Manaus 30º • Nublado
Terça, 31 Janeiro 2023

Fiocruz oferece primeiro Mestrado em Epidemiologia aplicada à Saúde da Mulher e da Criança na Amazônia

Estão abertas as inscrições do processo seletivo para o Programa de Mestrado Profissional em Epidemiologia Aplicada à Saúde da Mulher e da Criança 2023, oferecido em parceria pela Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca (ENSP), Instituto Nacional de Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente Fernandes Figueira (IFF) e Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazônia). 

O programa é voltado para técnicos e profissionais de saúde, de nível superior, de três estados da região amazônica (Amazonas, Roraima e Rondônia). O curso será presencial e as aulas acontecerão na sede do ILMD/Fiocruz Amazônia, em Manaus (AM). 

O Mestrado objetiva formar quadros estratégicos para atuação no âmbito da saúde da mulher e da criança no sistema de saúde brasileiro da região amazônica, e é voltado para profissionais, técnicos que atuem na área da saúde da mulher e/ou da criança, incluindo a Vigilância em Saúde, das três esferas do Sistema Único de Saúde (SUS) nos referidos Estados.

Foto: Ingrid Anne/Acervo Fiocruz Amazônia

O conteúdo programático do Mestrado é dirigido às necessidades do cotidiano, com a produção de conhecimento voltada para a realidade dos Estados, visando contribuir para a consolidação do Sistema Único de Saúde (SUS). As inscrições se estenderão até as 16h do dia 24 de fevereiro de 2023.

Coordenadora do Mestrado, a médica Maria do Carmo Leal, pesquisadora sênior da Escola Nacional de Saúde Pública e pesquisadora visitante do ILMD/Fiocruz Amazônia, pela Fundação de Amparo à Pesquisa no Estado do Amazonas (Fapeam), explica que esse é um curso novo e visa atender à demanda existente na região de profissionais com especialização para atuar no sistema de saúde. "Estes são os primeiros Estados a se beneficiarem, mas pretendemos, no futuro, ampliar para outros estados da Região Norte", afirma Maria do Carmo.

O curso terá duração mínima de 18 meses e máxima de 24 meses e será oferecido em módulos, com aulas de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, em regime presencial, com atividades desenvolvidas durante uma semana a cada mês. Serão oferecidas no mínimo 15 e no máximo 22 vagas. 

Todas as etapas do processo seletivo são eliminatórias e a distribuição de vagas seguirá a ordem de classificação do candidato. Serão reservados 30% das vagas para cotas (negros e pardos, pessoas com deficiência e indígenas) e 70% para ampla concorrência. Mais informações no link

Veja mais notícias sobre SaúdeEducação.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Terça, 31 Janeiro 2023

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/