Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Domingo, 18 Abril 2021

Navio-hospital chega ao Juruá para atender populações ribeirinhas do Acre

O Navio-Hospital Dr. Montenegro, após 22 dias de navegação e com uma equipe de mais de 20 profissionais de saúde, desembarca em Cruzeiro do Sul para levar assistência médica a populações ribeirinhas do rio Juruá.

Em sua missão inaugural, realizada em janeiro de 1997, a embarcação viajou quatro meses pelo Rio Envira. A partir de então, as missões continuaram e, entre novembro de 1998 a janeiro de 2000, escolheu o solo cruzeirense como sede por dois anos.

Em reunião, realizada na tarde da terça-feira (23), as ações de atendimentos médicos e odontológicos a serem levadas a milhares de juruaenses foram alinhadas por representantes da Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre) e tripulantes da equipe que realiza as Operações de Assistência Hospitalar (Asshop) da embarcação.

Foto: Eliel Mesquita/Secom-AC

"Foi mais um esforço da gestão atual, que articulou para que essa equipe, que hoje aqui está, possa atender toda a nossa população ribeirinha, principalmente neste momento de pandemia e após as alagações, quando surgem outros agravos que acabam prejudicando a saúde desses moradores", relatou a coordenadora da Sesacre no Juruá, Catiana Rodrigues.

Durante o encontro, o comandante requisitou o suporte em logística, internet, alimentação, dedetização e limpeza do navio, lavanderia e segurança; além de solicitar a vacinação de 55 tripulantes que ainda não foram imunizados contra a Covid-19, também a construção de uma passarela que dê acesso à embarcação e o tratamento do lixo hospitalar produzido naquela unidade. A intenção do governo, em parceria com a prefeitura municipal, é possibilitar que a equipe realize sua missão com mais facilidade.

"Sou grato ao apoio logístico que temos recebido desde a nossa chegada. Observamos que houve um planejamento antes que chegássemos. Sem essa ajuda, o nosso trabalho seria bastante dificultado. É uma parceria satisfatória, e espero que continue, porque assim conseguiremos realizar bem as nossas missões", observa Fábio Laprovita.

A equipe, também composta pelos tenentes Miqueias Oliveira e Janaina Frota, apresentou aos visitantes as dependências do NAsH Dr. Montenegro, para averiguação da estrutura hospitalar daquela unidade.

"No nosso navio-hospital temos sala de raio-x, mamógrafo, quatro cadeiras odontológicas, uma sala de vacina e outra de estabilização de pacientes, laboratório, farmácia, enfermaria e seis consultórios médicos. Tudo bem equipado para que a equipe médica, formada por pediatra, ginecologista, clínico-geral e radiologista possa bem servir a população", explicou Laprovita.

A equipe deve iniciar os atendimentos na próxima segunda-feira, 29, e não prestará serviços voltados à Covid-19. Conforme afirma a coordenadora regional da Sesacre, a parceria é de extrema relevância e será um grande reforço para o momento de crise sanitária do estado: "Nosso município tem uma população muito carente e que necessita desses serviços. Boa parte dos ribeirinhos serão beneficiados".

Veja mais notícias sobre NotíciasAcreSaúdeCidades.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Segunda, 19 Abril 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/