Manaus 30º • Nublado
Quinta, 02 Fevereiro 2023

Confira 7 dicas para reformas em condomínios com segurança

Confira 7 dicas para reformas em condomínios com segurança
Uma reforma é a maneira adequar o lar para uma nova realidade que se vive. Entretanto, no caso de apartamentos, sem um acompanhamento profissional o que parece simples pode gerar prejuízos. O engenheiro perito e sócio da Opens external link in new windowQuartzo Engenharia Diagnóstica e Gerenciamento, Thiago Maron, conversou com o Portal Amazônia sobre como fazer as mudanças de maneira segura. 
De acordo com o perito, prédios são como um corpo humano. Eles precisam de cuidados ou podem sofrer 'doenças' que podem gerar graves problemas. Thiago Maron lembra que em 2012 o Edifício 'Liberdade', que ficava localizado no Rio de Janeiro, desabou e causou a morte de mais de 20 pessoas. A causa do acidente foi devido a uma reforma realizada em um dos escritórios sem o devido acompanhamento técnico, que gerou o colapso estrutural do edifício.
O incidente, segundo o perito, foi um sinal de que normas específicas são necessárias mesmo após a construção do edifício. Por causa deste acidente, a Associação Brasileira de Normas e Técnicas (ABNT) criou a Norma de Reformas NBR 16.280, que modifica as regras de reformas em edifícios. A norma entrou em vigor dia 18 de abril de 2014.
"A proposta da norma é regulamentar como reformas são feitas em um determinado edifício, assegurando a segurança da construção, dos vizinhos e dos usuários (condôminos e visitantes). A norma funciona não só para prédios residenciais, mas também para edifícios comerciais, condomínios horizontais e até mesmo para shoppings", explicou Maron.
Foto: Reprodução/Shutterstock
Para o engenheiro, síndicos de todo o Brasil buscam nesta norma uma maneira mais segura de analisar reformas. “A norma explica exatamente como devem ser feitas essas mudanças, passando por processos de solicitação, analise e vistoria de vários tipos de reforma. Isso deixa a administração e síndico mais seguros e melhor embasados tecnicamente na hora de permitir ou não esse tipo de obra, além de garantir a 'saúde' da edificação”, justificou.
De acordo com Maron, prédios hoje são construídos para durar 50 anos, no mínimo. E, assim como seres humanos, quanto mais avançada for a idade mais cuidados devem ter com a saúde. “Uma infiltração pode parecer um problema simples, mas com o passar dos anos, principalmente se não for corrigido, o problema pode realmente trazer prejuízos sérios para um prédio”, exemplificou.
Foto: Isaac Guerreiro/Portal Amazônia
O engenheiro deu seis dicas fundamentais para fazer fazer reformas de maneira segura. Confira:
1 - Ler e Aplicar a Norma NBR 16.280
A norma é o ponto principal. É importante que todos do condomínio adotem as normas a partir de uma assembleia. Se aprovada, a norma passa a ser regra dentro do condomínio. Para isso, é possível acessar o site da própria ABNT e adquirir as normas. 
2 - Estabelecer um passo-a-passo para liberação
É necessário um procedimento básico para quem quer reformar. Um pedido com o escopo da reforma deve ser realizada para que o caso seja analisado. Ou seja, que mudar o piso do banheiro? Cuidado para impermeabilizar bem as paredes e o chão, para não ter infiltrações. Precisar abrir um buraco na parede? Apresente o projeto para ver se não compromete a segurança do prédio.
3 - Procure um profissional
Boa parte das pessoas contratadas para realizar uma obra são pedreiros ou mestres de obra. Procure um profissional, como engenheiros e arquitetos, para fazer a análise do projeto. Caso contrário, o serviço que parece custar barato agora, sairá mais caro no futuro.
4 - Fiscalização
Depois de analisar e permitir que a reforma seja feita procure fiscalizar a obra no mínimo uma vez por semana. Pessoas costumam querer maximizar recursos durante uma obra fazendo novas modificações que não foram informadas. De acordo com a norma, modificar os aspectos da reforma sem avisar o condomínio pode paralisar a obra. 
5 - Garantir a segurança
Algo comum ao fazer reformas em prédios é o entulho na escada de emergência ou muito acumulada em um único lugar. Não permita que a obra impeça a passagem de escadas de emergência, saídas ou o acesso às mangueiras de incêndio ou que cause peso extra na estrutura. Sempre assegure uma lugar específico para que o entulho seja armazenado e descartado.
6 - Documentar a obra
Ao final da obra, documente todas as modificações feitas no edifício ou apartamento. Isso é importante em uma análise futura, quando outros pedidos de reforma forem feitos ou quando uma empresa precisar analisar a estrutura atual do prédio.
7 - Trabalhe com especialistas
Nem sempre um condomínio tem pessoal e material técnico para fazer a analise das reformas e o acompanhamento necessário na hora de fiscalizar. É muito importante buscar empresas especializadas que possam realizar este tipo de serviço. 
Quarzo Engenharia Diagnóstica & Gerenciamento
A Quartzo Engenharia Diagnóstica & Gerenciamento é uma empresa fundada em 2011 especializada em análises e perícias de problemas em edifícios, casas e condomínios. Realiza vistoria e inspeção da saúde e segurança de edificações, além de assessoria condominial que é uma espécie de assessoria técnica voltada para questões de construção e engenharia civil. Este serviço contempla também a análise de projetos de reforma e a fiscalização periódica de obras.
O escritório está localizado no Edifício Rio Negro Center, na sala nº. 508, na Rua 24 de Maio, Centro da cidade. Para mais informações: (92) 3346-6818 ou .

Veja mais notícias sobre Economia.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sexta, 03 Fevereiro 2023

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/