Manaus 30º • Nublado
Domingo, 26 Setembro 2021

Assembleia Legislativa realiza reunião técnica para pedir agilidade nas ações de pensão alimentícia

Um grupo de mães esteve reunido com representantes de órgãos de defesa das crianças e adolescentes no miniplenário Beth Azize da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam). De autoria do deputado estadual, Álvaro Campelo (Progressistas), o objetivo da reunião foi discutir propostas para agilizar o julgamento das ações de pensão alimentícia.

Segundo a Defensora Pública, Hélvia de Castro, só em 2021, foi registrado um total de 12 mil ações protocoladas na Defensoria Pública. Destes, 6.270 são pedidos de pensão alimentícia. Já em 2020, das quase 30 mil, um total de 11.389 foram de ações de alimentos. "Uma das principais demandas na 7a. Defensoria de Família são as ações de alimento. A DPE busca sempre superar os desafios impostos, especialmente, nesse momento da pandemia", disse a defensora.

Foto: Aleam

O Juiz de Direito, Gildo Alves de Carvalho Filho, citou ações concretas para o acesso mais rápido ao direito às pensões alimentícias, como os centros judiciários de solução de conflitos e cidadania, evitando a judicialização. "Em 2020, o Cejusc Famílias implementou a estratégia de audiências e oficinas de parentalidades por videoconferência, além de adaptar para a modalidade virtual todo o fluxo de trabalho, superando os desafios impostos pela pandemia de Covid-19 e mantendo a excelência no atendimento ao jurisdicionado", ressaltou o magistrado.

Participaram da reunião, representantes da Defensoria Pública do Estado (DPE/AM), Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/AM), Delegacia Especializada em Capturas e Polinter, Secretaria de Assistência Social (Seas) e Conselhos Tutelares.

Veja mais notícias sobre Especial Publicitário.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Domingo, 26 Setembro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/