Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Sexta, 16 Abril 2021

Santarém está há mais de um mês sem registro de homicídios, aponta polícia

Santarém está há mais de um mês sem registro de homicídios, aponta polícia

A Polícia Civil contabilizou, nessa terça-feira (30), mais de um mês sem registros de homicídios em Santarém, município da região do Baixo Amazonas, no oeste do Pará. O último caso de homicídio ocorreu no dia 28 de junho, na comunidade Pajuçara, zona rural do município, e já foi esclarecido pela polícia. 

A constatação do período superior a 30 dias sem assassinatos na cidade é um fato marcante na região. Para o delegado Jamil Casseb, superintendente regional de Polícia Civil no Baixo Amazonas, as ações policiais voltadas à prevenção de crimes foram determinantes para a redução da criminalidade em toda a região.

Avenida Barão do Rio Branco, em Santarém. Foto: Reprodução/Facebook/Prefeitura de Santarém

"O trabalho desenvolvido pela Delegacia de Homicídios de Santarém, sob coordenação do delegado titular, Thiago Mendes, gera resolutividade das investigações de homicídios e prevenção de novos casos", ressaltou Jamil Casseb.

No dia 28 de junho, Marlisson Santos da Silva foi morto a golpes de faca por Alexandre Mota da Luz, que se entregou à polícia, no último dia 4 de julho, na Seccional de Polícia em Santarém. Ele confessou o assassinato e, após prestar depoimento, foi indiciado no inquérito policial por homicídio e tentativa de homicídio de outra pessoa, na mesma ocasião. A prisão preventiva já foi solicitada à Justiça.

Santarém: a 3ª maior do Pará

Santarém é o principal centro urbano financeiro, comercial e cultural do oeste do estado do Pará. A cidade é uma das mais antigas da região amazônica e também se constituiu como uma das mais importantes. Cidade do interior com características de cidade grande, é a sede da Região Metropolitana de Santarém, o segundo maior aglomerado urbano do Pará. 

Santarém é o 3º município mais populoso do Pará, o 7º de toda a Região Norte e o 83º do Brasil. Abriga mais de 294 mil pessoas, de acordo com o senso feito pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 2016. Segundo dados de 2014, possui um Produto Interno Bruto (PIB) de R$ 3,7 bilhões, ligado principalmente ao setor de serviços e comércio, mas também ao extrativismo e à indústria. É o sétimo município com maior PIB do estado.

A cidade ocupa uma área de 22.887,080 km² em uma localização privilegiada, está em torno de 800km das maiores capitais da Amazônia: Belém e Manaus. E é cercada pelo rio Tapajós, com vista para uma das mais belas paisagens da região amazônica: o encontro das águas límpidas do Tapajós com as águas turvas do rio Amazonas.

Conhecida como a Pérola do Tapajós, está incluída no plano das cidades históricas do Brasil e seu destino mais famoso, Alter do Chão, é conhecido como Caribe Brasileiro.

Veja mais notícias sobre Cidades.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sexta, 16 Abril 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/