Ministério da Justiça autoriza uso da Força Nacional na fronteira no Acre

Medida publicada no Diário Oficial desta quinta-feira (18) tem validade de 60 dias

O Ministério da Justiça e Segurança Pública publicou, no Diário Oficial da União desta quinta-feira (18), uma portaria na qual autoriza o emprego da Força Nacional de Segurança em apoio ao governo do Acre, nas “atividades de bloqueio excepcional e temporário de entrada no país de estrangeiros”.

Foto: Fábio Pozzebom/Agência Brasil

 Segundo a portaria, a medida tem caráter “episódico e planejado”, com duração de 60 dias, a contar de hoje. Se necessário, esse prazo, que a princípio se encerra em 18 de abril, poderá ser prorrogado.

Caberá ao governo do Acre dar o apoio logístico necessário para a operação. O contingente deverá seguir o planejamento definido pela diretoria da Força Nacional, vinculada ao Ministério da Justiça.

Conflito migratório

O estado do Acre vive um conflito migratório, com a retenção de migrantes na fronteira entre o Brasil e o Peru. O fluxo migratório cresceu durante a pandemia, mas, com a descoberta da nova variante brasileira do coronavírus, barreiras sanitárias foram instaladas no município de Assis Brasil. Desde o último domingo (14), o grupo se concentra na Ponte de Integração.

Publicidade
Publicidade

Relacionadas:

Mais acessadas:

Novo santuário de árvores gigantes na Amazônia é revelado no oeste do Pará

No novo santuário, cientistas descobriram pelo menos mais 38 árvores de grande porte, duas delas com mais de 80 metros de altura.

Leia também

Publicidade