Manaus 30º • Nublado
Sexta, 17 Setembro 2021

Referência em primeira infância, Boa Vista recebe homenagem em evento nacional

Boa Vista está entre as 10 cidades homenageadas durante o Seminário Nacional da Primeira Infância, em Brasília, por boas práticas aplicadas na cidade para esta fase mais importante da vida. Com a criação do programa Família que Acolhe em 2013, ainda na gestão da ex-prefeita Teresa Surita, Boa Vista se tornou pioneira na implantação de políticas públicas para o público infantil da capital. O reconhecimento veio do Ministério da Cidadania.

Secretárias de Gestão Social, Nathália Cortez e de Projetos Especiais, Andréia Neres, representaram Boa Vista no Seminário Nacional da Primeira Infância. Crédito: Lívia Reis/SNAPI.

Hoje, a cidade é reconhecida nacionalmente como a Capital da Primeira Infância e se tornou referência no cuidado com a criança, da gestação aos seis anos de idade.

Com a criação do programa Família que Acolhe em 2013, Boa Vista é referência no cuidado e atenção à primeira infância. Crédito: PMBV.

As secretárias municipais de Projetos Especiais, Andréia Neres, e a de Gestão Social, Nathália Cortez, receberam as placas de homenagens. Para Andréia, estar no seminário representa muito e é uma oportunidade de mostrar para o restante do Brasil o que Boa Vista tem feito pela primeira infância.

"Fomos apresentados como um dos cases de sucesso das boas práticas dos comitês gestores municipais do Programa Criança Feliz, porque temos um comitê em Boa Vista intersetorial que atua desde o início da política pública da primeira infância em 2013 e que é uma base importante para que as ações aconteçam no município de forma planejada e organizada", disse.

A prefeitura foi uma das grandes parceiras da implantação do Programa Criança Feliz em Boa Vista, adotando as visitações domiciliares como parte integrada da Família que Acolhe e buscando implementar novas metodologias de desenvolvimento infantil e parentalidade.

Lembrando que, nos últimos anos, Boa Vista foi toda reestruturada para as crianças, com a criação de espaços lúdicos e interativos em escolas, nos Cras, nas unidades básicas de saúde, nas praças e áreas de lazer com o projeto Selvinha Amazônica, trazendo a temática para os abrigos de ônibus e ainda com o projeto Caminhos da Primeira Infância. 

Mais de 9 mil famílias recebem assistência e benefícios do FQA. Crédito: PMBV.

Durante o seminário, o trabalho desenvolvido em Boa Vista foi citado como referência em apresentações, no Caderno de Boas Práticas e Implementação dos Comitês Gestores Intersetoriais, lançado na ocasião. Para Nathália Cortez, o seminário promoveu uma troca de experiências grande com as demais políticas públicas de outras regiões.

"Foi muito proveitosa nossa participação. Estamos voltando com as ideias renovadas e uma atualização de pesquisas feitas com a temática. Com certeza, vai trazer muitos benefícios para o nosso planejamento de políticas públicas para a primeira infância no município", disse.

Somente este ano, foram mais de 1.300 gestantes beneficiadas: PMBV.

Este ano, o evento trouxe o tema O Brasil do Futuro Começa Agora, como parte da Agenda do Mês da primeira Infância. Ao longo dos três dias, foram discutidos diversos assuntos, entre eles, a importância do fortalecimento e do investimento nas Políticas Públicas para a Primeira Infância, considerando a atuação intersetorial, o fomento da parentalidade e a garantia do direito à convivência familiar e comunitária.

Veja mais notícias sobre Especial Publicitário.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sexta, 17 Setembro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/