Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Sexta, 14 Agosto 2020

Ação em shopping centers orienta o uso correto e seguro de escadas rolantes e elevadores

Ação em shopping centers orienta o uso correto e seguro de escadas rolantes e elevadores
Para as crianças, ir ao shopping é sinônimo de diversão. Entre os 'brinquedos' preferidos estão andar de escada rolante e usar o elevador. Na imaginação dos pequenos, a escada rolante vira uma montanha-russa, onde o sobe e desce não tem fim, e os elevadores são foguetes espaciais onde podem se esconder dos amigos. A fantasia, porém, cria situações que podem colocar a segurança em risco. Para conscientizar os pais e orientar as crianças, dia 8 de outubro acontece a ação Faça a Coisa Certa. Em sua 9ª edição, a inciativa é da Thyssenkrupp Elevadores, uma das maiores fabricantes de tecnologias de elevação e mobilidade urbana do Brasil. A ação é realizada em parceria com shopping centers de todo o país e este ano contará com a participação de 31 shoppings, em 23 cidades de 14 Estados participantes. Em Manaus (AM), a ação acontece no Manauara Shopping e no Shopping Ponta Negra.Brincadeira perigosaSem perceber várias atitudes são incorretas. As mais comuns são de crianças subindo e descendo as escadas rolantes sozinhas sem os pais por perto, e da garotada 'brincando' de subir e descer a escada no sentido contrário. Sentar nos degraus ou deslizar sobre o corrimão das escadas; segurar a porta do elevador ou pular dentro do equipamento; e andar com o carrinho de bebê nas escadas rolantes também são atitudes corriqueiras que devem ser evitadas.“A segurança e a prevenção de acidentes estão em nossa base de atuação como prestadora de serviço de manutenção em elevadores e é esta mesma filosofia que queremos levar aos pais e às crianças, por meio da ação Faça a Coisa Certa. Escolhemos as crianças como nosso principal público-alvo porque acreditamos no poder da transformação por meio da educação. Além disso, sabemos que as crianças são multiplicadores e levarão adiante as informações sobre atitudes seguras”, afirma o Vice-presidente de Serviços da área de negócios Elevator Technology da thyssenkrupp para o Brasil, Paulo Manfroi.Em algumas cidades brasileiras, as crianças menores de 10 anos só devem usar o elevador se estiverem acompanhadas de um adulto, por determinação de leis municipais. No caso das escadas e esteiras rolantes, a Norma Brasileira (NBR NM 195/1999), determina o uso de avisos de alerta sobre situações de perigo nos locais onde os equipamentos estão instalados para chamar a atenção da população. Adesivos fixados junto às escadas rolantes também são usados para indicar as situações que são proibidas por Norma, como transportar o bebê no carrinho na escada rolante.Faça a Coisa CertaO público-alvo da Ação são as crianças de 5 a 12 anos, os pais e os familiares responsáveis pela educação dos pequenos, como avós e tias, entre outros. No formato de blitz, equipes de funcionários da empresa - que atuam na área de prestação de serviço de manutenção – abordam a população com informações sobre o uso seguro dos equipamentos.Materiais educativos e lúdicos integram a ação, como o gibi “As aventuras do SUPER ZERO & Segurita” que será entregue às crianças no dia da ação. Outros materiais também foram criados para auxiliar no processo de aprendizagem dos pequenos como os vídeos que ensinam a usar corretamente o elevador e a escada rolante e que estão disponíveis no YouTube.PrevençãoOs acidentes são a principal causa de morte de crianças e adolescentes  de 0 a 14 anos no Brasil, segundo levantamento feito pela ONG Criança Segura, com dados do Ministério da Saúde.  O número de internações por conta de acidentes aumentou 8% nos últimos sete anos, mas, felizmente, o número de mortes caiu quase 31% nos últimos 13 anos.  O levantamento mostra que o número de mortes de crianças e adolescentes passou de 6.190 em 2001 para 4.316 em 2014.No mundo, 830 mil crianças morrem vítimas de acidentes por ano, segundo o Relatório Mundial sobre Prevenção de Acidentes com Crianças e Adolescentes, publicação da Organização Mundial da Saúde e do UNICEF – Fundo das Nações Unidas para a Infância. Dentre as causas de acidentes estão a falta de informação e de prevenção, bem como a ausência de ambientes adequados às crianças e leis específicas.A prevenção ainda é o maior aliado contra os acidentes. Estudos da ONG Safe Kids Worldwide mostram que 90% dos acidentes podem ser evitados com medidas simples, como mudar o comportamento dos adultos, adequar os espaços para as crianças, criar e fiscalizar leis para inibir práticas inseguras, desenvolver e promover o uso de equipamentos de segurança e de políticas públicas que tenham a prevenção como objetivo.

Veja mais notícias sobre Educação.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sábado, 15 Agosto 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/

No Internet Connection