Sem aterro sanitário, resíduos são jogados a céu aberto em lixão de Guajará-Mirim

O município de Guajará-Mirim (RO) não possui aterro sanitário e todo lixo coletado é despejado em um terreno baldio às margens da BR Engenheiro Isaac Bennesby, próximo ao Campus da Universidade Federal de Rondônia. Segundo a secretaria municipal de meio Ambiente, um plano de gerenciamento de resíduos sólidos tem sido preparado e deve ser finalizado em julho de 2018.
Publicidade
Publicidade

Relacionadas:

Mais acessadas:

Camu-camu é usado para enriquecer farinha de mandioca

Desidratados sob diferentes métodos tecnológicos, os resíduos agroindustriais de frutos de camu-camu, adicionados à farinha de mandioca, incrementaram significativamente os produtos finais.

Leia também

Publicidade