Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Terça, 03 Agosto 2021

Pesquisadores alertam para a importância da participação da população no combate ao Aedes aegypti na Amazônia

População pode eliminar possíveis criadouros do Aedes aegypti observando vasos de plantas, caixas d'água, pneus abandonados, e até mesmo caixas de gordura e fossas, locais onde o inseto deposita ovos.

População da Amazônia deve reforçar vigilância contra o mosquito da dengue

Ministério da Saúde recomendou aos municípios brasileiros a suspensão do Levantamento Rápido de Índices para Aedes aegypti.

Casos de dengue e zika reduziram, mas chikungunya aumentou no Amazonas, diz FVS

A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM) divulgou nesta quarta-feira (11) o Boletim Epidemiológico das doenças transmitidas pelo Aedes aegypti, até agosto de 2019. Segundo os dados, as duas doenças transmitidas pelo mosquito (dengue e z

Partícula feita de amido de milho e óleo de tomilho combate larvas de Aedes aegypti

O amido de milho, uma matéria-prima abundante, barata e biodegradável, foi a base usada por pesquisadores da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) para o desenvolvimento de partículas capazes de armazenar e liberar controladamente compostos ati

Diminuem casos de doenças transmitidas por Aedes aegypti no Amazonas, no primeiro semestre de 2019

A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM) divulgou, nesta quarta-feira (10), o Boletim Epidemiológico das doenças transmitidas pelo Aedes aegypti, no primeiro semestre de 2019. Segundo os dados do boletim, as três doenças transmitidas pe

Cai infestação do mosquito Aedes aegypti em Belém

Os Agentes de Combate a Endemias (ACEs) da Secretaria Municipal de Saúde de Belém (Sesma) executam a cada dois meses o Levantamento de Índice Rápido de Aedes aegypti (LIRAa) para medir a infestação do mosquito transmissor da dengue, da zika e da

Ambiente silvestre: Cientistas alertam para risco de chikungunya em áreas de mata

O vírus da chikungunya pode sair das cidades para as matas brasileiras, tornando-se silvestre e impossibilitando a erradicação da doença no país. O alerta é de cientistas dos institutos Oswaldo Cruz e Pasteur, na França, que tiveram artigo publicado

Casos confirmados de vírus zika no Tocantins crescem mais de 500% em 2019

De janeiro até a primeira quinzena de março deste ano, 102 casos de vírus Zika foram confirmados no Tocantins, seis em gestantes. O número representa um aumento de 538% em relação ao mesmo período do ano passado, que registrou 16 positivos.Há ainda 7

Doenças transmitidas por Aedes aegypti seguem com redução de casos no Amazonas

A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM) divulgou, nesta segunda-feira (1), o Boletim Epidemiológico das doenças transmitidas pelo Aedes aegypti, no primeiro trimestre de 2019. Segundo os dados do boletim as três doenças transmitidas pe

Infestação do Aedes em Manaus é mantida como médio risco

O resultado do 1º Diagnóstico da Infestação do Aedes aegypti de 2019, realizado pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), no mês de fevereiro, apontou que Manaus apresenta um índice de infestação de 2,2%, permanecendo em médio risco para as doenças

Fêmeas do Aedes Aegypti podem transmitir Zika e Chikungunya para as larvas, diz pesquisadores do Amazonas

As fêmeas do mosquito Aedes Aegypti encontradas na natureza e infectadas podem transmitir o Zika vírus e a Chikungunya para as larvas.Desta forma, os mosquitos já nascem infectados. A afirmação veio após pesquisa realizada pela Fundação de Vigilância

Crescem os casos de doenças transmitidas pelo Aedes aegypti no Acre

O Ministério da Saúde divulgou nesta terça-feira (13) o aumento no número dos casos de doenças transmitidas pelo Aedes aegypti no Acre. O índice mais alto é o da dengue, que registra um aumento de 170% comparando o período de janeiro a outubro d

Autoridades de saúde alertam sobre surto de dengue em município de Rondônia

A cidade de Ji Paraná, em Rondônia, está em alerta para o surto de dengue. De acordo com o Levantamento Rápido do Índice de Infestação por Aedes Aegypti (LIRA) realizado entre os dias 22 e 30 de outubro, a infestação predial está em 2,7% - percentual

Acre registra 2.220 casos de dengue até a primeira quinzena de outubro

O Acre tem confirmados 2.220 casos de dengue, de janeiro até a primeira quinzena de outubro de 2018. Em 2017, no mesmo período, foram confirmadas 1.093 ocorrências.Os municípios que registraram maior número de casos foram Cruzeiro do Sul, com 917; Ri

Aedes Aegypti: Cuiabá e Rio Branco estão em situação de risco

O levantamento feito pelo Ministério da Saúde indica que 22% das cidades brasileiras apresentam alto índice de infestação, com risco de surto por dengue, zika e chikungunya.Duas capitais estão em risco: Cuiabá e Rio Branco. Outras quinze estão em est

Agentes de endemias realizam segundo monitoramento do LIRAa em Guajará-Mirim

Foi realizado em Guajará-Mirim (RO), em janeiro deste ano, o primeiro monitoramento do Levantamento Rápido de Índices de Infestação pelo Aedes aegypti (LIRAa). Durante este mês, os agentes de endemias do Núcleo de Vigilância Epidemiológica e Amb

Casos de Dengue, Chikungunya e Zika reduzem no Amazonas

Casos de dengue, febre chikungunya e vírus zika reduziram no Amazonas entre janeiro e fevereiro deste ano. A redução é de 65%, de acordo com a Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM). Em 2017 foram registrados 2.796 casos, contra 962 em

Em Manaus, 14 bairros são apontados como de alta vulnerabilidade para dengue

No total, 14 bairros de Manaus (AM) são apontados como de alta vulnerabilidade para dengue pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa). A informação é com base nos dados levantados em janeiro no primeiro diagnóstico de infestação do Aedes aegypti de 2

Período chuvoso aumenta criadouros de Aedes aegypti em Manaus

Pontos com água parada podem conter ovos no mosquito Aedes aegypti, vetor transmissor de doenças como a dengue e a zika. No período de chuvas intensas em Manaus (AM), a proliferação do mosquito é maior e o chefe do setor de controle de endemias do di

Epidemia de febre amarela é descartada no Amazonas, diz FVS

Apesar da Amazônia ser uma área propensa ao vírus da febre amarela, a Fundação de Vigilância Sanitária (FVS) no Amazonas descarta a possibilidade de um surto na região. A doença voltou a circular pelos corredores de hospitais de Estados como Rio de J