Manaus 30º • Nublado
Quarta, 20 Outubro 2021

Selvinha Amazônica do Parque do Rio Branco é opção de lazer para as crianças e novo ponto turístico da capital

Luciana Nascimento aproveitou a tarde de calor para levar os dois filhos, Sofia (4 anos) e Caio (2 anos) para brincar na Selvinha. Crédito: PMBV.
É fato que o Parque do Rio Branco se tornou um dos principais atrativos turísticos de todo o Estado, unindo sua arquitetura contemporânea à esplendorosa paisagem natural que cerca a região. Por lá, além do famoso Mirante Edileusa Lóz, a Selvinha Amazônica é um espetáculo à parte, trazendo uma atmosfera lúdica e singular.
Os insetos gigantes também garantem uma experiência visual incrível aos visitantes . Crédito: PMBV.

Considerada a 'maior selvinha da cidade', o espaço foi inaugurado ainda na gestão da ex-prefeita Teresa Surita e conta com uma estrutura de quase 7 mil m², composta por mais de 160 elementos artísticos e esculturas de bichinhos que representam a fauna amazônica. Por exemplo: jacaré, cobra, iguana, bancos em formato de tartaruga e tatu, araras, macacos, tamanduá, além de diversos insetos gigantes. A flora também é prestigiada, com folhas, cogumelos, e uma árvore gigante, que encanta principalmente à noite, ficando toda acesa. 

A área molhada é um dos atrativos. As crianças se divertem com segurança. Crédito: PMBV.

A área molhada é a que mais chama atenção, oferecendo refrescância à brincadeira das crianças e segurança, com piso emborrachado.

São oito cenários, sendo o de área molhada o que mais chama atenção, não só pelo tamanho (1.776,50 m²), mas por conter 41 brinquedos hidráulicos e 18 chafarizes, trazendo muita refrescância à brincadeira das crianças, tendo em vista o clima quente da região. Toda a estrutura conta com reservatório de água e sistema de filtragem, além de iluminação de LED, sistema de cores (RGB), sonorização que reproduz os sons da floresta e piso emborrachado com dreno.

A pequena Heloísa revelou que fica encantada toda vez que visita a Selvinha Amazônica. “Aqui é muito lindo. Adoro vir pra cá brincar na água”, disse. Crédito: PMBV.

A Selvinha faz parte dos inúmeros investimentos da Prefeitura de Boa Vista na 'primeira infância', que compreende os seis primeiros meses de vida do indivíduo, proporcionando bem-estar, saúde e desenvolvimento de diversas habilidades motoras, sensoriais, além de contribuir para o estreitamento dos laços afetivos com a família. Esse trabalho, que acontece em todas as áreas da esfera municipal, levou a cidade a receber o título de "Capital da Primeira Infância".

PARA TODA FAMÍLIA 

 Amanda Caetano, mãe da Heloisa, de 4 anos, afirmou que a Selvinha é um dos lugares favoritos da filha. "Ela ama vir pra cá", disse.

A pequena Heloísa revelou que fica encantada toda vez que visita a Selvinha Amazônica. "Aqui é muito lindo. Adoro vir pra cá brincar na água", celebrou.

Com 160 elementos artísticos e esculturas, a selvinha impressiona pela riqueza de detalhes, luzes e sons que reproduzem a natureza. Crédito: PMBV.

REABERTURA 

 Com o avanço da vacinação contra covid-19 na capital, foi possível reabrir todas as Selvinhas Amazônicas neste último dia 03 de setembro. Porém, a do Parque do Rio Branco é a única com dias e horários de funcionamento específicos – de quarta a domingo, das 15h às 21h.

A entrada é gratuita, basta procurar o portão de acesso, onde é solicitado aos pais e/ou responsáveis aferição de temperatura, uso de máscara e aplicado álcool em gel nas mãos.

Veja mais notícias sobre Especial PublicitárioRoraima.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quinta, 21 Outubro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/