Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Sábado, 24 Outubro 2020

Greenpeace usa Pokémons para divulgar petição contra hidrelétrica na Amazônia

Greenpeace usa Pokémons para divulgar petição contra hidrelétrica na Amazônia

O Greenpeace continua arrecadando assinaturas para o projeto 'Salve o Coração da Amazônia', que visa apoiar o povo Munduruku, que luta há mais de 30 anos contra planos de construção de um complexo hidrelétrico no Rio Tapajós. A organização decidiu usar Pokémons para divulgar alguns dados impactantes sobre a degradação do meio ambiente. Confira:


O Butterfree não tá ameaçado, mas no coração da Amazônia 302 espécies de borboletas estão

O Squirtle não tá ameaçado, mas no coração da Amazônia 126 espécies de répteis estão

O Magicarp não tá ameaçado, mas no coração da Amazônia 352 espécies de peixe estão

 

O Mankey não está ameaçado, mas no coração da Amazônia 95 espécies de mamíferos estão

O Bulbassauro não está ameaçado, mas no coração da Amazônia 1.378 espécies plantas terrestres e 79 aquáticas estão

 

O Drowzee não está ameaçado, mas no coração da Amazônia a anta corre risco de desaparecer

 

O Sandshrew não está ameaçado, mas no coração da Amazônia 95 mamíferos estão

O Pidgeot não está ameaçado, mas no coração da Amazônia 553 espécies de aves estão

Veja mais notícias sobre Meio Ambiente.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sábado, 24 Outubro 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/