Cidades

Governo de MT lança duplicação da Estrada da Guia

A Estrada da Guia será duplicada entre o entroncamento com a Rodovia Emanuel Pinheiro (MT-251)

Portal Amazônia, com informações do Governo de MT

jornalismo@portalamazonia.com


O Governo do Estado lança nesta quarta-feira (1º), a duplicação do perímetro urbano da Rodovia Arquiteto Helder Cândia (MT-010), na saída de Cuiabá para a região Norte. O ato também marca o início da construção de uma trincheira de 365 metros, localizada no entroncamento entre a 'Estrada da Guia' e a 'Estrada da Chapada'

Com o início desta obra, pela primeira vez na história a Baixada Cuiabana terá três duplicações sendo executadas simultaneamente. Isso porque, além da obra na MT-010, a Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra-MT) já tem trabalhado nas duplicações das rodovias Emanuel Pinheiro (MT-251) e Palmiro Paes de Barros (MT-040), que conectam a Capital aos municípios de Chapada dos Guimarães e Santo Antônio de Leverger, respectivamente.

 

 

Estrada será duplicada em Cuiabá. Foto:Divulgação/Sinfra-MT 

 


Estrada da Guia

O governador Pedro Taques autorizou Sinfra a executar, por meio do programa Pró-Estradas, a duplicação de 4,9 km do perímetro urbano da Rodovia Arquiteto Helder Cândia (MT-010), a popular Estrada da Guia. A região é uma das que mais crescem em Cuiabá.

Serão investidos mais de R$ 30 milhões em recursos do Pró-Turismo, programa gerido pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec-MT). A rodovia vai ter uma concepção moderna de engenharia, com previsão de construção de rotatórias e uma ciclovia no canteiro central. A obra deve ser finalizada em 2018.

A Estrada da Guia será duplicada entre o entroncamento com a Rodovia Emanuel Pinheiro (MT-251) e o trevo de acesso ao Rodoanel, que também terá a obra licitada em 2017.

A primeira fase de obras consiste em executar a recuperação funcional do atual pavimento da rodovia, que há muitos anos não recebia a manutenção devida. Em paralelo, será executada a duplicação no sentido Rodoanel-Cuiabá.

Nesta gestão, a Sinfra também executou a revitalização de outros 90 km da rodovia Helder Cândia, até a cidade de Rosário Oeste.

Trincheira Moderna

Será iniciada também a construção de uma trincheira de 365 metros de comprimento com 7.311 m². Ela será construída no entroncamento da 'Estrada da Guia' com a 'Estrada da Chapada'.

 

 

Obras serão feitas nas estradas do Estado. Foto: Reprodução/Governo-MT

 


A trincheira vai desafogar o trânsito no local, que é uma das principais saídas da Capital para a região norte do estado. Serão investidos mais de R$ 25 milhões na obra, com previsão de entrega também para o final de 2018.

Uma das principais rotas turísticas do Estado, a rodovia Emanuel Pinheiro (MT-251), a popular Estrada de Chapada, está com as obras em ritmo acelerado.

Com a previsão de ser concluída no final de 2017, a duplicação vai contemplar 3,6 quilômetros da pista, do entroncamento da MT-010 (Atacadão) até o trevo de acesso ao bairro Jardim Vitória (Fundação Bradesco).

Ao longo da duplicação das pistas, serão construídas uma ciclovia no canteiro central e quatro rotatórias. Serão investidos mais de R$ 23 milhões.

Na Estrada da Chapada, a Sinfra também já reconstruiu 10 km de asfalto, entre o trevo que dá acesso ao Lago do Manso e o Balneário Mutuca, que era considerado o pior trecho da via. Agora, o asfalto é de sete centímetros e com qualidade.  

Estrada para Leverger

Ainda dentro do pacote de obras do Pró-Estradas, está a duplicação da rodovia Palmiro Paes de Barros (MT-040), que já tem fomentado o fluxo turístico da região, e é uma porta de entrada para o Pantanal mato-grossense.

A obra corresponde a 23,16 quilômetros de duplicação, que vai do Cemitério Parque Bom Jesus até a entrada do município.

Além disso, está sendo recuperada a pista antiga, que se encontrava totalmente esburacada devido à má conservação de gestões anteriores. A expectativa é que a obra, de R$ 21 milhões, seja finalizada em dezembro de 2017.

Pró-Estradas Vale do Rio Cuiabá

Estas obras fazem parte do programa Pró-Estradas/Vale do Rio Cuiabá, um pacote de 66 intervenções em rodovias estaduais, com previsão para quatro anos, de investimento superior a R$ 1 bilhão oriundos de diversas fontes de recursos. As ações vão impactar diretamente a vida de 900 mil habitantes de 13 municípios.

O lançamento das obras marca os 70 anos da Sinfra-MT, que foi fundada em 30 de novembro de 1946 como Comissão de Estradas de Rodagem (CER-MT), conforme Decreto Lei 799/1946, na gestão do então governador José Marcelo Moreira.



 


Cidades

Governo de MT lança duplicação da Estrada da Guia

A Estrada da Guia será duplicada entre o entroncamento com a Rodovia Emanuel Pinheiro (MT-251)

Portal Amazônia, com informações do Governo de MT

jornalismo@portalamazonia.com


O Governo do Estado lança nesta quarta-feira (1º), a duplicação do perímetro urbano da Rodovia Arquiteto Helder Cândia (MT-010), na saída de Cuiabá para a região Norte. O ato também marca o início da construção de uma trincheira de 365 metros, localizada no entroncamento entre a 'Estrada da Guia' e a 'Estrada da Chapada'

Com o início desta obra, pela primeira vez na história a Baixada Cuiabana terá três duplicações sendo executadas simultaneamente. Isso porque, além da obra na MT-010, a Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra-MT) já tem trabalhado nas duplicações das rodovias Emanuel Pinheiro (MT-251) e Palmiro Paes de Barros (MT-040), que conectam a Capital aos municípios de Chapada dos Guimarães e Santo Antônio de Leverger, respectivamente.

 

 

Estrada será duplicada em Cuiabá. Foto:Divulgação/Sinfra-MT 

 


Estrada da Guia

O governador Pedro Taques autorizou Sinfra a executar, por meio do programa Pró-Estradas, a duplicação de 4,9 km do perímetro urbano da Rodovia Arquiteto Helder Cândia (MT-010), a popular Estrada da Guia. A região é uma das que mais crescem em Cuiabá.

Serão investidos mais de R$ 30 milhões em recursos do Pró-Turismo, programa gerido pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec-MT). A rodovia vai ter uma concepção moderna de engenharia, com previsão de construção de rotatórias e uma ciclovia no canteiro central. A obra deve ser finalizada em 2018.

A Estrada da Guia será duplicada entre o entroncamento com a Rodovia Emanuel Pinheiro (MT-251) e o trevo de acesso ao Rodoanel, que também terá a obra licitada em 2017.

A primeira fase de obras consiste em executar a recuperação funcional do atual pavimento da rodovia, que há muitos anos não recebia a manutenção devida. Em paralelo, será executada a duplicação no sentido Rodoanel-Cuiabá.

Nesta gestão, a Sinfra também executou a revitalização de outros 90 km da rodovia Helder Cândia, até a cidade de Rosário Oeste.

Trincheira Moderna

Será iniciada também a construção de uma trincheira de 365 metros de comprimento com 7.311 m². Ela será construída no entroncamento da 'Estrada da Guia' com a 'Estrada da Chapada'.

 

 

Obras serão feitas nas estradas do Estado. Foto: Reprodução/Governo-MT

 


A trincheira vai desafogar o trânsito no local, que é uma das principais saídas da Capital para a região norte do estado. Serão investidos mais de R$ 25 milhões na obra, com previsão de entrega também para o final de 2018.

Uma das principais rotas turísticas do Estado, a rodovia Emanuel Pinheiro (MT-251), a popular Estrada de Chapada, está com as obras em ritmo acelerado.

Com a previsão de ser concluída no final de 2017, a duplicação vai contemplar 3,6 quilômetros da pista, do entroncamento da MT-010 (Atacadão) até o trevo de acesso ao bairro Jardim Vitória (Fundação Bradesco).

Ao longo da duplicação das pistas, serão construídas uma ciclovia no canteiro central e quatro rotatórias. Serão investidos mais de R$ 23 milhões.

Na Estrada da Chapada, a Sinfra também já reconstruiu 10 km de asfalto, entre o trevo que dá acesso ao Lago do Manso e o Balneário Mutuca, que era considerado o pior trecho da via. Agora, o asfalto é de sete centímetros e com qualidade.  

Estrada para Leverger

Ainda dentro do pacote de obras do Pró-Estradas, está a duplicação da rodovia Palmiro Paes de Barros (MT-040), que já tem fomentado o fluxo turístico da região, e é uma porta de entrada para o Pantanal mato-grossense.

A obra corresponde a 23,16 quilômetros de duplicação, que vai do Cemitério Parque Bom Jesus até a entrada do município.

Além disso, está sendo recuperada a pista antiga, que se encontrava totalmente esburacada devido à má conservação de gestões anteriores. A expectativa é que a obra, de R$ 21 milhões, seja finalizada em dezembro de 2017.

Pró-Estradas Vale do Rio Cuiabá

Estas obras fazem parte do programa Pró-Estradas/Vale do Rio Cuiabá, um pacote de 66 intervenções em rodovias estaduais, com previsão para quatro anos, de investimento superior a R$ 1 bilhão oriundos de diversas fontes de recursos. As ações vão impactar diretamente a vida de 900 mil habitantes de 13 municípios.

O lançamento das obras marca os 70 anos da Sinfra-MT, que foi fundada em 30 de novembro de 1946 como Comissão de Estradas de Rodagem (CER-MT), conforme Decreto Lei 799/1946, na gestão do então governador José Marcelo Moreira.



 

TAG Mato GrossoCuiabaestradasobras