Monitoramento da biodiversidade da Resex Rio Ouro Preto é debatido em Guajará-Mirim

Monitorar a biodiversidade é realizar um conjunto de atividades de longo prazo que permita avaliar as respostas de populações ou ecossistemas às práticas de conservação e aos impactos de fatores externos, como a perda de habitat.

Para falar sobre o assunto, Lena Mendonça recebe no Audiência Pública Guajará-Mirim desta quarta-feira (16), o professor e biólogo Gabriel Vilardi e a coordenadora do programa de Monitoramento da Biodiversidade da Reserva Extrativista Rio Ouro Preto, Mônica Gambero.

Para participar do Audiência Pública Guajará-Mirim, envie mensagens para o (69) 99204-2848 (whatsapp) ou para o e-mail redacao.guajara@cbnamazonia.com.br, de segunda à sexta.

Publicidade
Publicidade

Relacionadas:

Mais acessadas:

XTERRA Amazônia mobiliza 800 atletas em Novo Airão, no Amazonas

Localizada às margens do Rio Negro, a cidade de Novo Airão, no interior do Amazonas, recebeu no último sábado...

Leia também

Publicidade