Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Terça, 04 Agosto 2020

Queimadas aumentam 15% em toda a Amazônia Legal, aponta INPE

Queimadas aumentam 15% em toda a Amazônia Legal, aponta INPE
Leitos secos de rios, problemas com a falta d'água e queimadas têm se tornado problemas comuns em vários Estados da Amazônia. Dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) apontam que o número de queimadas na Amazônia aumentou 5,8% em setembro deste ano, em relação ao quantitativo do mês de agosto. Foram registrados 26.832 focos de incêndio, o que representa 1.471 pontos a mais em relação ao mês anterior.

Durante o mês de setembro, no Acre, foram encontrados 3.586 focos de incêndios, no Amapá, 142, no Amazonas, 3.119, no Maranhão, 3.116, no Mato Grosso, 8.980, no Pará, 3953, em Rondônia, 4208, em Roraima, 19, e no Tocantins, 3245. O Mato Grosso foi o Estado com maior número de queimadas registrados pelo Inpe. Desde de o mês de agosto, o Estado busca combater um incêndio no limite sul do Parque Indígena do Xingu. De acordo com Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) o fogo já está controlado e consumiu 15% de todo a área do parque.

Amazonas e Maranhão foram os únicos Estados que registraram diminuição no número de incêndios no comparativo entre agosto e setembro deste ano.

Veja mais notícias sobre Meio Ambiente.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Terça, 04 Agosto 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/

No Internet Connection