Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Quarta, 01 Abril 2020

Confira os trabalhos vencedores da última edição do concurso literário Conta um Conto

Confira os trabalhos vencedores da última edição do concurso literário Conta um Conto

Como seria o mundo sem internet? Essa pergunta pode ser respondida a partir de diversos aspectos, e algumas crianças da Amazônia decidiram expressar sua imaginação por meio de contos. Os quatro melhores contos sobre o assunto foram premiados, no último domingo (25), no concurso literário Conta um Conto, durante o Festival Literário e Cultural do Sesi (FLICS).

Ao todo, o concurso recebeu 275 inscritos nas categorias 1 (4º e 5º anos), 2 (6º e 7º anos), Categoria 3 (8º e 9º anos), e Vaga Lume (6º e 7º anos), com participantes do Amazonas, Amapá, Roraima, Rondônia, Pará, Mato Grosso e outros estados fora da Amazônia Brasileira.

Os vencedores foram Hugo Antônio Moreira de Pinha (categoria Vaga Lume); Laura dos Santos Carvalho (categoria 1 - 4º e 5 º ano); Carlos Daniel Monteiro Figueiredo (Categoria 2 - 6° e 7° ano); e Raissa Rodrigues Carneiro (Categoria 3 - 8° e 9° ano). Abaixo, confira os contos que levaram os jovens à vitória.

Categoria 1 - 3º e 4º ano: Laura dos Santos Carvalho 


Categoria 2 - 6º e 7º ano: Carlos Daniel Monteiro Figueiredo 





Categoria 3 - 8º e 9º ano: Raíssa Rodrigues Carneiro 



Categoria Vaga Lume: Hugo Antônio Moreira de Pinho



Prêmios

Foram premiados os primeiros lugares das categorias 1, 2, 3 e Vaga Lume, com seus incentivadores, com prêmios oferecidos pela Samsung, e os segundos lugares receberam leitores digitais.

FRAM

A Fundação Rede Amazônica é o braço institucional do Grupo Rede Amazônica, comprometida com a integração e desenvolvimento da Amazônia, com a missão de capacitar pessoas, articular parcerias e contribuir para o desenvolvimento social, ambiental e científico-tecnológico da região.

Vaga Lume

O Vaga Lume é uma organização sem fins lucrativos fundada em 2001 com o propósito de empoderar pessoas e comunidades da Amazônia Legal brasileira a partir da promoção da leitura e gestão de bibliotecas comunitárias como espaço para compartilhar saberes. São 91 bibliotecas em 22 municípios da Amazônia legal brasileira, onde o trabalho é realizado por 753 voluntários destas comunidades, e é mantida por doações. Quem quiser ajudar, basta acessar: vagalume.org.br.


Veja mais notícias sobre Educação.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quarta, 01 Abril 2020