Manaus 30º • Nublado
Terça, 26 Outubro 2021

Programa oferta 10 mil vagas gratuitas para curso online de capacitação

O Coletivo Online, programa de empregabilidade 100% digital, do Instituto Coca-Cola Brasil em parceria com o Grupo Simões, acaba de ampliar para 10 mil a quantidade de vagas oferecidas. Porém, desta vez, o foco são jovens maiores de 18 anos, moradores de comunidades de baixa renda. As inscrições, que iniciaram na última segunda-feira (29), são gratuitas e seguem até dia 16 de abril para todo o Brasil.

A formação conta com videoaulas curtas e objetivas durante 6 semanas, sendo 5 semanas de aulas e mais 1 semana para quem quiser reforçar e aprofundar o currículo. Esse formato permite que o jovem faça o curso de qualquer lugar, a qualquer momento, através de seu WhatsApp, aplicativo amplamente utilizado.
Foto: Dimitri Karastelev/Unsplash
O conteúdo do Coletivo Online é focado em temas do mundo do trabalho, elaboração de um plano de vida, planejamento financeiro, construção de currículo e como se preparar para entrevistas e processos seletivos.

Além do certificado de conclusão, ao final do curso, os participantes são convidados a se cadastrar nas comunidades de vagas do programa, podendo participar de processos seletivos de uma rede de mais de 400 parceiros empregadores.

A inscrição pode ser realizada através do link: https://www.lys.academy/coletivo/insc. Quem sentir dificuldade para efetuar o cadastro no programa pode entrar em contato com os educadores do projeto, para auxílio e dúvidas: Diego - (92) 99462-0721; Lenaia - (92) 98478-2570; e Gabriel - (92) 99532-6481.

Atuação que gera impacto

A iniciativa faz parte da plataforma Coletivo, que conta também com o bem-sucedido programa Coletivo Jovem. Desde o início de sua implementação, em 2009, a plataforma Coletivo já impactou mais de 256 mil jovens em comunidades brasileiras espalhadas em 22 estados mais o Distrito Federal — incluindo as suas duas versões: o Coletivo Jovem, com aulas presenciais, e o Coletivo Online, com turmas 100% digitais. 

Desses, mais de 77 mil tiveram acesso ao mercado de trabalho. Apenas em 2020, 7.500 se formaram nas aulas dos programas presencial e online, sendo 68% negros e 70% mulheres. De acordo com a pesquisa da Plan Avaliação, 41% dos participantes do Coletivo Jovem, interessados em oportunidades de emprego, estavam inseridos no mercado de trabalho até 6 meses depois da conclusão do curso. No caso do Coletivo Online, 78% dos jovens acreditam que o curso contribuiu para o desenvolvimento pessoal e a taxa de empregabilidade deste programa será aferida em 2021.

Veja mais notícias sobre NotíciasEducação.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Terça, 26 Outubro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/