Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Sábado, 08 Mai 2021

Diretoria da Festa de Nazaré divulga os roteiros das procissões para o Círio 2019

Durante o período da quadra nazarena as procissões em homenagem à Nossa Senhora de Nazaré tomam conta da cidade de Belém. São anos de tradição das 12 romarias que fazem parte da grande celebração do Círio.


Por isso, na noite de quarta-feira, 2, Diretoria da Festa de Nazaré (DFN) divulgou os roteiros dos percursos das procissões. Segundo a Diretoria de Procissões, mais de 25 mil servidores que fazem parte de órgãos municipais, estaduais, federais, Forças Armadas e Guardas da Santa estão integrados para garantir a segurança e organização dos trajetos.


Os trabalhos desenvolvidos durante as romarias são de fechamento de via, primeiros- socorros, segurança dos devotos e da berlinda, organização do trânsito, das linhas de ônibus, entre outros que auxiliam na organização e segurança de toda a cidade.


Foto:Divulgação/Agência Belém


Segurança


O inspetor da Guarda Municipal de Belém (GMB), Antônio Carlos Tavares, disse que para a essa entidade, o Círio começou em agosto, com o planejamento de ações. "A Guarda atuará em todas as procissões, com aproximadamente 1000 servidores utilizando viaturas, moto patrulhamento, policiamento a pé. Tudo isso para garantir a segurança dos romeiros, dos turistas e a manutenção do nosso patrimônio público", destalhou o inspetor.


As ações da GMB terão início na sexta-feira, 11, no traslado da imagem de Nossa Senhora de Nazaré para Ananindeua. Nas principais procissões, Trasladação e Círio, um efetivo de 260 homens fará a segurança, sendo 180 na Trasladação e 80 no Círio. Almir Ferreira, inspetor geral da GMB destaca a união das forças e dos órgãos da Prefeitura de Belém para que a atuação seja positiva.  “A integração faz toda a diferença, visto que, milhares de pessoas estarão sob nossos cuidados. Tudo foi planejado para que tenhamos êxito na missão”, destacou.


O inspetor geral recomenda aos romeiros medidas preventivas para a própria segurança. “Pedimos que a população evite usar celular, objetos que chamem a atenção e também em situação de risco não reaja e procure um agente da lei ou ligue 153, nosso disque denúncia”, destaca.     


Trânsito


A Superintendência de Mobilidade Urbana (SeMOB) irá iniciar o fechamento das avenidas Presidente Vargas e Nazaré, que se inicia na manhã de sábado, 12, para a Motorromaria, e as vias assim permanecem até o final da Trasladação. Para evacuar a pista e dar segurança aos romeiros, a SeMOB lembra aos motoristas que não estacionem no trajeto da procissão.


Quem permanecer no local terá o veículo removido para a área de estacionamento localizado atrás da sede da Prefeitura de Belém, no Palácio Antônio Lemos, e poderão ser resgatados por seus proprietários sem ônus algum.


O trafego será liberado na avenida Generalíssimo Deodoro, no cruzamento com a avenida Nazaré; na travessa Quintino Bocaiúva, para cruzar para as avenidas Braz de Aguiar e Nazaré; e na travessa Padre Eutíquio com a rua Gama Abreu.


A liberação não dará acesso ao percurso do Círio, apenas às transversais, para dar mobilidade ao tráfego, e os cruzamentos voltarão a ser fechados a partir da meia-noite de domingo, 13, nos preparativos para a grande procissão do domingo.


O diretor de procissão do Círio, Antônio Silva, disse que as equipes estão alinhadas para um Círio tranquilo. "Estamos trabalhando para garantir que as romarias não atrasem, que ninguém se machuque e tudo ocorra bem", disse o diretor.


Procissões


1 - Traslado para Ananindeua (maior procissão em quilômetros)

Data: sexta-feira, 11

Saída: Basílica Santuário, às 8h.

Chegada: Igreja Matriz de Ananindeua.

Percurso: 47 km, pelas cidades de Marituba, Ananindeua e Região Metropolitana de Belém.

Duração média: 10h

 

2 - Romaria Rodoviária

Data: Sábado, 12

Saída: Igreja Matriz de Ananindeua, às 5h30.

Chegada: Trapiche de Icoaraci

Percurso: 24 km

Duração média: 3h

 

3 - Romaria Fluvial

Data: Sábado, 12.

Saída: Distrito de Icoaraci (trapiche de Icoaraci).

Chegada: escadinha do cais do porto.

Percurso: 10 milhas marítimas (aproximadamente 18.500 quilômetros).

Duração média: 2h.

 

4 - Moto Romaria

Data: sábado, 12.

Saída: escadinha do cais do porto.

Chegada: colégio Gentil Bittencourt.

Percurso: 2,5 km.

Duração média: 1h.

 

5 - Trasladação

Data: sábado, 12.

Saída: colégio Gentil Bittencourt, às 17h30

Chegada: Igreja da Sé.

Percurso: 3,7 km.

Duração média: 5h.

 

6 - Círio de Nazaré (principal procissão)

Data: domingo, 13.

Saída: Igreja da Sé, às 7h.

Chegada: Basílica Santuário.

Percurso: 3,6 km.

Duração média: 6h.

 

7 - Ciclo Romaria

Data: sábado, 19.

Saída: Praça Santuário, às 8h.

Chegada: Praça Santuário.

Percurso: 14 km.

Duração média: 2h.

 

8 - Romaria da Juventude

Data: sábado, 19.

Saída: Igreja Matriz de Santo Antônio de Lisboa (Centrão), às 16h

Chegada: Praça Santuário.

Percurso: 3,5 km

Duração média: 3h.

 

9- Romaria das Crianças

Data: domingo, 20.

Saída: Praça Santuário, às 8h

Chegada: Praça Santuário.

Percurso: 2,8 km

Duração média: 2h.

 

10 - Romaria dos Corredores

Data: sábado, dia 26.

Saída: Praça Santuário, às 5h30

Chegada: igreja da Sé.

Percurso: 7 km

Duração média: 2h

 
11 - Procissão da Festa


Data: domingo, 27.

Saída: Comunidade São Brás, às 8h.

Chegada: Catedral da Sé.

Percurso: 1,9 km.

Duração média: 2h

 

12 - Recírio

Data: segunda-feira, 28.

Saída: Praça Santuário, às 7h.

Chegada: Praça Santuário.

Percurso: 700 metros.

Duração média: 1h.

Círio de Nazaré: versão 2019 do aplicativo 'Kd a Berlinda' já está disponível

A Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Pará (Prodepa) vai disponibilizar a partir desta segunda-feira (30) a versão 2019 do aplicativo de navegação online “Kd a Berlinda”, que monitora em tempo real as 12 romarias oficiais do Círio de Nossa Senhora de Nazaré.



Lançado em 2012, o aplicativo permite que o usuário saiba a localização exata da berlinda que leva a imagem peregrina de Nossa Senhora de Nazaré. O app está disponível de forma gratuita em três plataformas: Android, iOS (Iphone e Ipad) e navegador web. Em 2018 foram registrados 600 mil acessos e a  expectativa para este ano é que esse número suba para 800 mil até o final da programação.


A versão 2019 inclui entre suas principais novidades um banco de imagens de cartazes do Círio para baixar; fotos em tempo real das procissões; novo design e melhorias em seu desempenho.

Foto: Divulgação



O presidente da Prodepa, Marcos Brandão explica que o aplicativo é um grande sucesso porque presta um importante serviço aos paraenses e turistas. “Em meio a grandiosidade desse evento que é um dos mais importantes para o Estado do Pará, seja para a cultura, para a fé, como também para a economia local, é muito importante ajudar quem precisa encontrar a imagem peregrina”, destaca.



Hitoshi Yanaguibachi, um dos responsáveis pelo desenvolvimento do sistema, explica que o “Kd a Berlinda" surgiu com o objetivo de facilitar a vida dos romeiros do Círio. “A Prodepa, como órgão de tecnologia do Estado, precisa oferecer para o cidadão facilidades para poder acessar esses eventos de forma mais cômoda. Muitas vezes a pessoa não tem condições de ir ao Círio, mas quer acompanhar o que está acontecendo na festividade de onde estiver”.



Todas essas novidades visam atrair cada vez mais os turistas como explica o diretor de Desenvolvimento de Sistemas, Gustavo Costa. “Para nós a principal importância do aplicativo é a de divulgar e incentivar o turismo religioso no Estado com as principais informações sobre esse grande momento de fé que atrai milhares de pessoas com muito mais informação e interatividade”.



O serviço possui ainda outras  funcionalidades que foram aprimoradas: mapa de navegação com localização em tempo real, percursos e pontos de referência (com opção de traçar rotas de qualquer local até eles); agenda completa com locais de partidas/chegadas e horários de procissões e romarias oficiais; link de redirecionamento para transmissão ao vivo (via streaming da Prodepa) pela tv e rádio Cultura; tradução para Inglês; notificações push com alertas para atualizar de tudo que acontece sem que precise desbloquear o celular ou clicar para acessar o app; histórico e um tutorial de uso.




Como funciona o App "Kd a Berlinda'':



- O aplicativo é um sistema georreferenciado onde as coordenadas de localização da berlinda são capturadas por GPS, em tempo real, permitindo aos romeiros e fiéis acompanharem o trajeto percorrido e o tempo de cada procissão.
- O aplicativo foi lançado em outubro de 2012 e já recebeu diversas atualizações e está disponível nas plataformas Android e IOS. Além disso, está disponível em Português e Inglês.
- Dentre as funcionalidades, é possível localizar a berlinda, acompanhar a romarias, assistir ao vivo a transmissão, o histórico de onde a berlinda já passou e um tutorial de como usar o aplicativo.
- Com ele, é possível verificar, também, outras opções de trajeto, o que auxilia o usuário a ir de um ponto a outro, não necessariamente onde a berlinda esteja.
- No site do Kd a Berlinda, acessível por qualquer dispositivo móvel ou computador, é possível acompanhar o trajeto percorrido. São usadas aplicações ajustáveis, que se adaptam ao tamanho da tela. A página é acessada com todas as funcionalidades, independente do dispositivo usado, seja computador, tablet ou celular.

Edição de Círio do "Vem pra Feira" terá patos a venda em vários pontos de Belém

A compra e venda patos e demais ingredientes para o Círio de Nazaré – uma das maiores manifestações religiosas católicas do mundo – já é uma tradição na capital paraense. Pensando nisso, o projeto "Vem Pra Feira" vai comercializar, além das tradicionais hortaliças, artesanatos e peças em marcenaria, os patos abatidos. As vendas serão feitas durante os dias 3, 4 e 5 de outubro em três locais: sede da Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado do Pará (Susipe), no Museu Emílio Goeldi e no Jardim Universitário, respectivamente.
Foto:Divulgação/Agência Pará

O "Vem pra Feira" é resultado do Projeto Nascente, que capacita os internos da Colônia Penal Agrícola de Santa Isabel (CPASI) no trabalho com a agricultura familiar e oferece a oportunidade de remir penas por meio do trabalho. Além de alimentos mais saudáveis, a feira oferece produtos em média 20% mais baratos em relação ao preço dos supermercados da cidade. Os patos serão vendidos por R$ 25 reais.


“Esse tipo de ação valoriza o trabalho realizado pelo interno, porque é uma forma de mostrar à sociedade que dentro do cárcere há trabalho e produção. A maioria das pessoas desconhece as ações e projetos que a Susipe promove para a ressocialização dos reeducandos”, disse Ruth Benassuly, coordenadora de trabalho e produção da Diretoria de Reinserção Social (DRS) da Susipe.


Para o diretor de Reinserção Social (DRS) do órgão, Belchior Machado, o principal viés do "Vem pra Feira" é a reinserção social dos apenados. "Os internos que participam desse projeto recebem a remição da pena: cada três dias trabalhados resultam em um dia de remição de pena. Além disso, os internos vão ter um ofício quando saírem do sistema penitenciário, o valor que eles recebem por estarem cadastrados nesses projetos é revertido e dividido entre eles, a família e o governo. Os produtos feitos pelos intentos são muito bem recebidos pela população", explica.


Serviço:


"Vem pra feira - Sede da Susipe"
Data: 3 de outubro de 2019
Local: Sede da Susipe, localizada na rua dos Tamoios, nº 1952, bairro Batista Campos.
Hora: 7h


"Vem pra feira - Museu Emílio Goeldi"
Data: 4 de outubro de 2019
Local: Museu Emílio Goeldi
Hora: 7h


"Vem pra feira - Jardim Universitário"
Data: 5 de outubro de 2019
Local: Residencial Jardim Universitário, av. Perimetral 07, Guamá.
Hora: 7h

Corda oficial do Círio 2019 estará em exposição na Estação das Docas

Pela primeira vez a Estação das Docas receberá a corda oficial que será utilizada na procissão do Círio de Nossa Senhora de Nazaré 2019. Os paraenses e turistas que visitarem o complexo poderão ver de perto este que é um dos mais importantes símbolos da fé paraense. A corda chegará ao complexo por volta das 18h, após passar por vistoria da Diretoria da Festa de Nazaré e da Guarda de Nazaré. O percurso terá o apoio da Polícia Militar do Estado do Pará, que fará a segurança do símbolo.


Antes de ser enviada até a Estação das Docas, no sábado (28), a Diretoria da Festa de Nazaré e a Guarda de Nazaré realizam uma inspeção geral na Corda do Círio e Trasladação, a partir das 14h. A vistoria será realizada no colégio Santa Catarina de Sena, em Nazaré, e visa checar detalhes do ícone da festa de Nazaré, como argolas, nós e estações, para garantir a segurança dos promesseiros. Também será verificado se os 800 metros da corda estão em perfeitas condições para serem usados nas procissões. O teste de resistência já foi feito pela empresa que produziu a corda.

Foto:Divulgação/Guarda de Nazaré
Logo em seguida os 400 metros de Corda, que serão utilizados na procissão do Círio, no dia 13 de outubro, seguirão em direção ao Armazém 2 da Estação das Docas, escoltados pela PMPA. Enquanto isso, o Coral e Ministério de Música da Guarda de Nazaré estarão no complexo animando os fiéis que aguardam a chegada da corda.


O momento é um marco dentro das programações em homenagem ao Círio, que realiza pela primeira vez na Estação das Docas a exposição da Corda e também a exposição fotográfica da Guarda de Nazaré, aberta para visitação nesta quarta-feira, 26.


É uma grande honra para a Pará 2000 receber a Corda do Círio de Nazaré, que é um dos símbolos da grande fé do povo paraense, e assim poder proporcionar esta exposição que criará um momento especial para os devotos. Aproveito para agradecer todos os parceiros que tornaram esta exposição possível, que este seja o primeiro ano de muitos, que a Corda na Estação das Docas nos dias que antecedem a procissão torne-se uma nova tradição”, comenta o diretor presidente da Organização Social Pará 2000, José Dantas Junior.


“A Estação das Docas é um ponto crucial para a logística, pois no Círio estendemos a corda em frente ao complexo e como ela estará em exposição no complexo agilizará o nosso trabalho. Além do fato de mostrar ao público de perto este ícone, que muitos não conseguem nem chegar próximo ou até mesmo ver, considerando que são cerca de 7 mil romeiros na corda do Círio”, avalia o diretor de procissões do Círio de Nossa Senhora de Nazaré, Antônio Souza.


Histórico


A corda passou a fazer parte do Círio em 1855, quando uma enchente da Baía do Guajará alagou a orla desde próximo ao Ver-o-Peso até as Mercês, no momento da procissão, fazendo com que a berlinda ficasse atolada e os bois não conseguissem puxá-la. Os animais então foram desatrelados e um comerciante local emprestou uma corda para que os fiéis puxassem a berlinda. Desde então, foi incorporada às festividades e passou a ser o elo entre Nossa Senhora de Nazaré e os fiéis.
A exposição da Corda do Círio 2019 é uma realização do Governo do Pará através da Organização Social Pará 2000, que administra a Estação das Docas com apoio da Diretoria da Festa de Nossa Senhora de Nazaré, da Guarda de Nossa Senhora de Nazaré e da Polícia Militar do Estado do Pará.

Foto:Divulgação

Serviço


Exposição da Corda do Círio 2019 – Armazém 2 – De 28/09 a 12/10


Exposição fotográfica “Guarda de Nazaré - 45 anos de amor e fé” – Armazéns 1 e 2 – De 26/09 a 20/10


*Programação gratuita


Horário de funcionamento da Estação das Docas:


Segunda e terça – 10h às 00h
Quarta – 10h às 01h
Quinta, sexta e sábado – 10h às 02h
Domingo – 9h às 00h


No período do Círio os horários serão alterados, conforme abaixo:


Dia 11/10 (sexta) – 10h às 02h
Dia 12/10 (sábado) – 8h às 16h (neste dia o estacionamento abre às 06h da manhã)
Dia 13/10 (domingo) – 16h às 00h


Círio de Nazaré já movimenta a programação da Estação das Docas, em Belém

Belém já vivencia o clima do Círio de Nazaré, e a Estação das Docas, um dos principais complexos turísticos do Pará, já elaborou uma programação especial para o período da festividade. Já a partir de quinta-feira (26) até o último domingo de setembro (29), a Estação receberá duas exposições com a temática do Círio, além de vários eventos culturais, incluindo música e teatro. Toda a programação será gratuita.
Foto:Divulgação/Agência Pará

Dia 26 - Quinta-feira


A programação será aberta com a Exposição Fotográfica da Guarda de Nossa Senhora de Nazaré, que poderá ser visitada até 20 de outubro, a partir das 10 h, nos armazéns 1 e 2.


Ainda no dia 26 de setembro, o Coral Vou Festejar interpretará grandes clássicos do samba dentro do Projeto Uepa (Universidade do Estado do Pará) na Estação. O repertório inclui obras de Almir Neto, Fundo de Quintal, Zeca Pagodinho, Diogo Nogueira, Bezerra da Silva e outros. O show será na orla, às 17 h.


Dia 27 - Sexta-feira


O carimbó tomará conta da Estação no Projeto Pôr do Som. E quem fechará a temporada de setembro é o Grupo Amazônia, com apresentação na orla, das 18h30 às 20h.


Dia 28 - Sábado


Abertura da Exposição da Corda do Círio 2019. Um dos maiores símbolos do Círio de Nazaré, a corda poderá ser vista no armazém 2 até o dia 12 de outubro, véspera da grande procissão. Na madrugada do dia 13, será levada para a Catedral, de onde sai a maior das 12 romarias.


Tanto a Exposição Fotográfica da Guarda quanto a Exposição da Corda ficarão abertas ao público no horário de funcionamento da Estação das Docas, que nos dias 12 e 13 de outubro será alterado devido à Trasladação e ao Círio.


Dia 29 - Domingo


Para fechar a programação do fim semana, a Estação terá música e teatro. Karla Pessoa será responsável pela contação de história “Círio de Nazaré, a Festa da Fé”, no Projeto Teatro ao Pôr do Sol. Na ocasião, as crianças também poderão participar de uma oficina de confecção de dedoches inspirados em N. Sra. de Nazaré, às 16 h, no armazém 2. Também no domingo se apresentarão os músicos Diego Cavaco e Jade Lima, no palco montado entre os armazéns 1 e 2, a partir das 17 h.

Foto: Divulgação/Agência Pará

Todas as programações culturais são gratuitas.


Horário de funcionamento da Estação das Docas nos dias de romarias do Círio de Nazaré:


Dia 11/10/19 (sexta-feira): Abertura às 10h e fechamento às 2 h
Dia 12/10/19 (sábado): Abertura às 8h e fechamento às 16 h - O estacionamento abrirá às 06 h.
Dia 13/10/19 (domingo): Abertura às 16h e fechamento à meia-noite.
Dia 14/10/19 (segunda-feira): Abertura às 10h e fechamento à meia-noite.


Círio 2019: corda que será usada por devotos durante romarias já está em Belém

Um dos mais importantes ícones da grande festa de Nossa Senhora de Nazaré chegou à Belém nesta quinta-feira (19), a corda utilizada nas duas principais procissões oficiais da Festa de Nazaré: a Trasladação e o Círio. São 800 metros de comprimento, 50 milímetros de diâmetro que serão divididos em dois pedaços de 400 metros, um para cada romaria. O material é sisal.
Foto:Divulgação/Guarda de Nazaré

A corda foi recebida por integrantes da Diretoria da Festa de Nazaré e pelo o Reitor da Basílica Santuário e Presidente da Festa de Nazaré, Padre Luiz Carlos Maria Nunes Gonçalves, que realizou uma benção final. Na oportunidade, o coordenador da Diretoria de Procissões da DFN, Antônio Sousa, relembrou a importância da Campanha “Não Corte a Corda” para que os romeiros cumpram suas promessas com segurança.


“Pedimos todos os anos a conscientização sobre este tipo de atitude, pois é preciso respeitar a fé de cada um. Quando a corda chega à Praça Santuário ela é desatrelada à berlinda e neste momento a DFN a entrega aos promesseiros. Você prejudica a procissão, corre o risco de algum acidente acontecer. É necessário respeitar este momento que representa a imensidão da fé paraense”, disse.


O próximo passo será a tradicional aferição da corda que acontecerá no próximo dia 29 de setembro, no Colégio Santa Catarina.


O ícone foi produzido em Santa Catarina, pela empresa Itacorda, e custeada por um doador, transportada novamente este ano pela Empresa Expresso Vida Transporte, que também doa o serviço.

Foto:Divulgação/Guarda de Nazaré

Este ano, a novidade é que a corda ficará em exposição no museu Memória de Nazaré. O espaço funciona de segunda a sexta-feira, das 9h às 12h e das 14h às 18h. Aos Sábados, domingos e feriados, sob agendamento.


Histórico


A corda passou a fazer parte do Círio em 1885, quando uma enchente da Baía do Guajará alagou a orla desde próximo ao Ver-o-Peso até as Mercês, no momento da procissão, fazendo com que a berlinda ficasse atolada e os cavalos não conseguissem puxá-la. Os animais então foram desatrelados e um comerciante local emprestou uma corda para que os fiéis puxassem a berlinda. Desde então, foi incorporada às festividades e passou a ser o elo entre Nossa Senhora de Nazaré e os fiéis.

Número de turistas no Círio 2019 pode ser maior que o registrado no ano passado, diz Dieese

Cerca de 83 mil pessoas. Essa é a estimativa, feita pelo Dieese Pará - Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos, do número de visitantes no Círio 2019. O número representa um aumento de aproximadamente 3% em relação ao registrado no mesmo período de 2018.

Inscrições para voluntários do Círio de Nazaré 2019 no Amapá estão abertas

Iniciou nesta segunda-feira (15) e segue até dia 15 de agosto, o período de inscrições para voluntários do Círio de Nazaré 2019, no Amapá. São 400 vagas disponíveis para as equipes da guarda e acolhida da Virgem.


Romaria das Crianças sairá neste domingo pelas ruas de Belém; veja rota

Neste domingo (21), mais uma Romaria das Crianças vai às ruas do entorno da Basílica Santuário em Belém do Pará, comemorando sua 28ª edição. A procissão reúne, todos os anos, milhares de crianças, pais e idosos para homenagear a Rainha da Amazônia.

A saída será às 8h, da Praça Santuário, logo após a celebração da missa, na Basílica Santuário, que será presidida pelo arcebispo metropolitano Dom Alberto Taveira Corrêa.

Nesta romaria, a Imagem Peregrina é conduzida no carro da Romaria das Crianças acompanhada de mais quatro carros dos Anjos – ícones da Grande Procissão do Círio de Nazaré. “Este ano teremos como novidade um trio elétrico que proporcionará com que as crianças tenham uma maior participação cantando as músicas cirianas ao longo do percurso, já que percebemos que com as caixas disponibilizadas na rua ao longo do percurso a dispersão era maior”, ressalta Antônio Souza, diretor de procissões.
Foto: Divulgação/Basílica Santuário
Crianças do Hospital Ophir Loyola, em Belém, também participarão da romaria, que busca iniciar os pequenos na tradição da Fé Mariana.

Segundo o Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese) e a Diretoria da Festa de Nazaré, a Romaria com a Imagem da Virgem de Nazaré deverá percorrer o percurso em aproximadamente 2h. Para este ano, a estimativa de participação é de cerca 250 mil pessoas, entre crianças e adultos, já que tem ocorrido um crescimento do número de idosos, que encontram na Romaria das Crianças um momento mais tranquilo e rápido para prestar suas homenagens a Nossa Senhora de Nazaré.

A Romaria das Crianças percorrerá a Av. Nazaré, Tv. 14 de março, Av. Governador José Malcher, Tv. Dr. Moraes, retornando para a Av. Nazaré e à Praça Santuário. Desde 2010, o percurso da procissão passou de 3,7 Km para 2,9 Km, para proporcionar uma caminhada menos cansativa ao maior público da romaria, que é formado por crianças.

Foto: Divulgação
A primeira Romaria das Crianças foi realizada em 21 de outubro de 1990, com cerca de 1.500 participantes. Até o ano passado era a terceira maior procissão em número de participantes, mas este ano o Dieese prevê o mesmo quantitativo de público para as romarias rodoviária e das crianças.

O Círio 2018

O Círio de Nazaré é uma realização da Arquidiocese de Belém, Basílica Santuário de Nazaré, Diretoria da Festa de Nazaré, Governo do Estado do Pará e Prefeitura de Belém.

Círio 2018: Romaria da Juventude sairá neste sábado pelas ruas de Belém

Jovens das paróquias e comunidades da Arquidiocese de Belém, com organização da Diretoria da Festa de Nazaré, promovem neste sábado (20), às 16 horas, a 18ª Romaria da Juventude. A Romaria é uma das procissões oficiais que todos os anos têm um percurso diferente e este ano sairá da Igreja Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, no Telégrafo, com chegada à Praça Santuário. A missa que antecede começa às 15h.

A procissão percorrerá cerca de 4,6 Km, passando pela Rodovia Arthur Bernardes, avenida Pedro Álvares Cabral, travessa Dom Pedro I e avenida Generalíssimo até chegar na avenida Nazaré, com percurso que deve ter duração de 3h, aproximadamente, encerrando por volta de 19h.
Foto: Divulgação/Fundação Nazaré de Comunicação
A Romaria da Juventude é um momento para os jovens homenagearem Nossa Senhora de Nazaré e, este ano, com o tema central do Círio 2018
“Uma jovem chamada Maria”, a Diretoria da Festa e a Arquidiocese de Belém procuram contribuir justamente para essa consciência a respeito do tema da juventude, a importância da Juventude na Igreja e os processos de evangelização que precisam ser percorridos. Segundo dados o Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese), a Romaria da Juventude deste ano deve ter cerca de 30 mil participantes.

História

A Romaria da Juventude começou em 2001, com a procissão saindo da Comunidade São Braz, seguindo pela Av. Castelo Branco, Av. Conselheiro Furtado, Trav. 14 de Abril, Alameda Dom Alberto Ramos até o Altar Monumento da Praça Santuário.

O Círio 2018

O Círio de Nazaré é uma realização da Arquidiocese de Belém, Basílica Santuário de Nazaré, Diretoria da Festa de Nazaré, Governo do Estado do Pará e Prefeitura de Belém.

Círio Musical começa neste domingo

O Círio Musical 2018 acontecerá a partir deste domingo, 14 de outubro, durante as próximas 15 noites da quadra Nazarena, sempre às 20h30, na Concha Acústica da Praça Santuário, em Belém do Pará. Este ano, Anjos de Resgate, consagrados nacionalmente no meio gospel, se apresentará na primeira noite, abrindo a programação cultural do Círio 2018.

História do Círio Musical

Na primeira edição do Círio Musical, realizada em 2005, a programação durou três dias e contou com a presença de três artistas católicos nacionais. Desde 2006, o evento acontece durante toda a quadra nazarena, contando com 15 atrações.

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO DAS 15 NOITES DE CÍRIO MUSICAL 2018:


14/10 (Dom) – Anjos de Resgate
15/10 (Seg) – Davidson Silva
16/10 (Ter) – Adriana Arydes
17/10 (Qua) – Ministério Seráfico
18/10 (Qui) – Lucinha Bastos
19/10 (Sex) – Eliana Ribeiro
20/10 (Sáb) – Tony Alisson
21/10 (Dom) – Semente do Verbo
22/10 (Seg) – Cristo Alegria
23/10 (Ter) – Banda Caju
24/10 (Qua) – Diego Fernandes
25/10 (Qui) – Ana Gabriela // Suely Façanha
26/10 (Sex) – Adoração e Vida
27/10 (Sáb) – Missionário Shalom
28/10 (Dom) – Pastoral da Juventude

O Círio 2018

O Círio de Nazaré é uma realização da Arquidiocese de Belém, Basílica Santuário de Nazaré, Diretoria da Festa de Nazaré, Governo do Estado do Pará e Prefeitura de Belém.

Belém reúne milhares de romeiros no Círio de Nazaré 2018

A cidade de Belém do Pará celebrou neste domingo (14) um dos maiores atos religiosos do mundo: o Círio de Nazaré. A 226ª edição da romaria foi precedida de uma missa na Catedral Metropolitana, celebrada pelo arcebispo de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa. A procissão percorreu 3,6 quilômetros, entre a Catedral e o Santuário de Nazaré, reunindo milhares de fiés, que pagavam promessas e agradeciam por bênçãos recebidas.
Foto: Divulgação/Prefeitura de Belém

Ao longo de cinco horas, a berlinda com a imagem de Nossa Senhora de Nazaré foi saudada com chuva de papeis picados do alto dos edifícios, foguetório, canções religiosas e orações. Desde 2014, o Círio de Nazaré é Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade, certificado concedido pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).

Em vários pontos do percurso, os católicos disputaram um espaço na corda das promessas que conduz a romaria. Para conseguir um lugar privilegiado é preciso chegar de madrugada na Praça da Catedral. Neste ano, a missa campal começou às 6h, e a procissão saiu logo após o encerramento, por volta das 7h. 
Foto: Divulgação/Círio de Nazaré
Tapete vermelho

Outros romeiros percorreram de joelhos trechos da procissão, amparados em cabos de madeiras ou por familiares e amigos, para agradecer a interseção de “Nazinha”, como a santa é carinhosamente chamada pelos paraenses.

Ao longo do trajeto, os fieis saudaram a Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Nazaré: “Viva a Rainha da Amazônia”.

Por volta do meio-dia a imagem de Nossa Senhora chegou à Praça do Santuário, onde fieis se acumulavam para homenageá-la. “Vem, Maria, vem. Vem nos ajudar”, entoavam os religiosos. Um tapete vermelho foi estendido até a entrada do templo para receber a imagem.

O Círio de Nazaré acontece anualmente no segundo domingo de outubro.

Círio Fluvial: Nossa Senhora de Nazaré nas águas da baía do Guajará; confira percursos

O chamado “Círio das Águas”, a terceira Romaria oficial do Círio 2018, seguirá a correnteza e o vento da baía do Guajará, em Belém, com o acompanhamento de barcos e balsas. Assim é realizada há mais de 30 anos, uma das romarias mais peculiares da região amazônica em homenagem à virgem de Nazaré: a Romaria Fluvial. Ela inicia por volta das 9h no Trapiche de Icoaraci com destino à escadinha do Cais do Porto, na Praça Pedro Teixeira, em Belém.

Nesta procissão, a Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Nazaré é conduzida em uma redoma de vidro na Corveta da Marinha, Garnier Sampaio, cuidadosamente decorada há anos por Simone Cosme. Embarcações de vários tamanhos e todas enfeitadas acompanham a Imagem de Maria.
Foto: Divulgação
Até agora, a Capitania dos Portos confirmou a inscrição de 335 embarcações na procissão. O percurso será de aproximadamente 10 milhas marítimas (equivalente a 18,5 km). Na chegada, a Imagem Peregrina é recebida com honras de Chefe de Estado pela Polícia Militar. A tradição ocorre desde 1999, em função da Lei Estadual nº 4.371, de 15 de dezembro de 1971, que proclamou a Virgem de Nazaré, Padroeira do Pará, Rainha da Amazônia e merecedora dessa grande homenagem. A primeira edição desta procissão foi realizada pela então Companhia Paraense de Turismo, em 1986. 

O Círio 2018

O Círio de Nazaré é uma realização da Arquidiocese de Belém, Basílica Santuário de Nazaré, Diretoria da Festa de Nazaré, Governo do Estado do Pará e Prefeitura de Belém.

Transmissões

O Canal Amazon Sat, em parceria com a TV Nazaré, transmite a romaria principal do Círio de Nazaré, neste domingo (14), a partir das 7h (horário de Manaus), para toda a Amazônia; confira os canais:

Macapá (AP) - Canal 29.1
Porto Velho (RO) - Canal 22.1
Manaus (AM) - Canal 44.1
Boa Vista (RR) - Canal 23.1
Rio Branco (AC) - Canal 31.1 

Romaria Rodoviária do Círio 2018 inicia a partir das 5h30; veja percurso

Neste sábado (13),  após a Missa na Igreja Matriz de Nossa Senhora das Graças, em Ananindeua, no Pará, terá inicio a segunda das quatro procissões que acontecem na véspera do Círio, a Romaria Rodoviária.

Durante a procissão, a Imagem Peregrina da Virgem de Nazaré será conduzida da Praça Matriz de Ananindeua até o Trapiche de Icoaraci para a saída do Círio Fluvial. O percurso da Romaria é de aproximadamente 24 quilômetros, o segundo maior das 12 procissões oficiais do Círio de Nazaré.

Com saída prevista para 5h30 (horário de Belém), a Romaria Rodoviária é organizada pela Diretoria da Festa com a colaboração da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e outros órgãos públicos. Esse formato de organização é realizado desde o ano 2000, com tempo médio de três horas de percurso.

Enquanto a Romaria segue para Icoaraci, uma missa preparatória para o Círio Fluvial é celebrada no Trapiche. Esta celebração será presidida pelo Bispo Auxiliar de Belém, Dom Irineu Roman, às 7h. A previsão da diretoria de procissões é que até às 8h30 a Imagem Peregrina chegue ao Distrito Icoaraci, para seguir rumo à Praça Pedro Teixeira, na Estação das Docas, chegada do Círio Fluvial.
Foto: Divulgação
Histórico

A Romaria Rodoviária foi criada pelo Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas (Sindicarpa), no dia 7 de outubro de 1989. A primeira e a segunda romaria saíram do Monumento da Cabanagem no Entroncamento. A 3ª, em 1991, ainda saiu do Terminal de Cargas. Só a partir de 1992 que a saída passou a ser feita da Igreja Matriz de Ananindeua.

O Círio 2018

O Círio de Nazaré é uma realização da Arquidiocese de Belém, Basílica Santuário de Nazaré, Diretoria da Festa de Nazaré, Governo do Estado do Pará e Prefeitura de Belém.

Transmissões

O Canal Amazon Sat em parceria com a TV Nazaré transmitem a romaria principal do Círio de Nazaré, neste domingo (14), a partir das 7 h (horário de Manaus), para toda a Amazônia; confira os canais:

Macapá (AP) - Canal 29.1
Porto Velho (RO) - Canal 22.1
Manaus (AM) - Canal 44.1
Boa Vista (RR) - Canal 23.1
Rio Branco (AC) - Canal 31.1 

Primeira procissão do Círio 2018 sairá às 8h desta sexta: traslado Ananindeua-Marituba

Na manhã desta sexta-feira (12) acontece a primeira procissão oficial do Círio 2018: o Traslado Ananindeua/Marituba. A saída está prevista para 8h e percorrerá cerca de 50 quilômetros, o maior trajeto do Círio de Nazaré. A previsão de encerramento este ano é às 18h, somando um total de 10h. O traslado é coordenado pela Diretoria da Festa de Nazaré, juntamente com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e a Polícia Militar (PM), que são as principais responsáveis pelo evento, além do apoio das Prefeituras de Belém, Ananindeua, Marituba e outros órgãos.

A Missa do Traslado será celebrada pelo Arcebispo de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa, a partir das 7h, na Basílica Santuário. Paulo Morelli assina a decoração do andor que conduzirá Nossa Senhora de Nazaré no Traslado deste ano.
Foto: Divulgação/Agência Pará
De acordo com o diretor de procissões do Círio 2018, Antônio Souza, “este ano, por recomendação dos órgãos de segurança, vamos tentar chegar às 18h, com o dia ainda claro, por diversas razões, entre elas, a dificuldade de se fechar o trânsito de uma via movimentada como a BR 316 em feriado. Isso não vai modificar o trajeto, somente encurtaremos o tempo de algumas paradas e homenagens, por exemplo, em algumas paróquias a Imagem não vai entrar, receberá as congratulações na passagem”, disse.

Na chegada do Traslado à Igreja de Nossa Senhora das Graças, Dom Antônio de Assis Ribeiro, Bispo Auxiliar de Belém, celebrará a missa que abre a noite de vigília até a missa preparatória para a Romaria Rodoviária, que sai na manhã do sábado, 13, rumo a Icoaraci.

Percurso

O percurso inicia na Basílica Santuário e passa pelas avenidas Nazaré; Magalhães Barata, sendo a primeira parada em frente ao Hospital Ophir Loyola; Almirante Barroso e BR-316. Depois, segue pelos bairros Cidade Nova, Paar e Icuí, entre outros, em Ananindeua. Logo após, a Imagem Peregrina segue para Marituba, retornando até chegar a Igreja de Nossa Senhora das Graças, em Ananindeua.

Lá, a imagem fica em um palanque armado em frente à Igreja Matriz, onde passa a noite em vigília. Na manhã de sábado, 13, a Imagem Peregrina é levada pelos devotos na Romaria Rodoviária, a segunda procissão da Festividade, até o trapiche do distrito de Icoaraci, para a terceira procissão, o Círio Fluvial.

Histórico

A Diretoria da Festa de Nazaré realizou o primeiro traslado para Ananindeua na 4ª Romaria Rodoviária, em 1992, durante o Círio de número 200. Já em carro aberto, o percurso só foi realizado em 1997, no momento em que foi utilizado o “cibório” – uma abóbada sustentada por quatro colunas lisas e retorcidas - da Romaria das Crianças, onde a imagem era colocada. Para prevenir contra a ação do vento e da chuva, em 1999, o cibório foi substituído por uma réplica da Berlinda, em tamanho menor.
Foto: Divulgação/Agência Pará
Em 2001, atendendo ao pedido da comunidade, foi acrescentado ao percurso a passagem por mais duas Paróquias: Amparo e Divino Espírito Santo. No ano seguinte, a Prefeitura de Marituba pediu que fosse acrescentado o deslocamento até a frente da Prefeitura do Município. Em 2009, o Icuí foi incluso no percurso total.

O Círio

O Círio de Nazaré é uma realização da Arquidiocese de Belém, Basílica Santuário de Nazaré, Diretoria da Festa de Nazaré, Governo do Estado do Pará e Prefeitura de Belém.
 

PM do Pará homenageia Nossa Senhora de Nazaré nesta quinta-feira pelas ruas de Belém

As procissões e homenagens para Nossa Senhora de Nazaré já começaram em Belém. Nesta quinta-feira (11) acontece a 36ª procissão da Polícia Militar no Círio de Nazaré.

O cortejo que iniciou logo cedo, percorre as principais avenidas de Belém, passando pelo Palácio dos Despachos, e encerrando no Comando Geral da Polícia Militar, na avenida Augusto Montenegro.

A escolta da Berlinda é feita por militares do Batalhão de Guardas e por cadetes da Academia de Polícia Militar “Coronel Fontoura”.

226ª edição do Círio de Nazaré será aberto nesta terça-feira em Belém

A abertura oficial da 226ª edição do Círio de Nazaré ocorre nesta terça-feira (9). O evento iniciará com uma missa, às 18h, na Basílica Santuário de Nazaré, presidida pelo Arcebispo Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira Correa.

Ao final da missa, por volta das 19h, a Diretoria da Festa, o Clero, os convidados e representantes do Governo do Estado, da Prefeitura de Belém, Patrocinadores e Apoiadores oficiais do Círio se posicionarão em frente à Basílica de Nazaré, para aguardar o momento em que as luzes dos tradicionais arcos e da fachada da Igreja serão acesas e Dom Alberto declarará aberta oficialmente a Festividade Nazarena de 2018.

Neste momento também, a Praça Santuário será aberta para visitação do público e, ainda terá a apresentação da Banda da Guarda Municipal. 
Foto: Divulgação/Agência Eko
Homenagens e Premiação

Logo após, na Casa de Plácido, ocorrerá a premiação dos vencedores do XXIV Concurso de Redação do Círio. Este ano, o primeiro lugar foi conquistado pela aluna Alexia Cerveira Martins, do Colégio Santa Catarina de Sena.

O segundo lugar foi de Samara Guilhermina de Sousa, do Equipe Cristal, e o terceiro, de Maria Eduarda Soares da Silva, do Centro Educacional Iketani e Libonati. Tanto os alunos quanto seus respectivos professores serão premiados.

Em seguida, as instituições e empresas patrocinadoras do Círio 2018 receberão homenagens, como diplomas de reconhecimento e broches exclusivos do Círio, pela contribuição para a realização da Festividade. Este evento é exclusivo para convidados. 

O Círio

O Círio de Nazaré é uma realização da Arquidiocese de Belém, Basílica Santuário de Nazaré, Diretoria da Festa de Nazaré, Governo do Estado do Pará e Prefeitura de Belém.

Círio 2018: Arraial de Nazaré começa a funcionar na próxima sexta

O tradicional Arraial de Nazaré em breve estará ocupando todo o estacionamento da Basílica, na Praça Justo Chermont. A previsão da Diretoria da Festa de Nazaré e gerência do parque é que o funcionamento inicie no dia 21 de setembro e se estenda até o dia 18 de novembro. A previsão para vistoria do Corpo de Bombeiros para a liberação do arraial ao público é dia 20 de setembro.
Foto: Divulgação
No espaço do arraial, além dos brinquedos, também serão montados os estandes para comercialização dos mais diversos produtos, em especial artesanatos, artigos religiosos, bijuterias, comidas típicas e os tradicionais brinquedos de miriti. A locação do espaço objetiva arrecadar fundos para ajudar as obras sociais mantidas pela Paróquia de Nazaré.

Roberto Souza, da diretoria de recursos socioeconômicos e filantrópicos da Festa de Nazaré, diz  que o arraial “é uma tradição mais antiga do que o próprio Círio e vem se transformando ao longo dos anos. O espaço propicia às famílias entretenimento para todos os gostos e idades, já que os brinquedos instalados no espaço vão desde os mais simples até os mais radicais. O Arraial é um ícone do Círio". 
Foto: Divulgação/Agência Pará
DiversãoEm Belém, a vinda do ITA Center Park completa 27 anos trazendo diversão, principalmente nas noites da festividade. E para quem gosta de adrenalina, em 2018, a gerência do parque confirma uma nova atração, o Skate Board, em formato de um skate, que reúne fileiras de cadeiras fixadas na parte de cima da prancha que se eleva a alguns metros do chão balançando entre duas rampas laterais e girando sobre o próprio eixo, reproduzindo nas alturas os mesmos movimentos radicais que os aficionados do esporte radical costumam fazer no chão.
Foto: Divulgação/Ita Center Perk
Outros 20 brinquedos estarão disponíveis para todas as idades.

O Círio

O Círio começa oficialmente na terça-feira que antecede o segundo domingo de outubro, com a Santa Missa na Basílica Santuário. A partir de então a programação se intensifica com diversos eventos que envolvem Adoração ao Santíssimo Sacramento, concerto Mariano, Missas, visitas, e as 12 romarias oficiais, dentre elas o Círio propriamente dito, sempre no segundo domingo de outubro.

A festa continua por mais 15 dias até o Recírio, quando, após percorrer mais de 140 quilômetros, em cerca de 42 horas de procissões e fazer aproximadamente 400 visitas, a Imagem Peregrina segue na ultima procissão, até o Colégio Gentil Bittencourt. Ao longo do ano a Imagem permanece em um nicho na sacristia da Basílica Santuário.

O Círio de Nazaré é uma realização da Arquidiocese de Belém do Pará, Basílica Santuário de Nazaré, Diretoria da Festa de Nazaré, Governo do Estado do Pará e Prefeitura de Belém.

Recírio reúne 50 mil na despedida à Nossa Senhora de Nazaré

Cerca de 50 mil pessoas participaram nesta segunda-feira (23) da procissão do Recírio, a última homenagem à Nossa Senhora de Nazaré, que encerra a festividade da padroeira do Pará. Após missa campal celebrada na Praça Santuário pelo arcebispo metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira, os fiéis seguiram em romaria até o Colégio Gentil Bittencourt, onde a imagem peregrina ficará até o próximo Círio. No curto percurso, de cerca de 700 metros, muitas demonstrações de fé e gratidão.

O arcebispo Dom Alberto Taveira deu início à programação às 5h30, na Basílica Santuário, celebrando a cerimônia que reconduziu a imagem original do Círio de Nazaré ao ponto mais elevado do altar mor da igreja, o monumento do Glória. A imagem só descerá do altar no próximo mês de maio, durante a celebração do mês mariano e aniversário de elevação da Basílica à categoria de Santuário.
Foto: Reprodução/Facebook

Em seguida, foi celebrada, na Praça Santuário, a missa que antecede a procissão. Durante a celebração, o arcebispo enfatizou a natureza peregrina de Maria de Nazaré, descrita na Bíblia, e lembrou a importância de Nossa Senhora para conduzir a Jesus Cristo. “Maria é mostrada como a Mãe que leva ao Filho, o salvador da humanidade. Hoje, nesta praça, Ela é benquista e celebrada, como prova da fé do nosso povo. Vamos, em silêncio, rezar a Ave Maria”, disse Dom Alberto Taveira.

O Recírio – que ocorre há 158 anos – é a última das 12 procissões feitas em homenagem à Nossa Senhora de Nazaré durante a festividade do Círio. Para os fiéis que participam da romaria, é o momento de se despedir da padroeira, agradecer e renovar a fé. “Venho todo ano para dar graças à Mãezinha e agradecer por mais um ano de saúde. Sempre é lindo e emocionante”, contou a aposentada Silmara Carvalho, 67 anos.

A pescadora Viviane do Nascimento, 38 anos, veio de Cametá, no nordeste do Estado, para participar do Círio em Belém. Segundo ela, o Recírio é uma oportunidade de louvar Nossa Senhora com mais tranquilidade. “Eu me sinto mais perto Dela aqui. É como se a Santinha estivesse mais presente e ao alcance das nossas mãos. Não tenho a sensação de despedida, e sim de renovação”, afirmou.

Balanço 

O sol vai aos poucos derramando os raios dourados na praça enquanto o arcebispo anuncia que as missas, nesta segunda, serão ao meio-dia e às 18h. Logo depois a imagem peregrina é colocada em um andor para ser conduzida ao Colégio Gentil. Sob aplausos e cantos marianos, a Santa passa entre os fiéis, dá a volta no Centro Arquitetônico de Nazaré (CAN) e entra na centenária escola. “Com mais um Círio mostramos a força de Nossa Senhora na evangelização de um povo. Que venha o Círio 2018, cujo tema será ‘Uma jovem chamada Maria’’, anunciou Dom Alberto Taveira.

O diretor de Procissões do Círio, Antônio Sousa, avaliou como tranquila a festividade deste ano. “Tivemos tudo praticamente dentro dos horários previstos e sem incidentes. Trabalhamos sempre para fazer um Círio seguro e confortável para a população. Este ano, também tivemos uma queda de quase pela metade nos atendimentos de saúde. Foram cerca de 400, contra mais de 700 no ano passado. Então isso nos mostra que funcionou muito bem o esquema montado em parceria com a Cruz Vermelha e demais órgãos do Estado e do município”, considerou.

Pouco depois das 8h, a imagem peregrina de Nossa Senhora de Nazaré chegou ao Colégio Gentil, onde foi colocada na capela. Os fiéis fizeram as últimas saudações e agradecimentos e, com a fé renovada, se despediram de mais um Círio.

Mais um final de semana de celebração católica à Virgem de Nazaré em Belém

E as romarias que compõem o Círio de Nazaré 2017 em Belém do Pará ainda não terminaram.



Acontece hoje (14) pela manhã, a Ciclo Romaria, criada há 13 anos, desde um pedido da Federação dos Ciclistas do Pará e da Associação dos Ciclistas de Icoaraci (Belém) é o momento em que os ciclistas fazem um percurso de 14 km pelas principais ruas de Belém, com suas bicicletas enfeitadas em homenagem a santa. Esta é a sétima das 12 procissões do círio.
Foto: Divulgação / Facebook Círio de Nazaré - Oficial



Hoje a tarde também é realizada a Romaria da Juventude, que é a oitava procissão oficial deste círio. A Saída da romaria está prevista para 16h, da Paróquia Nossa Senhora de Fátima em Belém do Pará e percorrerá 4,6 Km. A procissão é conduzida por um trio elétrico e é o momento de confraternização entre jovens de paróquias e comunidades da Arquidiocese de Belém,  o que faz desta romaria uma das mais animadas. Ela começou a ser realizada em 2001.



E no domingo (15), pela manhã, o Círio das Crianças, com saída da Praça Santuário, em frente à Basílica de Nazaré. Estimativa de 200 mil pessoas, entre adultos e crianças, e percurso de 2,9 Km. A Romaria, tem o objetivo de construir e fortalecer a devoção mariana entre os pequenos,  sai e retorna à Praça Santuário, percorrendo algumas ruas do bairro de Nazaré em Belém do Pará. A imagem peregrina é levada no cibório e é acompanhada pelos carros dos anjos. A animação fica por conta de bandas musicais compostas por crianças e jovens de municípios do  Pará, e também de um coral que é formado especialmente para a homenagem. A primeira Romaria foi realizada em 1990.