Publicidade

Arte

Home > Cultura > null

Com apresentações em Manaus, Teatro Móvel busca inspirar crianças a trabalhar com tecnologia

Realizado pela companhia Realejo, projeto vai levar apresentações gratuitas para 10 estados brasileiros

Redação

jornalismo@portalamazonia.com


Inspirar meninos e meninas a se interessarem pelo fascinante mundo das ciências e tecnologia. Esse é o objetivo do projeto Teatro Móvel, realizado pela Companhia Realejo, que vai passar pela capital amazonenses entre os dias 5 e 9 de agosto. A iniciativa percorre mais de 8,6 mil quilômetros rodados levando apresentações teatrais de forma gratuita para 10 cidades, em 10 estados brasileiros. 

 

Em Manaus, as apresentações vão ocorrer na Escola Municipal Hiran de Lima Caminha (Av Itaúba, 117 - Jorge Teixeira), de segunda a quarta-feira (5 a 7), e na Subsecretaria Municipal da Mulher (Conjunto Duque de Caxias na rua Araxá, 224 - Flores), na quinta e sexta-feira (8 e 9).

 

Foto: Gabriel Borghi/Divulgação

A peça conta a história de Luna e Lara, meninas imaginativas e inventivas. Num domingo, enquanto caminham rumo ao QG onde costumam se reunir para ter ideias, elas encontram um garoto, que sempre as desafia e questiona e faz mais uma provocação. 

 

Depois, já no QG, Luna bate a cabeça e vai parar num outro tempo-espaço. Ela acorda em um laboratório onde duas cientistas malucas e seu robô estão trabalhando. Ali, a garota conhece um mundo novo e descobre uma rede de mulheres inventoras que apresentam a ela um mundo de tecnologia e ciências.

 

O Teatro Móvel já passou, nas últimas semanas, por Salvador, Recife, João Pessoa, Natal, Teresina, São Luís e Belém. Depois de Manaus, o grupo segue para Cuiabá. Serão cerca de 160 apresentações durante o período, todas realizadas pela Companhia Realejo.

 

Em dois anos, o Teatro Móvel já levou cultura, arte e diversão para mais de 11 mil participantes de 15 cidades de 4 estados. Foram mais de 230 apresentações artísticas. O projeto, aprovado pela Lei de Incentivo à Cultura, é realizado pelo Ministério da Cidadania e pela Magma Cultura. Com patrocínio da Uber, a iniciativa integra a campanha Eu Consigo, projeto que busca inspirar as crianças a acreditarem no próprio potencial e se interessarem por tecnologia e ciência. A iniciativa conta também com o apoio das prefeituras municipais de cada cidade visitada.

 

Confira a programação em Manaus

 

- Segunda: 14h (apresentações teatrais)

- Terça: 8h30/10h/14h/15h30 (apresentações teatrais)

- Quarta: 8h30/10h/14h/15h30 (apresentações teatrais)

- Quinta: 8h30/10h/14h/15h30 (apresentações teatrais)

- Sexta: 8h30/10h (apresentações teatrais)

 

Foto: Gabriel Borghi/Divulgação

Cia. Realejo

 

A Cia. Realejo trabalha com criação de histórias autorais e com contação de obras importantes da literatura brasileira. O foco são narrativas protagonizadas ou escritas por mulheres, mas o grupo também transita por outros lugares. De forma lúdica, o grupo busca levar para o universo infantil temas contemporâneos, como igualdade de gênero, tecnologia, cidades, descobertas do universo infantil, etc. As artistas trabalham com texto, música e objetos cotidianos ressignificados, buscando a simplicidade estética no contar e apostando na potência do encontro entre elas e a plateia.

 

     
Arte

Com apresentações em Manaus, Teatro Móvel busca inspirar crianças a trabalhar com tecnologia

Realizado pela companhia Realejo, projeto vai levar apresentações gratuitas para 10 estados brasileiros


Inspirar meninos e meninas a se interessarem pelo fascinante mundo das ciências e tecnologia. Esse é o objetivo do projeto Teatro Móvel, realizado pela Companhia Realejo, que vai passar pela capital amazonenses entre os dias 5 e 9 de agosto. A iniciativa percorre mais de 8,6 mil quilômetros rodados levando apresentações teatrais de forma gratuita para 10 cidades, em 10 estados brasileiros. 

 

Em Manaus, as apresentações vão ocorrer na Escola Municipal Hiran de Lima Caminha (Av Itaúba, 117 - Jorge Teixeira), de segunda a quarta-feira (5 a 7), e na Subsecretaria Municipal da Mulher (Conjunto Duque de Caxias na rua Araxá, 224 - Flores), na quinta e sexta-feira (8 e 9).

 

Foto: Gabriel Borghi/Divulgação

A peça conta a história de Luna e Lara, meninas imaginativas e inventivas. Num domingo, enquanto caminham rumo ao QG onde costumam se reunir para ter ideias, elas encontram um garoto, que sempre as desafia e questiona e faz mais uma provocação. 

 

Depois, já no QG, Luna bate a cabeça e vai parar num outro tempo-espaço. Ela acorda em um laboratório onde duas cientistas malucas e seu robô estão trabalhando. Ali, a garota conhece um mundo novo e descobre uma rede de mulheres inventoras que apresentam a ela um mundo de tecnologia e ciências.

 

O Teatro Móvel já passou, nas últimas semanas, por Salvador, Recife, João Pessoa, Natal, Teresina, São Luís e Belém. Depois de Manaus, o grupo segue para Cuiabá. Serão cerca de 160 apresentações durante o período, todas realizadas pela Companhia Realejo.

 

Em dois anos, o Teatro Móvel já levou cultura, arte e diversão para mais de 11 mil participantes de 15 cidades de 4 estados. Foram mais de 230 apresentações artísticas. O projeto, aprovado pela Lei de Incentivo à Cultura, é realizado pelo Ministério da Cidadania e pela Magma Cultura. Com patrocínio da Uber, a iniciativa integra a campanha Eu Consigo, projeto que busca inspirar as crianças a acreditarem no próprio potencial e se interessarem por tecnologia e ciência. A iniciativa conta também com o apoio das prefeituras municipais de cada cidade visitada.

 

Confira a programação em Manaus

 

- Segunda: 14h (apresentações teatrais)

- Terça: 8h30/10h/14h/15h30 (apresentações teatrais)

- Quarta: 8h30/10h/14h/15h30 (apresentações teatrais)

- Quinta: 8h30/10h/14h/15h30 (apresentações teatrais)

- Sexta: 8h30/10h (apresentações teatrais)

 

Foto: Gabriel Borghi/Divulgação

Cia. Realejo

 

A Cia. Realejo trabalha com criação de histórias autorais e com contação de obras importantes da literatura brasileira. O foco são narrativas protagonizadas ou escritas por mulheres, mas o grupo também transita por outros lugares. De forma lúdica, o grupo busca levar para o universo infantil temas contemporâneos, como igualdade de gênero, tecnologia, cidades, descobertas do universo infantil, etc. As artistas trabalham com texto, música e objetos cotidianos ressignificados, buscando a simplicidade estética no contar e apostando na potência do encontro entre elas e a plateia.

 

     

TAG arteteatro movelcompanhia realejotecnologia