Manaus 30º • Nublado
Quarta, 05 Outubro 2022

Em que momento da vida você está?

A teoria dos septênios de Rudolf Steiner explica que, de tempos em tempos, somos cobrados por nós mesmos (ou seria pelo universo?) sobre o que estamos fazendo com a nossa vida e para onde estamos indo.

Viver de escrever II – A missão

Costumo dizer que eu não sou escritor, mas o meu anjo de guarda é. Não sei se é um bom escritor, mas escreve. Neste papel, eu sou o crítico primeiro de seus textos e, às vezes, tão rigoroso, que nem deixo ir adiante a ideia.

Viver de escrever

Além do dinheiro para pagar contas, o que ficará do seu trabalho diário? Será ele capaz de deixar alguma marca em um único leitor sequer?

O vício da reclamação

Reclamar é bom. Tão bom que vicia. Não é diferente de outras drogas que, justamente por proporcionarem um prazer imediato, nos induzem a não parar.

O jovem, o vento e a rainha

Qual é a minha missão? O que pode ser o meu propósito neste momento da minha vida? Qual é o meu maior sonho?

Uma pergunta inconveniente?

Se antes, apenas perto da morte, fazíamos questionamentos como: "afinal, o que eu fiz da minha vida?", hoje, suprido o básico, a necessidade de um propósito surge cada vez mais cedo, até mesmo entre os mais jovens.

Que nota eu dou para mim mesmo?

A questão não é que nota eu dou para a minha vida. Neste caso, estaria pensando qual o meu nível de satisfação com ela.

Felicidade: construção consciente ou efeito indireto?

Existem nuances que, observadas de perto, mostram que elas mais se complementam do que negam umas às outras

Trabalho e pago as minhas contas

Não é uma questão trivial ou fácil para a maioria das pessoas. O tempo e o dinheiro exigem que os tratemos de forma consciente, planejando, priorizando, organizando, escrevendo (não vale ter tudo na cabeça, um outro tipo de ilusão).

Confiar no processo

Em tese todos temos motivos para nos preocupar. Ou talvez, seja o contrário. A partir de certo ponto, depois de fazermos o que está ao nosso alcance, do que adiantaria a preocupação?

O Sacerdote

Após deixar a condição de profissional da igreja, Ronaldo ainda enfrentou um período em que parecia perdido. Teria ele deixado a sua missão para trás? Que sentido maior teria a sua vida a partir de então?

Como você cobra pelo seu trabalho?

Tieme refletiu profundamente e, aos poucos, como se estivesse fora dela mesma, as respostas começaram a surgir. Era justo cobrar. Era uma questão de equilíbrio e reciprocidade.

Felicidade - falta uma letra no ESG

A sigla representa empresas que exercem práticas comprometidas com o meio ambiente (E de environment, em inglês), sociais (S) e a governança (G). Mas quero fazer um novo grito. Falta uma letra no ESG.

Apanhar em casa para não apanhar na rua

Ela tinha desafios importantes no mercado, mas estava sofrendo pela política interna, própria de qualquer organização. Para ter sucesso, ela precisaria desenvolver competências diversas. Estava sendo aprimorada internamente para lidar com o mercado, onde existia a verdadeira batalha.

Tá na hora do Não?

Júlio Sampaio reflete sobre quando o uso do 'Não' é necessário. Em que momentos se deve usá-lo?

Maria ou Roberta, qual é o seu chapéu?

Empreendedores são seres complexos. São vários em um só. Haverá o momento de Maria e o tempo para a Roberta.

No que você é bom?

E quem é que diz para a pessoa quais são os seus objetivos? "O ideal é que ela mesma defina quais os seus objetivos, a partir do que ela entende ser a sua missão e do propósito que desenvolveu".

Você já quebrou?

Todos já quebraram. Eu também já quebrei. É possível que você também já tenha quebrado, caro leitor. E estamos de pé.

Com gravata ou sem gravata

Rituais e símbolos. Eles são mais importantes do que parecem e não se submetem necessariamente a uma lógica racional.

O que a vida espera de você, neste momento?

O ano, 2020, o da pandemia. Negócios morreram antes de abrir, casamentos foram transferidos, sonhos, adiados ou cancelados. O que a vida espera de mim e de você, caro leitor?