recuperação, com o foco principal em reestabelecer o equilíbrio energético. Isso é, de fato, muito benéfico quando o paciente está também passando por uma doença física mais grave.

 

Robson Tiburski - Especialista em cristais e cristalopterapia (Foto: Divulgação)

Mas jamais o paciente deve recusar ajuda médica e profissional, assim como negar o uso de medicamentos adequados.

 

     

Cristaloterapia: o poder dos cristais

“Os cristais agem de forma harmônica, equilibrando nosso campo energético devido às suas propriedades químicas e físicas”

Dan Holanda

daniel_holanda@hotmail.com


A cristaloterapia é encontrada em todas as grandes sociedades tradicionais, como a egípcia, a grega, a japonesa, chinesa e indiana. Até agora, falamos sobre o uso dos cristais em várias culturas e civilizações com o objetivo de melhorias físicas, espirituais e de proteção.

 

Já parou para imaginar que os cristais não representam apenas um elemento da natureza? Através da cristaloterapia, eles têm o poder de transformar a saúde e gerar benefícios a todos nós.

 

Afinal, o que é cristaloterapia?

 

AMETISTA tem uma vibração espiritual elevadíssima, aflora a intuição, nos protege de ataques psíquicos e transmuta energias. Ideal para nos ajudar a expandir nossa espiritualidade (Foto: Divulgação)

Trata-se de uma terapia onde os cristais são utilizados como um elemento principal para curar dores emocionais e físicas.

 

Os cristais agem de forma harmônica, equilibrando nosso campo energético devido às suas propriedades químicas e físicas. Eles são tão poderosos, carregam um campo eletromagnético com alto poder vibratório.

 

O profissional utiliza os cristais para realizar uma limpeza energética, proporcionando ao paciente melhoras na saúde e no bem-estar.

 

CITRINO é a pedra da abundância. Energiza todos os níveis da vida, seja mental, espiritual, emocional e físico. Purifica principalmente o chakra do plexo solar, expandindo a autoconfiança e a autoestima (Foto: Divulgação)

Você é daqueles que gosta de decorar a casa com alguns cristais? É natural que essas lindas pedras coloridas façam parte de algum cantinho da estante, tornando nosso lar mais harmonioso.

 

Porém, os cristais têm um significado e podem valer muito mais. 

 

Mesmo ainda sendo uma novidade para muitas pessoas, a cristaloterapia existe há milhares de ano quando o homem começou a observar e notar o poder dos cristais.

 

Eles observaram que os cristais podiam ser utilizados como ferramenta de cura e, desde então, esta terapia foi se tornando cada vez mais forte.

 

Um terapeuta nesta área é um conhecedor das características, propriedades e potenciais dos cristais e sabe como potencializa-los através da sua limpeza, visualização e energia dos cristais. Por vezes, a cura com cristais passa também pela elaboração de essências e elixires de cristais.

 

Existe uma significativa quantidade de cristais com propriedades terapêuticas e de cura, alguns dos quais muito conhecidos por reduzir inchaços e inflamações. A malaquite, por exemplo, na sua composição contém uma enorme concentração de cobre e por isso é muito utilizada em cristaloterapia para o tratamento e alívio de dores musculares e das articulações.

 

TURMALINA NEGRA apresenta uma forte proteção contra encantamentos e mau-olhado. Combate energias de baixa vibração. Elimina pensamentos negativos, impulsiona a neutralidade nas ações (Foto: Divulgação)

Quando um paciente inicia um tratamento através da cristaloterapia, o contato da pedra entra no sistema energético, ressonando assim com todo o sistema. O resultado disso é o reequilíbrio das energias e, consequentemente, das emoções o do bem-estar.

 

Muitos pacientes relatam que, após o término da sessão, se sentem mais leves e emocionalmente mais equilibrados.

 

É extremamente importante ressaltar que, infelizmente, muitas vezes nosso corpo adoece. Quando se trata de uma doença física, pode ser um problema de coluna, ou até algo mais sério que precisa de uma avaliação médica.

 

Neste caso, o paciente pode continuar com a cristaloterapia, porém, deve procurar um especialista com o intuito de receber o tratamento necessário para o seu caso. A cristaloterapia ajuda na recuperação, com o foco principal em reestabelecer o equilíbrio energético. Isso é, de fato, muito benéfico quando o paciente está também passando por uma doença física mais grave.

 

Robson Tiburski - Especialista em cristais e cristalopterapia (Foto: Divulgação)

Mas jamais o paciente deve recusar ajuda médica e profissional, assim como negar o uso de medicamentos adequados.

 

     

TAG cristaloterapiaautoconhecimentoartigoDan Holanda