Manaus 30º • Nublado
Sábado, 13 Agosto 2022

Feira itinerante beneficia produtores rurais do Amapá

Feira itinerante beneficia produtores rurais do Amapá
Disponibilizar alimentos de qualidade e artesanato a preços acessíveis à população de Macapá é o objetivo da Feira Solidária Itinerante, conhecida como Feira Sol. Trata-se de um projeto do Governo do Amapá em parceria com a Associação de Produtores Rurais da Vila Valdemar (Aprova), que reúne 12 empreendedores do distrito do Coração, município de Macapá.

A Feira Sol tem como objetivo comercializar produtos hortifrutigranjeiros, isto é, de origem vegetal e animal oriundos de pequenas propriedades rurais do Estado à população da periferia de Macapá, onde os moradores têm dificuldade para adquirir alimentos a preços acessíveis.  A iniciativa surgiu a partir da iniciativa de um grupo de agricultores que buscava novos mercados e encontraram apoio do GEA concretizar a ideia. 

A primeira Feira Sol aconteceu em dezembro de 2016 no Conjunto Habitacional Macapaba, zona norte de Macapá. Desde então, estabeleceu-se que o empreendimento funcionaria nos dois primeiros domingos de cada mês de forma intinerante. O coordenador de Agronegócio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Rural (SDR), Vandeci Oliveira, explica que o projeto já atendeu os bairros do Brasil Novo, Infraero, Zerão, Congós e Laguinho, que serão visitados novamente até o fim de 2017. 
Foto: Arquivo/GEA

Os consumidores têm acesso a frutos e legumes como cupuaçu, acerola, mamão, abóbora, abacaxi, abil (fruto nativo da Amazônia), entre outros e subprodutos da mandioca – farinha, tucupi e tapioca. Também é possível encontrar galinha caipira diferentes espécies de pescado devido ao Programa Peixe Popular, que integra a iniciativa. O empreendimento, ainda, oportuniza a comercialização de artesanato.

O gestor da SDR, Hélio Dantas, ressalta que o projeto beneficia tanto a população de bairros da periferia quanto agricultores familiares.  “Os produtos são disponibilizados diretamente aos consumidores, sem a intermediação de atravessadores, garantido a comercialização de alimentos saudáveis e artesanatos a um preço justo à população”, ressalta o secretário. Atravessadores são pessoas que compram os produtos diretamente dos agricultores com o intuito de revendê-los na capital. 

O presidente da Aprova, Erinaldo Siqueira, explica que a Feira Sol oferece uma nova possibilidade aos empreendedores. “Ganhamos uma nova opção além do mercado tradicional, temos novos consumidores”, reforça. 

Em 2017, já ocorreram 21 edições da Feira Sol, a próxima acontecerá neste domingo, 3, no Conjunto Macapaba, zona norte de Macapá. O governo avalia a possibilidade realizar o empreendimento no município de Santana.


Solidariedade

Em cada edição da Feira Sol, o Governo do Amapá, por meio da Secretaria de Inclusão e Mobilização Social (Sims), destina uma cesta de alimentos para uma entidade beneficente do Estado. 

Cronograma

As edições da Feira Sol ocorrem duas vezes por mês, aos domingos. Nos dias 3 e 10 de setembro a ação acontecerá, respectivamente, no Conjunto Macapaba e no bairro do Laguinho (ambos serão atendidos novamente nos dias 5 e 12 de novembro).

Em outubro a ação atende a zona sul da capital e acontece no dia 1º no bairro Zerão e no dia 15 no bairro Congós. 

Organização

A Feira Sol é uma iniciativa do Governo do Amapá por meio da SDR, da Sims, do Instituto de Desenvolvimento Rural do Amapá (Rurap), Secretaria de Estado do Trabalho e Empreendedorismo (Sete) e Agência de Pesca do Estado do Amapá (Pescap) e oferece aos empreendedores organização do evento, registro da comercialização, articulação dos espaços públicos, segurança pública e capacitação dos empreendedores.*Deixe o Portal Amazônia com a sua cara. Clique aqui e participe.

Veja mais notícias sobre Economia.

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Domingo, 14 Agosto 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/